4 faculdades do Ceará estão entres as piores do Brasil


4 faculdades do Ceará estão entres as piores do Brasil

O Ministério de Educação divulgou a nota de qualidade de ensino superior, e quatro faculdades cearenses estão entre as piores do Brasil

Por Hayanne Narlla em Educação

23 de dezembro de 2015 às 15:58

Há 4 anos
A FMJ foi uma instituições citadas (FOTO: Normando Sóracles/ Agência Miséria)

A FMJ foi uma das instituições citadas. (FOTO: Normando Sóracles/ Agência Miséria)

O Ceará registrou um marco ruim para a educação. Quatro faculdades estão entre as piores do Brasil. Os dados foram divulgados pelo Ministério de Educação (MEC).

O Instituto de Ensino Superior de Fortaleza (Iesf), a Faculdade de Medicina Estácio Juazeiro do Norte, Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza e Faculdade Kurios foram reprovadas no quesito qualidade do ensino superior.

Avaliação

O Índice Geral de Cursos (IGC) do MEC vai de 1 a 5, mas são reprovadas aquelas que ficaram abaixo da faixa 3. O indicador é calculado com base na média ponderada dos Conceitos Preliminares de Curso – que levam em conta o rendimento dos alunos no Enade, infraestrutura e qualidade do corpo docente – e dos conceitos de mestrado e doutorado, ancorados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoa de Nível Superior (Capes).

Para o IGC, são levados em conta os Conceitos Preliminares de Curso dos cursos avaliados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores. As notas 1 e 2 são insuficientes. Todas as faculdades cearenses citadas ficaram com IGC dentro da faixa 2, apenas com IGC contínuo diferentes: Iesf (1,650), Faculdades de Medicina Estácio Juazeiro (1,663), Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza (1,740) e Faculdade de Tecnologia Intensiva (1,864).

Publicidade

Dê sua opinião

4 faculdades do Ceará estão entres as piores do Brasil

O Ministério de Educação divulgou a nota de qualidade de ensino superior, e quatro faculdades cearenses estão entre as piores do Brasil

Por Hayanne Narlla em Educação

23 de dezembro de 2015 às 15:58

Há 4 anos
A FMJ foi uma instituições citadas (FOTO: Normando Sóracles/ Agência Miséria)

A FMJ foi uma das instituições citadas. (FOTO: Normando Sóracles/ Agência Miséria)

O Ceará registrou um marco ruim para a educação. Quatro faculdades estão entre as piores do Brasil. Os dados foram divulgados pelo Ministério de Educação (MEC).

O Instituto de Ensino Superior de Fortaleza (Iesf), a Faculdade de Medicina Estácio Juazeiro do Norte, Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza e Faculdade Kurios foram reprovadas no quesito qualidade do ensino superior.

Avaliação

O Índice Geral de Cursos (IGC) do MEC vai de 1 a 5, mas são reprovadas aquelas que ficaram abaixo da faixa 3. O indicador é calculado com base na média ponderada dos Conceitos Preliminares de Curso – que levam em conta o rendimento dos alunos no Enade, infraestrutura e qualidade do corpo docente – e dos conceitos de mestrado e doutorado, ancorados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoa de Nível Superior (Capes).

Para o IGC, são levados em conta os Conceitos Preliminares de Curso dos cursos avaliados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores. As notas 1 e 2 são insuficientes. Todas as faculdades cearenses citadas ficaram com IGC dentro da faixa 2, apenas com IGC contínuo diferentes: Iesf (1,650), Faculdades de Medicina Estácio Juazeiro (1,663), Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza (1,740) e Faculdade de Tecnologia Intensiva (1,864).