Acusados de tortura e tentativa de estupro têm prisão preventiva decretada - Noticias


Acusados de tortura e tentativa de estupro têm prisão preventiva decretada

Crime aconteceu em março de 2009

Por Joao Lobo em Polícia

6 de dezembro de 2010 às 20:09

Há 9 anos

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) decretou a prisão preventiva de Régis Antônio Benevides dos Santos e de Paulo Fernando Souza de Andrade. Os réus são acusados de torturar e tentar estuprar Rita de Cássia dos Santos Sousa, em março de 2009, no Município de Fortaleza.

Leia mais
Justiça marca audiência do caso de tentativa de estupro contra estudante
Justiça aceita denúncia contra acusados de tortura e tentativa de estupro

“Vislumbro presentes os requisitos previstos no art. 312 do Código de Processo Penal, quais sejam, os indícios suficientes de autoria e materialidade, aliados à necessidade de garantia da ordem pública”, afirmou o relator do processo, desembargador Paulo Camelo Timbó.

Os crimes contra Rita de Cássia, de 23 anos, ocorreram na madrugada do dia 28 de março do ano passado. Conforme os autos, a vítima estava em uma casa de shows, na avenida Washington Soares, quando saiu acompanhada dos réus. Devido a um problema mecânico no veículo de Régis, os três resolveram ir ao apartamento de Paulo Fernando.

No local, Rita de Cássia passou a ser torturada e espancada por ambos, que também tentaram estuprá-la. Para escapar dos agressores, ela pulou da varanda do apartamento, localizado no segundo andar, ficando gravemente ferida.

Fonte: TJCE

Publicidade

Dê sua opinião

Acusados de tortura e tentativa de estupro têm prisão preventiva decretada

Crime aconteceu em março de 2009

Por Joao Lobo em Polícia

6 de dezembro de 2010 às 20:09

Há 9 anos

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) decretou a prisão preventiva de Régis Antônio Benevides dos Santos e de Paulo Fernando Souza de Andrade. Os réus são acusados de torturar e tentar estuprar Rita de Cássia dos Santos Sousa, em março de 2009, no Município de Fortaleza.

Leia mais
Justiça marca audiência do caso de tentativa de estupro contra estudante
Justiça aceita denúncia contra acusados de tortura e tentativa de estupro

“Vislumbro presentes os requisitos previstos no art. 312 do Código de Processo Penal, quais sejam, os indícios suficientes de autoria e materialidade, aliados à necessidade de garantia da ordem pública”, afirmou o relator do processo, desembargador Paulo Camelo Timbó.

Os crimes contra Rita de Cássia, de 23 anos, ocorreram na madrugada do dia 28 de março do ano passado. Conforme os autos, a vítima estava em uma casa de shows, na avenida Washington Soares, quando saiu acompanhada dos réus. Devido a um problema mecânico no veículo de Régis, os três resolveram ir ao apartamento de Paulo Fernando.

No local, Rita de Cássia passou a ser torturada e espancada por ambos, que também tentaram estuprá-la. Para escapar dos agressores, ela pulou da varanda do apartamento, localizado no segundo andar, ficando gravemente ferida.

Fonte: TJCE