Acusado de atirar em policial e deixá-lo paraplégico tem pedido de liberdade negado - Noticias


Acusado de atirar em policial e deixá-lo paraplégico tem pedido de liberdade negado

O acusado de atirar no policial rodoviário federal e deixá-lo paraplégico teve o habeas corpus negado, nesta segunda-feira (27), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE)

Por Rodrigo Cavalcante em Fortaleza

27 de fevereiro de 2012 às 22:10

Há 8 anos

O acusado de atirar no policial rodoviário federal e deixá-lo paraplégico teve o habeas corpus negado, nesta segunda-feira (27), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

André Araújo Rodrigues é acusado de atirar em Juarez de Sousa Carvalho Júnior, no dia 3 de outubro de 2010, em Fortaleza. O policial estava em uma lanchonete, na companhia de um amigo, quando foi abordado pelo suspeito e por outros dois homens. Depois de discussão, o grupo começou a agredir as vítimas. Juarez de Sousa recebeu socos e pontapés e acabou baleado nas costas. O colega dele também foi espancado.

Os agressores fugiram do local após o crime. André Araújo Carvalho permaneceu foragido até 17 de novembro do ano passado e foi localizado em Recife. Por conta da prisão, a defesa ingressou com habeas corpus no TJCE.

Defesa

De acordo com a defesa, o acusado tem condições pessoais favoráveis para acompanhar o andamento do processo em liberdade.

Ao analisar a matéria, a 2ª Câmara Criminal negou o pedido. De acordo com o relator do processo, desembargador João Byron de Figueirêdo Frota, a prisão visa a garantir a ordem pública e a assegurar a instrução criminal.

Leia mais:
Carro particular de policiais militares é atingido com tiros na Barra do Ceará

Cabo da PM é morto a tiros no Canindezinho

Suspeito de atirar em vereador e ex-policial é preso em Barbalha

Com informações do TJCE


Notice: Undefined variable: args in /home2/tribu/public_html/wp-content/themes/2016_tribuna_editorias/lib/relates-posts.php on line 40

Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home2/tribu/public_html/wp-includes/functions.php on line 4652

Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home2/tribu/public_html/wp-includes/functions.php on line 4652
Publicidade

Dê sua opinião

Acusado de atirar em policial e deixá-lo paraplégico tem pedido de liberdade negado

O acusado de atirar no policial rodoviário federal e deixá-lo paraplégico teve o habeas corpus negado, nesta segunda-feira (27), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE)

Por Rodrigo Cavalcante em Fortaleza

27 de fevereiro de 2012 às 22:10

Há 8 anos

O acusado de atirar no policial rodoviário federal e deixá-lo paraplégico teve o habeas corpus negado, nesta segunda-feira (27), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

André Araújo Rodrigues é acusado de atirar em Juarez de Sousa Carvalho Júnior, no dia 3 de outubro de 2010, em Fortaleza. O policial estava em uma lanchonete, na companhia de um amigo, quando foi abordado pelo suspeito e por outros dois homens. Depois de discussão, o grupo começou a agredir as vítimas. Juarez de Sousa recebeu socos e pontapés e acabou baleado nas costas. O colega dele também foi espancado.

Os agressores fugiram do local após o crime. André Araújo Carvalho permaneceu foragido até 17 de novembro do ano passado e foi localizado em Recife. Por conta da prisão, a defesa ingressou com habeas corpus no TJCE.

Defesa

De acordo com a defesa, o acusado tem condições pessoais favoráveis para acompanhar o andamento do processo em liberdade.

Ao analisar a matéria, a 2ª Câmara Criminal negou o pedido. De acordo com o relator do processo, desembargador João Byron de Figueirêdo Frota, a prisão visa a garantir a ordem pública e a assegurar a instrução criminal.

Leia mais:
Carro particular de policiais militares é atingido com tiros na Barra do Ceará

Cabo da PM é morto a tiros no Canindezinho

Suspeito de atirar em vereador e ex-policial é preso em Barbalha

Com informações do TJCE