Região do Pecém atrai investimentos para cidade planejada

SEM CRISE

Região do Pecém atrai investimentos para cidade planejada

Cidade Cauype terá 34% de área habitada, já o restante será preservado, afirma empresário do ramo imobiliário

Por Tribuna Bandnews FM em Negócios

5 de agosto de 2016 às 06:30

Há 3 anos
Companhia Siderurgia do Pecém arrecada investimento na região (FOTO: Divulgação)

Companhia Siderúrgica do Pecém arrecada investimento na região (FOTO: Divulgação)

Com o atual cenário de crise econômica, o mercado imobiliário põe como principal foco a região do Pecém, situada na Região Metropolitana de Fortaleza.

Entre os motivos que evidenciam esse potencial de crescimento está a instalação e o pleno funcionamento da Companhia Siderúrgica do Ceará e da Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

Além disso, a obra de ampliação do canal do Panamá, na América Central, deve fazer do complexo portuário do Pecém um ponto estratégico para o comércio marítimo. Diante disso, o local vem recebendo investimentos, entre eles está a cidade Cauype.

Em entrevista à rádio Tribuna BandNews FM, o empresário do ramo imobiliário Luciano Cavalcante falou sobre o conceito do projeto e afirmou que não há crise no projeto e nem para quem investe na região.

“Tem certos projetos que não existe crise. O conceito é de uma cidade planejada. Uma cidade que você tem toda a mobilidade, não precisa se deslocar grandes percursos, e com isso economiza tempo e ganha qualidade de vida”, disse.

Ainda conforme Luciano, não há como prosseguir em um projeto em que não esteja ligado à sustentabilidade. “Nós temos só 34% da área habitada, e o restante é preservado. Essa preservação valoriza ainda mais a área, e isso foi pensado para todo mundo aproveitar a natureza”, relatou.

Para o presidente do Sindicato das Construtoras do Ceará (Sinduscon-Ce), André Montenegro, o motivo do crescimento é bem claro. “O principal motivo do crescimento da região é a presença do complexo siderúrgico do Pecém. Ela chamou grandes empresas para o redor desse empreendimento. E muitas infraestruturas devem ser realizadas ao redor do local. Hoje, criar uma cidade sem planejamento urbano é muito ruim. Cauype está provando que é possível fazer uma cidade planejada e agradar todos”, destacou à Tribuna BandNews FM.

Confira a reportagem de Thiago Lima, da Tribuna BandNews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

SEM CRISE

Região do Pecém atrai investimentos para cidade planejada

Cidade Cauype terá 34% de área habitada, já o restante será preservado, afirma empresário do ramo imobiliário

Por Tribuna Bandnews FM em Negócios

5 de agosto de 2016 às 06:30

Há 3 anos
Companhia Siderurgia do Pecém arrecada investimento na região (FOTO: Divulgação)

Companhia Siderúrgica do Pecém arrecada investimento na região (FOTO: Divulgação)

Com o atual cenário de crise econômica, o mercado imobiliário põe como principal foco a região do Pecém, situada na Região Metropolitana de Fortaleza.

Entre os motivos que evidenciam esse potencial de crescimento está a instalação e o pleno funcionamento da Companhia Siderúrgica do Ceará e da Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

Além disso, a obra de ampliação do canal do Panamá, na América Central, deve fazer do complexo portuário do Pecém um ponto estratégico para o comércio marítimo. Diante disso, o local vem recebendo investimentos, entre eles está a cidade Cauype.

Em entrevista à rádio Tribuna BandNews FM, o empresário do ramo imobiliário Luciano Cavalcante falou sobre o conceito do projeto e afirmou que não há crise no projeto e nem para quem investe na região.

“Tem certos projetos que não existe crise. O conceito é de uma cidade planejada. Uma cidade que você tem toda a mobilidade, não precisa se deslocar grandes percursos, e com isso economiza tempo e ganha qualidade de vida”, disse.

Ainda conforme Luciano, não há como prosseguir em um projeto em que não esteja ligado à sustentabilidade. “Nós temos só 34% da área habitada, e o restante é preservado. Essa preservação valoriza ainda mais a área, e isso foi pensado para todo mundo aproveitar a natureza”, relatou.

Para o presidente do Sindicato das Construtoras do Ceará (Sinduscon-Ce), André Montenegro, o motivo do crescimento é bem claro. “O principal motivo do crescimento da região é a presença do complexo siderúrgico do Pecém. Ela chamou grandes empresas para o redor desse empreendimento. E muitas infraestruturas devem ser realizadas ao redor do local. Hoje, criar uma cidade sem planejamento urbano é muito ruim. Cauype está provando que é possível fazer uma cidade planejada e agradar todos”, destacou à Tribuna BandNews FM.

Confira a reportagem de Thiago Lima, da Tribuna BandNews FM: