Acusado de tentativa de homicídio na Cidade 2000 será levado a julgamento nesta quinta-feira - Noticias


Acusado de tentativa de homicídio na Cidade 2000 será levado a julgamento nesta quinta-feira

Tentativa de homicídio aconteceu em março de 2003

Por Joao Lobo em Polícia

19 de agosto de 2010 às 18:21

Há 9 anos

A 1ª Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua levará a julgamento, nesta quinta-feira (19), às 13h30, Thomas Alves Alonso Júnior, acusado de tentar matar Antônio Nadson Costa Ferreira e ferir João Alberto Soares Maia, em março de 2003, no bairro Cidade 2000, em Fortaleza.

Segundo denúncia do Ministério Público, Antônio Nadson estava em frente a uma churrascaria, localizada na avenida Central Oeste, quando Thomas chegou na garupa de uma moto, já de arma em punho, e efetuou vários disparos.

Antônio Nadson, mesmo sendo atingido com alguns tiros, conseguiu fugir. João Alberto, que passava pelo local na hora do crime, também foi atingido com os disparos.

Ainda de acordo com os autos, o réu teria cometido o crime a mando de Antônio Thiago Pfander de Lima, que tinha uma desavença com Nadson. Em depoimento, Thomas Alves negou a participação no crime. O acusado aguarda o julgamento em liberdade.

A juíza titular da 1ª Vara do Júri, Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, presidirá o julgamento, e a acusação ficará sob a responsabilidade do promotor de Justiça Francisco Marques Lima. Já a defesa será feita pela advogada Verônica do Amaral Batista.

Fonte: TJCE

Publicidade

Dê sua opinião

Acusado de tentativa de homicídio na Cidade 2000 será levado a julgamento nesta quinta-feira

Tentativa de homicídio aconteceu em março de 2003

Por Joao Lobo em Polícia

19 de agosto de 2010 às 18:21

Há 9 anos

A 1ª Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua levará a julgamento, nesta quinta-feira (19), às 13h30, Thomas Alves Alonso Júnior, acusado de tentar matar Antônio Nadson Costa Ferreira e ferir João Alberto Soares Maia, em março de 2003, no bairro Cidade 2000, em Fortaleza.

Segundo denúncia do Ministério Público, Antônio Nadson estava em frente a uma churrascaria, localizada na avenida Central Oeste, quando Thomas chegou na garupa de uma moto, já de arma em punho, e efetuou vários disparos.

Antônio Nadson, mesmo sendo atingido com alguns tiros, conseguiu fugir. João Alberto, que passava pelo local na hora do crime, também foi atingido com os disparos.

Ainda de acordo com os autos, o réu teria cometido o crime a mando de Antônio Thiago Pfander de Lima, que tinha uma desavença com Nadson. Em depoimento, Thomas Alves negou a participação no crime. O acusado aguarda o julgamento em liberdade.

A juíza titular da 1ª Vara do Júri, Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, presidirá o julgamento, e a acusação ficará sob a responsabilidade do promotor de Justiça Francisco Marques Lima. Já a defesa será feita pela advogada Verônica do Amaral Batista.

Fonte: TJCE