Acusado de praticar assaltos em Groaíras tem pedido de liberdade negado - Noticias


Acusado de praticar assaltos em Groaíras tem pedido de liberdade negado

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou habeas corpus a Valfrísio Rodrigues Albuquerque, acusado de integrar quadrilha que praticava assaltos no Município de Groaíras, distante 273 km de Fortaleza

Por Joao Lobo em Polícia

27 de março de 2012 às 17:01

Há 8 anos

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou habeas corpus a Valfrísio Rodrigues Albuquerque, acusado de integrar quadrilha que praticava assaltos no Município de Groaíras, distante 273 km de Fortaleza.

Segundo denúncia do Ministério Público do Ceará (MP/CE), o bando realizou assaltos a casas lotéricas, postos de gasolina e fazendas. Os integrantes também escolhiam “as residências de pessoas abastadas para assaltar e, mediante ações de violência física e psicológica, sempre exigiam que as mesmas mostrassem onde se encontrava o cofre”.

Valfrísio Rodrigues, de 47 anos, teve prisão preventiva decretada em agosto de 2011. Em depoimento, negou participação nos assaltos. A defesa ingressou com habeas corpus no TJCE requerendo a soltura do réu. O pedido, no entanto, foi negado pela 2ª Câmara Criminal.

“Verifica-se que a decisão que manteve a prisão do paciente não se ressente de fundamentação e nem de justa causa, mas está respaldada em justificativas idôneas, concretas e suficientes à manutenção da segregação provisória, como forma de garantir a ordem pública”, afirmou o relator do processo, desembargador Francisco Darival Beserra Primo.

Com informações do TJCE

Publicidade

Dê sua opinião

Acusado de praticar assaltos em Groaíras tem pedido de liberdade negado

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou habeas corpus a Valfrísio Rodrigues Albuquerque, acusado de integrar quadrilha que praticava assaltos no Município de Groaíras, distante 273 km de Fortaleza

Por Joao Lobo em Polícia

27 de março de 2012 às 17:01

Há 8 anos

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou habeas corpus a Valfrísio Rodrigues Albuquerque, acusado de integrar quadrilha que praticava assaltos no Município de Groaíras, distante 273 km de Fortaleza.

Segundo denúncia do Ministério Público do Ceará (MP/CE), o bando realizou assaltos a casas lotéricas, postos de gasolina e fazendas. Os integrantes também escolhiam “as residências de pessoas abastadas para assaltar e, mediante ações de violência física e psicológica, sempre exigiam que as mesmas mostrassem onde se encontrava o cofre”.

Valfrísio Rodrigues, de 47 anos, teve prisão preventiva decretada em agosto de 2011. Em depoimento, negou participação nos assaltos. A defesa ingressou com habeas corpus no TJCE requerendo a soltura do réu. O pedido, no entanto, foi negado pela 2ª Câmara Criminal.

“Verifica-se que a decisão que manteve a prisão do paciente não se ressente de fundamentação e nem de justa causa, mas está respaldada em justificativas idôneas, concretas e suficientes à manutenção da segregação provisória, como forma de garantir a ordem pública”, afirmou o relator do processo, desembargador Francisco Darival Beserra Primo.

Com informações do TJCE