Bolsonaro escolhe candidato menos votado em consulta para reitor da UFC

DECISÃO OFICIAL

Bolsonaro escolhe candidato menos votado em consulta para reitor da UFC

Na consulta a alunos, professores e servidores da UFC, Cândido Albuquerque recebeu 610 votos, de um total de 11.997. Pela lei, a nomeação independe do resultado

Por Tribuna do Ceará em Educação

20 de agosto de 2019 às 10:17

Há 7 meses
O cearense estava à frente da direção da Faculdade de Direito desde 2011 (FOTO: Reprodução)

O cearense estava à frente da direção da Faculdade de Direito desde 2011 (FOTO: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) nomeou o professor José Cândido Lustosa Bittencourt de Albuquerque ao cargo de reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (19).

O novo reitor foi o candidato menos votado por alunos, professores e servidores da UFC na consulta realizada em maio deste ano. À época, Cândido Albuquerque recebeu 610 votos, de um total de 11.997 votos válidos de 1.668 docentes, 1.622 servidores técnico-administrativos e 8.707 estudantes.

Na escolha do Conselho Universitário (Consuni), Cândido Albuquerque também recebeu o menor número de votos. Dos 25 conselheiros, nove foram favoráveis à indicação do diretor da Faculdade de Direito da UFC para a lista tríplice.

No entanto, pela lei, a nomeação independe do resultado das consultas. Cândido Albuquerque sucederá o professor Henry Campos, que já ocupava o cargo desde 2015. Em breve, o novo reitor deverá ser empossado, em cerimônia que ocorrerá na sede do Ministério da Educação, em Brasília.

Sobre o novo reitor

Formado em Direito pela UFC em 1980, o professor é também fundador do escritório de advocacia Cândido Albuquerque – Advogados Associados. Além disso, é especialista em Direito Processual Civil, mestre em Ordem Jurídica Constitucional e doutor em Educação Brasileira. O cearense estava à frente da direção da Faculdade de Direito desde 2011.

Publicidade

Dê sua opinião

DECISÃO OFICIAL

Bolsonaro escolhe candidato menos votado em consulta para reitor da UFC

Na consulta a alunos, professores e servidores da UFC, Cândido Albuquerque recebeu 610 votos, de um total de 11.997. Pela lei, a nomeação independe do resultado

Por Tribuna do Ceará em Educação

20 de agosto de 2019 às 10:17

Há 7 meses
O cearense estava à frente da direção da Faculdade de Direito desde 2011 (FOTO: Reprodução)

O cearense estava à frente da direção da Faculdade de Direito desde 2011 (FOTO: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) nomeou o professor José Cândido Lustosa Bittencourt de Albuquerque ao cargo de reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (19).

O novo reitor foi o candidato menos votado por alunos, professores e servidores da UFC na consulta realizada em maio deste ano. À época, Cândido Albuquerque recebeu 610 votos, de um total de 11.997 votos válidos de 1.668 docentes, 1.622 servidores técnico-administrativos e 8.707 estudantes.

Na escolha do Conselho Universitário (Consuni), Cândido Albuquerque também recebeu o menor número de votos. Dos 25 conselheiros, nove foram favoráveis à indicação do diretor da Faculdade de Direito da UFC para a lista tríplice.

No entanto, pela lei, a nomeação independe do resultado das consultas. Cândido Albuquerque sucederá o professor Henry Campos, que já ocupava o cargo desde 2015. Em breve, o novo reitor deverá ser empossado, em cerimônia que ocorrerá na sede do Ministério da Educação, em Brasília.

Sobre o novo reitor

Formado em Direito pela UFC em 1980, o professor é também fundador do escritório de advocacia Cândido Albuquerque – Advogados Associados. Além disso, é especialista em Direito Processual Civil, mestre em Ordem Jurídica Constitucional e doutor em Educação Brasileira. O cearense estava à frente da direção da Faculdade de Direito desde 2011.