Operação Canal Vermelho: PF prende mais duas pessoas e apreende um adolescente - Noticias


Operação Canal Vermelho: PF prende mais duas pessoas e apreende um adolescente

Os presos teriam participado diretamente da execução do casal Carlos José Medeiros Magalhães e Maria Elizabeth Almeida Bezerra em agosto deste ano

Por Tribuna do Ceará em Polícia

21 de setembro de 2010 às 18:51

Há 10 anos

Maykson Gleytson de Castro Jacó, de 21 anos - Foto: PF

A Polícia Federal prendeu mais duas pessoas e apreendeu um adolescente durante a continuação da Operação Canal Vermelho, nesta terça-feira (21), em Fortaleza. Maykson Gleytson de Castro Jacó, 21, um outro homem de iniciais C.A.S, também de 21 anos, e o menor de idade, são suspeitos de participação na organização criminosa comandada pelo iraniano Farhad Marvizi.

Segundo as investigações, há vinculação direta das duas pessoas presas e do menor apreendido na execução do casal Carlos José Medeiros Magalhães e Maria Elizabeth Almeida Bezerra, fato ocorrido no dia 02 de agosto de 2010, no Conjunto Esperança, na Capital.

Leia mais:
Polícia prende 6º policial acusado de integrar quadrilha de iraniano
Mais dois PMs são presos pela PF na Operação Canal Vermelho
PF apreende mais produtos contrabandeados por iraniano
Operação Canal Vermelho: PF prende 11 pessoas por crimes de contrabando, descaminho e homicídios
PF deflagra operação para combater contrabando, descaminho e homicídios na Capital

Maykson Jacó, conhecido como “Lu”, é apontado como um dos principais comparsas do sargento da Polícia Militar do Ceará, Jean Charles da Silva Libório, em crimes de execução contra pessoas que viessem a prejudicar ou interferir nas atividades da quadrilha.

A operação Canal Vermelho foi deflagrada no dia 12 de agosto deste ano. As investigações começaram após uma tentativa de homicídio contra um auditor da Receita Federal, em dezembro de 2008.

Os acusados permanecerão presos na Policia Federal e o menor será encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente.

A PF divulgou a foto de Maykson Jacó com o objetivo de identificar a participação dele em outras execuções.

Redação do Jangadeiro Online, com informações da Polícia Federal

Publicidade

Dê sua opinião

Operação Canal Vermelho: PF prende mais duas pessoas e apreende um adolescente

Os presos teriam participado diretamente da execução do casal Carlos José Medeiros Magalhães e Maria Elizabeth Almeida Bezerra em agosto deste ano

Por Tribuna do Ceará em Polícia

21 de setembro de 2010 às 18:51

Há 10 anos

Maykson Gleytson de Castro Jacó, de 21 anos - Foto: PF

A Polícia Federal prendeu mais duas pessoas e apreendeu um adolescente durante a continuação da Operação Canal Vermelho, nesta terça-feira (21), em Fortaleza. Maykson Gleytson de Castro Jacó, 21, um outro homem de iniciais C.A.S, também de 21 anos, e o menor de idade, são suspeitos de participação na organização criminosa comandada pelo iraniano Farhad Marvizi.

Segundo as investigações, há vinculação direta das duas pessoas presas e do menor apreendido na execução do casal Carlos José Medeiros Magalhães e Maria Elizabeth Almeida Bezerra, fato ocorrido no dia 02 de agosto de 2010, no Conjunto Esperança, na Capital.

Leia mais:
Polícia prende 6º policial acusado de integrar quadrilha de iraniano
Mais dois PMs são presos pela PF na Operação Canal Vermelho
PF apreende mais produtos contrabandeados por iraniano
Operação Canal Vermelho: PF prende 11 pessoas por crimes de contrabando, descaminho e homicídios
PF deflagra operação para combater contrabando, descaminho e homicídios na Capital

Maykson Jacó, conhecido como “Lu”, é apontado como um dos principais comparsas do sargento da Polícia Militar do Ceará, Jean Charles da Silva Libório, em crimes de execução contra pessoas que viessem a prejudicar ou interferir nas atividades da quadrilha.

A operação Canal Vermelho foi deflagrada no dia 12 de agosto deste ano. As investigações começaram após uma tentativa de homicídio contra um auditor da Receita Federal, em dezembro de 2008.

Os acusados permanecerão presos na Policia Federal e o menor será encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente.

A PF divulgou a foto de Maykson Jacó com o objetivo de identificar a participação dele em outras execuções.

Redação do Jangadeiro Online, com informações da Polícia Federal