Engenheiro é morto em estacionamento de agência bancária na avenida 13 de maio - Noticias


Engenheiro é morto em estacionamento de agência bancária na avenida 13 de maio

Um homem foi morto a tiros no estacionamento de uma agência bancária na avenida 13 de Maio, bairro de Fátima, em Fortaleza. De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima, que não teve a identidade revelada, sofreu uma “saidinha bancária”

Por Tribuna do Ceará em Polícia

1 de março de 2012 às 13:19

Há 7 anos

Kelbson Nogueira Diógenes (Foto: Facebook)

Um engenheiro civil foi morto a tiros no estacionamento de uma agência bancária na avenida 13 de Maio, bairro de Fátima, em Fortaleza. De acordo com informações da Polícia Militar, Kelbson Nogueira Diógenes, de 30 anos, teria reagido a uma “saidinha bancária”.

Segundo os policiais ele teria sacado cerca de R$ 21 mil momentos antes do crime e os assaltantes conseguiram levar R$ 19 mil, deixando apens R$ 2 mil no bolso da vítima.

A Polícia Militar intensificou as buscas no local e dá prosseguimento às investigações para identificar e prender os acusados. Na agência o atendimento continua normalmente.

Leia mais:
Policial civil reage a “saidinha bancária” e mata um dos acusados no Papicu

Policial é morto por bandidos após “saidinha bancária”

Polícia investiga quadrilha de saidinha bancária que assaltou jovem e idoso em Quixadá

Publicidade

Dê sua opinião

Engenheiro é morto em estacionamento de agência bancária na avenida 13 de maio

Um homem foi morto a tiros no estacionamento de uma agência bancária na avenida 13 de Maio, bairro de Fátima, em Fortaleza. De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima, que não teve a identidade revelada, sofreu uma “saidinha bancária”

Por Tribuna do Ceará em Polícia

1 de março de 2012 às 13:19

Há 7 anos

Kelbson Nogueira Diógenes (Foto: Facebook)

Um engenheiro civil foi morto a tiros no estacionamento de uma agência bancária na avenida 13 de Maio, bairro de Fátima, em Fortaleza. De acordo com informações da Polícia Militar, Kelbson Nogueira Diógenes, de 30 anos, teria reagido a uma “saidinha bancária”.

Segundo os policiais ele teria sacado cerca de R$ 21 mil momentos antes do crime e os assaltantes conseguiram levar R$ 19 mil, deixando apens R$ 2 mil no bolso da vítima.

A Polícia Militar intensificou as buscas no local e dá prosseguimento às investigações para identificar e prender os acusados. Na agência o atendimento continua normalmente.

Leia mais:
Policial civil reage a “saidinha bancária” e mata um dos acusados no Papicu

Policial é morto por bandidos após “saidinha bancária”

Polícia investiga quadrilha de saidinha bancária que assaltou jovem e idoso em Quixadá