Theophilo aponta ameaça de facções a sua campanha e critica formação de PMs: 50 tiros na academia

CANDIDATO DO PSDB

Theophilo aponta ameaça de facções a sua campanha e critica formação de PMs: 50 tiros na academia

General Theophilo foi o primeiro entrevistado de uma série do Focus.Jangadeiro que receberá os quatro candidatos com representação no Congresso Nacional

Por Jéssica Welma em Eleições 2018

29 de agosto de 2018 às 15:04

Há 2 anos
General Theophilo foi o primeiro entrevistado da série do Focus.Jangadeiro. (Foto: Esdras Nogueira/Tribuna do Ceará)

General Theophilo foi o primeiro entrevistado da série do Focus.Jangadeiro. (Foto: Esdras Nogueira/Tribuna do Ceará)

O candidato do PSDB ao Governo do Ceará, General Theophilo, revelou ameaça de facções a militantes de sua campanha em comunidades de Fortaleza e criticou o tempo e a qualidade da formação de policiais no Estado. Primeiro entrevistado da série do Focus.Jangadeiro com candidatos ao governo, Theophilo falou ainda sobre instalação de bloqueadores nos presídios e reformulação de obras como Centro de Formação Olímpica (CFO) e Acquario.

“Hoje, eu já recebo ameaça de morte do crime organizado sendo candidato. Já houve ordem de que quem entrasse em comunidade tirasse os adesivos de General Theophilo. Tenho uma família, o carro da minha esposa está com adesivo. Não moramos em comunidade desse tipo, mas a militância que está trabalhando comigo está assutada”, afirmou o candidato. Theophilo falava sobre a necessidade de manutenção da Casa Militar para proteção individual de líderes de estado.

Ele repercutiu também a declaração do presidenciável Ciro Gomes (PDT) de que a polícia do Ceará “não estava preparada” para as facções. “Essa é uma declaração de quem não entende de segurança pública. O que faltou foi apoio dos governos do Estado”, disse. O general relembrou a existência de uma inspeção geral das polícias militares e o comando dos batalhões por coronéis do Exército. Também criticou aumento no efetivo sem estrutura de formação.

“A gente sabe que demoram, no mínimo, dois anos para formar um PM. Ele tem que dar mil tiros. O policial está se formando em quatro meses no Ceará, dando 50 tiros, e um mês é estágio. Esse policial não está preparado para ir às ruas”, frisou.

Theophilo disse ainda ter participado da formação do Batalhão de Operações Especiais do Rio de Janeiro, o Bope. “Não é que a Polícia não esteja preparada, os governantes levaram a isso”, acrescentou.

O candidato prometeu que, se eleito, terá como prioridade dos primeiros dias de governo instalar bloqueadores de celular nos presídios. Ele criticou ainda a separação de facções por presídios: “estamos criando holding das facções”, e defendeu a criação de parcerias públicos-privadas para administração dos presídios.

Também na área da segurança pública, ele reafirmou a proposta de reduzir os índices de homicídio em 50% nos quatro anos de governo. Entre as ações que deve adotar, estão controle de fronteiras, patrulhamento da orla do Estado e fiscalização em aeroportos.

AO VIVO: Tribuna BandNews FM – Focus.Jangadeiro | 29.08.2018

Tem início hoje a série de entrevistas com os candidatos ao governo do Ceará. O primeiro convidado é o General Theophilo (PSDB). Acompanhe:

Posted by Tribuna Bandnews FM on Wednesday, August 29, 2018

Acquario e CFO

General Theophilo foi questionado também sobre suas propostas para obras inacabadas ou sem operação no Estado, como Acquario e Linha Leste do metrô. Ele defendeu transformar o Acquario em um grande centro de estudo marítimo ou de gastronomia. “Precisamos estudar para saber se posso mudar ou se já está em um momento em que sai mais caro mudar”, pontuou.

Ele criticou ainda o investimento na Linha Leste do metrô em detrimento da Linha Oeste que, segundo ele, por se dirigir ao bairro Papicu, tem menor abrangência de público. No caso do Centro de Formação Olímpica (CFO), o candidato disse que pretende manter o foco no trabalho esportivo, aliado a um centro de inovação.

Entrevista no Focus.Jangadeiro. (Foto: Thales Dídimo/Tribuna do Ceará)

Entrevista no Focus.Jangadeiro. (Foto: Thales Dídimo/Tribuna do Ceará)

Saúde e emprego

Na área da saúde, ele pontuou investimentos na atenção primária, com suporte aos municípios na gestão de UPAs, postos de saúde e policlínicas, além do reforço no trabalho de agentes de saúde de casa em casa.

O candidato prometeu fazer convênios como a iniciativa privada e hospitais filantróficos para transferir pacientes em fila de espera dos hospitais. Disse ainda que um de seus projetos é reformar a infraestrutura dos grandes hospitais.

Para geração de empregos, Theophilo lembrou governo de Tasso Jereissati e ressaltou proposta de atrair e interiorizar grandes empresas. Segundo ele, um dos focos é aliar a educação em tempo integral com as oportunidades profissionais.

Focus.Jangadeiro

O Focus.Jangadeiro, com os jornalistas Fábio Campos e Wanderley Filho, estreou nesta quarta-feira (29) uma série de entrevistas com os quatro candidatos ao Governo do Ceará que têm representação no Congresso Nacional, segundo regra da Justiça Eleitoral. O programa vai ao ar todas as quartas-feiras, na rádio Tribuna BandNews FM 101.7. As entrevistas começam às 12h30min e têm duração de meia hora.

O candidato Ailton Lopes, do Psol, é o convidado do dia 5 de setembro. Em seguida, Camilo Santana (PT), dia 12 de setembro; e Hélio Góis (PSL), dia 19 de setembro. Santana é o único que ainda não confirmou.

Além do rádio, há transmissão ao vivo nas redes sociais da Tribuna BandNews FM e do Tribuna do Ceará. As entrevistas serão gravadas e exibidas na íntegra, sem edição e sem comercial, sempre às quintas-feiras, de 13h30min às 14h, na TV Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

CANDIDATO DO PSDB

Theophilo aponta ameaça de facções a sua campanha e critica formação de PMs: 50 tiros na academia

General Theophilo foi o primeiro entrevistado de uma série do Focus.Jangadeiro que receberá os quatro candidatos com representação no Congresso Nacional

Por Jéssica Welma em Eleições 2018

29 de agosto de 2018 às 15:04

Há 2 anos
General Theophilo foi o primeiro entrevistado da série do Focus.Jangadeiro. (Foto: Esdras Nogueira/Tribuna do Ceará)

General Theophilo foi o primeiro entrevistado da série do Focus.Jangadeiro. (Foto: Esdras Nogueira/Tribuna do Ceará)

O candidato do PSDB ao Governo do Ceará, General Theophilo, revelou ameaça de facções a militantes de sua campanha em comunidades de Fortaleza e criticou o tempo e a qualidade da formação de policiais no Estado. Primeiro entrevistado da série do Focus.Jangadeiro com candidatos ao governo, Theophilo falou ainda sobre instalação de bloqueadores nos presídios e reformulação de obras como Centro de Formação Olímpica (CFO) e Acquario.

“Hoje, eu já recebo ameaça de morte do crime organizado sendo candidato. Já houve ordem de que quem entrasse em comunidade tirasse os adesivos de General Theophilo. Tenho uma família, o carro da minha esposa está com adesivo. Não moramos em comunidade desse tipo, mas a militância que está trabalhando comigo está assutada”, afirmou o candidato. Theophilo falava sobre a necessidade de manutenção da Casa Militar para proteção individual de líderes de estado.

Ele repercutiu também a declaração do presidenciável Ciro Gomes (PDT) de que a polícia do Ceará “não estava preparada” para as facções. “Essa é uma declaração de quem não entende de segurança pública. O que faltou foi apoio dos governos do Estado”, disse. O general relembrou a existência de uma inspeção geral das polícias militares e o comando dos batalhões por coronéis do Exército. Também criticou aumento no efetivo sem estrutura de formação.

“A gente sabe que demoram, no mínimo, dois anos para formar um PM. Ele tem que dar mil tiros. O policial está se formando em quatro meses no Ceará, dando 50 tiros, e um mês é estágio. Esse policial não está preparado para ir às ruas”, frisou.

Theophilo disse ainda ter participado da formação do Batalhão de Operações Especiais do Rio de Janeiro, o Bope. “Não é que a Polícia não esteja preparada, os governantes levaram a isso”, acrescentou.

O candidato prometeu que, se eleito, terá como prioridade dos primeiros dias de governo instalar bloqueadores de celular nos presídios. Ele criticou ainda a separação de facções por presídios: “estamos criando holding das facções”, e defendeu a criação de parcerias públicos-privadas para administração dos presídios.

Também na área da segurança pública, ele reafirmou a proposta de reduzir os índices de homicídio em 50% nos quatro anos de governo. Entre as ações que deve adotar, estão controle de fronteiras, patrulhamento da orla do Estado e fiscalização em aeroportos.

AO VIVO: Tribuna BandNews FM – Focus.Jangadeiro | 29.08.2018

Tem início hoje a série de entrevistas com os candidatos ao governo do Ceará. O primeiro convidado é o General Theophilo (PSDB). Acompanhe:

Posted by Tribuna Bandnews FM on Wednesday, August 29, 2018

Acquario e CFO

General Theophilo foi questionado também sobre suas propostas para obras inacabadas ou sem operação no Estado, como Acquario e Linha Leste do metrô. Ele defendeu transformar o Acquario em um grande centro de estudo marítimo ou de gastronomia. “Precisamos estudar para saber se posso mudar ou se já está em um momento em que sai mais caro mudar”, pontuou.

Ele criticou ainda o investimento na Linha Leste do metrô em detrimento da Linha Oeste que, segundo ele, por se dirigir ao bairro Papicu, tem menor abrangência de público. No caso do Centro de Formação Olímpica (CFO), o candidato disse que pretende manter o foco no trabalho esportivo, aliado a um centro de inovação.

Entrevista no Focus.Jangadeiro. (Foto: Thales Dídimo/Tribuna do Ceará)

Entrevista no Focus.Jangadeiro. (Foto: Thales Dídimo/Tribuna do Ceará)

Saúde e emprego

Na área da saúde, ele pontuou investimentos na atenção primária, com suporte aos municípios na gestão de UPAs, postos de saúde e policlínicas, além do reforço no trabalho de agentes de saúde de casa em casa.

O candidato prometeu fazer convênios como a iniciativa privada e hospitais filantróficos para transferir pacientes em fila de espera dos hospitais. Disse ainda que um de seus projetos é reformar a infraestrutura dos grandes hospitais.

Para geração de empregos, Theophilo lembrou governo de Tasso Jereissati e ressaltou proposta de atrair e interiorizar grandes empresas. Segundo ele, um dos focos é aliar a educação em tempo integral com as oportunidades profissionais.

Focus.Jangadeiro

O Focus.Jangadeiro, com os jornalistas Fábio Campos e Wanderley Filho, estreou nesta quarta-feira (29) uma série de entrevistas com os quatro candidatos ao Governo do Ceará que têm representação no Congresso Nacional, segundo regra da Justiça Eleitoral. O programa vai ao ar todas as quartas-feiras, na rádio Tribuna BandNews FM 101.7. As entrevistas começam às 12h30min e têm duração de meia hora.

O candidato Ailton Lopes, do Psol, é o convidado do dia 5 de setembro. Em seguida, Camilo Santana (PT), dia 12 de setembro; e Hélio Góis (PSL), dia 19 de setembro. Santana é o único que ainda não confirmou.

Além do rádio, há transmissão ao vivo nas redes sociais da Tribuna BandNews FM e do Tribuna do Ceará. As entrevistas serão gravadas e exibidas na íntegra, sem edição e sem comercial, sempre às quintas-feiras, de 13h30min às 14h, na TV Jangadeiro.