Uber da Vans: Cooperativa terá app em que topiques pegarão passageiros em casa

INOVAÇÃO

Uber da Vans: Cooperativa terá app em que topiques pegarão passageiros em casa ou no trabalho

A Cootraps passará a ter veículos que atuarão como os carros do Uber, porém ocupados com até 15 passageiros

Por Tribuna do Ceará em Mobilidade Urbana

24 de agosto de 2019 às 16:44

Há 3 semanas

O serviço está previsto para início em dezembro (FOTO: Fortalbus)

A Cooperativa dos Transportadores Autônomos do Estado do Ceará (Cootraps), permissionária do serviço de transporte complementar em Fortaleza, iniciará operação de transporte sob demanda a partir de dezembro. A ideia é ser uma espécie de “Uber das Vans“, em referência ao maior aplicativo de transporte no mundo.

O sistema de vans com ar-condicionado e wifi busca atender passageiros de curta distância em determinadas áreas delimitadas por bairros. O acesso a esse serviço será semelhante ao Uber. Através de aplicativo pelo smartphone, o passageiro poderá escolher seu assento antecipadamente e embarcar na porta de casa ou do trabalho.

“Precisamos adequar nossa prestação de serviço aos fortalezenses. Se a cultura e o comportamento de nosso passageiro está mudando, precisamos acompanhá-lo buscando atender de acordo com sua necessidade”, explica o presidente da Cootraps, Célio Rodrigues.

Assim como nos apps de transporte, também haverá formas de pagamento diversificada, podendo o passageiro optar por cartão de crédito ou débito, direto pelo aplicativo. A tarifa será calculada de acordo com o percurso desejado.

“Transporte sob demanda já é uma realidade em várias cidades do Brasil. Iremos oferecer um serviço mais barato que o Uber e capaz de conduzir aos seus destinos até 15 pessoas ao mesmo tempo”, informa o gerente de projetos, Pedro Henrique Alcino.

A cooperativa aguarda autorização da Prefeitura de Fortaleza para iniciar o projeto piloto com 12 vans, na perspectiva de avançar em três regiões da cidade. O raio geográfico em que os veículos serão ofertados é de até 4 km.

O serviço de transporte complementar é realizado pela Cootraps desde a década de 1990, quando a rede adquiriu direito de se tornar uma alternativa de transporte às empresas de ônibus, que detinham a exclusividade do serviço público.

Confira a reportagem completa do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

INOVAÇÃO

Uber da Vans: Cooperativa terá app em que topiques pegarão passageiros em casa ou no trabalho

A Cootraps passará a ter veículos que atuarão como os carros do Uber, porém ocupados com até 15 passageiros

Por Tribuna do Ceará em Mobilidade Urbana

24 de agosto de 2019 às 16:44

Há 3 semanas

O serviço está previsto para início em dezembro (FOTO: Fortalbus)

A Cooperativa dos Transportadores Autônomos do Estado do Ceará (Cootraps), permissionária do serviço de transporte complementar em Fortaleza, iniciará operação de transporte sob demanda a partir de dezembro. A ideia é ser uma espécie de “Uber das Vans“, em referência ao maior aplicativo de transporte no mundo.

O sistema de vans com ar-condicionado e wifi busca atender passageiros de curta distância em determinadas áreas delimitadas por bairros. O acesso a esse serviço será semelhante ao Uber. Através de aplicativo pelo smartphone, o passageiro poderá escolher seu assento antecipadamente e embarcar na porta de casa ou do trabalho.

“Precisamos adequar nossa prestação de serviço aos fortalezenses. Se a cultura e o comportamento de nosso passageiro está mudando, precisamos acompanhá-lo buscando atender de acordo com sua necessidade”, explica o presidente da Cootraps, Célio Rodrigues.

Assim como nos apps de transporte, também haverá formas de pagamento diversificada, podendo o passageiro optar por cartão de crédito ou débito, direto pelo aplicativo. A tarifa será calculada de acordo com o percurso desejado.

“Transporte sob demanda já é uma realidade em várias cidades do Brasil. Iremos oferecer um serviço mais barato que o Uber e capaz de conduzir aos seus destinos até 15 pessoas ao mesmo tempo”, informa o gerente de projetos, Pedro Henrique Alcino.

A cooperativa aguarda autorização da Prefeitura de Fortaleza para iniciar o projeto piloto com 12 vans, na perspectiva de avançar em três regiões da cidade. O raio geográfico em que os veículos serão ofertados é de até 4 km.

O serviço de transporte complementar é realizado pela Cootraps desde a década de 1990, quando a rede adquiriu direito de se tornar uma alternativa de transporte às empresas de ônibus, que detinham a exclusividade do serviço público.

Confira a reportagem completa do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: