Aumenta número de acidentes nas CEs, mas reduz incidência de mortes


Acidentes aumentam, mas mortes nas estradas diminuem 16%

O número de motoristas autuados pela Lei Seca nos primeiros cinco meses do ano quase chegou aos 3 mil

Por Arimatéia Moura em Polícia

12 de junho de 2013 às 11:46

Há 7 anos

Balanço divulgado pelo Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) aponta diminuição nas mortes causadas por acidentes nas rodovias do Ceará nos cinco primeiros meses de 2013 em comparação ao mesmo período de 2012. Apesar disso, o número de acidentes na CEs aumentou neste intervalo de tempo.

Nos cinco primeiros meses deste ano, a redução de óbitos foi de 16,07%, com 141 mortes em 2013, contra 168 entre janeiro e maio de 2012. Em maio deste ano foram registrados 32 óbitos nas estradas, contra 34 em igual período no ano passado. Já em abril deste ano foram 39 contra 40 em igual mês de 2012. Em março, o número de óbitos registrado em 2013 foram 24, contra 25 em março de 2012. Em fevereiro, foram 21 óbitos neste ano contra 34 em mês igual em 2012. Janeiro deste ano registrou 25 óbitos, contra 35 em janeiro de 2012.

Acidentes e feridos

O BPRE mostrou que houve aumento de acidentes este ano. Entre janeiro e maio deste ano houve um aumento de 5,16% em comparação com os cinco primeiros meses em 2012. Ao todo foram 1.487 acidentes neste ano contra 1.414 registrados em igual período no ano passado.

Em contrapartida houve redução no número de feridos nas estradas. Foram registrados 907 nos cinco primeiros meses deste ano contra 917 em igual período no ano passado. A redução registrada é de 1,09%.

Apreensão de armas

Houve aumento no número de apreensões de armas pelo BPRE entre janeiro e maio deste ano. O crescimento chega a 19,51%, sendo 49 armas apreendidas entre janeiro e maio deste ano contra 41 no igual período no ano passado.

Lei seca

A Lei seca continua registrando alta nos números de autuações e prisões nas estradas. É o quinto mês consecutivo com alta. Nos cinco primeiros meses deste ano o aumento registrado nas autuações no art. 165 é de 15,05% se comparado a igual período em 2012. Foram 2.629 autuações em 2013 contra 2.285 em cinco meses de 2012. Por este artigo são atuados motoristas que apresentarem de 0,05mg a 0,34mg de álcool por litro de sangue no resultado do teste do bafômetro.

As penalidades variam de aplicação de multa de R$ 1.915,30, recolhimento da carteira de habilitação, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e retenção do veículo até apresentação de um condutor habilitado. Caso, durante o processo de suspensão de direito de dirigir, o motorista seja flagrado novamente dirigindo sob efeito de álcool, a multa dobra, chegando a R$ 3.830,60.

Já o número de autuações no art. 306 registrou aumento de 101,39% se comparado a igual período em 2012. Foram 290 procedimentos em 2013 contra 144 em cinco meses de 2012. Por este artigo da Lei Seca, é considerado crime a concentração maior que 0,34mg de álcool por litro de sangue. Além da prisão, o motorista será apenado com multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Publicidade

Dê sua opinião

Acidentes aumentam, mas mortes nas estradas diminuem 16%

O número de motoristas autuados pela Lei Seca nos primeiros cinco meses do ano quase chegou aos 3 mil

Por Arimatéia Moura em Polícia

12 de junho de 2013 às 11:46

Há 7 anos

Balanço divulgado pelo Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) aponta diminuição nas mortes causadas por acidentes nas rodovias do Ceará nos cinco primeiros meses de 2013 em comparação ao mesmo período de 2012. Apesar disso, o número de acidentes na CEs aumentou neste intervalo de tempo.

Nos cinco primeiros meses deste ano, a redução de óbitos foi de 16,07%, com 141 mortes em 2013, contra 168 entre janeiro e maio de 2012. Em maio deste ano foram registrados 32 óbitos nas estradas, contra 34 em igual período no ano passado. Já em abril deste ano foram 39 contra 40 em igual mês de 2012. Em março, o número de óbitos registrado em 2013 foram 24, contra 25 em março de 2012. Em fevereiro, foram 21 óbitos neste ano contra 34 em mês igual em 2012. Janeiro deste ano registrou 25 óbitos, contra 35 em janeiro de 2012.

Acidentes e feridos

O BPRE mostrou que houve aumento de acidentes este ano. Entre janeiro e maio deste ano houve um aumento de 5,16% em comparação com os cinco primeiros meses em 2012. Ao todo foram 1.487 acidentes neste ano contra 1.414 registrados em igual período no ano passado.

Em contrapartida houve redução no número de feridos nas estradas. Foram registrados 907 nos cinco primeiros meses deste ano contra 917 em igual período no ano passado. A redução registrada é de 1,09%.

Apreensão de armas

Houve aumento no número de apreensões de armas pelo BPRE entre janeiro e maio deste ano. O crescimento chega a 19,51%, sendo 49 armas apreendidas entre janeiro e maio deste ano contra 41 no igual período no ano passado.

Lei seca

A Lei seca continua registrando alta nos números de autuações e prisões nas estradas. É o quinto mês consecutivo com alta. Nos cinco primeiros meses deste ano o aumento registrado nas autuações no art. 165 é de 15,05% se comparado a igual período em 2012. Foram 2.629 autuações em 2013 contra 2.285 em cinco meses de 2012. Por este artigo são atuados motoristas que apresentarem de 0,05mg a 0,34mg de álcool por litro de sangue no resultado do teste do bafômetro.

As penalidades variam de aplicação de multa de R$ 1.915,30, recolhimento da carteira de habilitação, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e retenção do veículo até apresentação de um condutor habilitado. Caso, durante o processo de suspensão de direito de dirigir, o motorista seja flagrado novamente dirigindo sob efeito de álcool, a multa dobra, chegando a R$ 3.830,60.

Já o número de autuações no art. 306 registrou aumento de 101,39% se comparado a igual período em 2012. Foram 290 procedimentos em 2013 contra 144 em cinco meses de 2012. Por este artigo da Lei Seca, é considerado crime a concentração maior que 0,34mg de álcool por litro de sangue. Além da prisão, o motorista será apenado com multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.