PSF é assaltado e funcionários encerram o atendimento


PSF é assaltado e funcionários encerram o atendimento

Eles levaram celulares, notebooks, carteiras e pertences de pacientes e funcionários

Por Thalyta Martins em Polícia

14 de outubro de 2013 às 18:27

Há 7 anos

Três homens armados fizeram um arrastão, na manhã desta segunda-feira (14), no Posto de Saúde Francisco Domingos da Silva, localizado na Avenida Leste-Oeste, Barra do Ceará. Segundo informações dos funcionários do PSF, um dentista foi rendido com uma faca no pescoço no momento do assalto. O trio estava munido com uma faca, um facão e um revólver.

Posto de Saúde na Barra do Ceará é assaltado e funcionários encerram o atendimento (FOTO: Jeferson Abreu)

Posto de Saúde na Barra do Ceará é assaltado e funcionários encerram o atendimento (FOTO: Jeferson Abreu)

Eles levaram celulares, notebooks, carteiras e pertences de pacientes e funcionários, que diante da situação, encerraram os atendimentos e fecharam as portas do local.

De acordo com informações da Inspetora Elana, do 33° Distrito Policial, a polícia está investigando o caso, mas ainda não recebeu as filmagens das câmeras de segurança do local.

Com informações do repórter Jeferson Abreu.

Publicidade

Dê sua opinião

PSF é assaltado e funcionários encerram o atendimento

Eles levaram celulares, notebooks, carteiras e pertences de pacientes e funcionários

Por Thalyta Martins em Polícia

14 de outubro de 2013 às 18:27

Há 7 anos

Três homens armados fizeram um arrastão, na manhã desta segunda-feira (14), no Posto de Saúde Francisco Domingos da Silva, localizado na Avenida Leste-Oeste, Barra do Ceará. Segundo informações dos funcionários do PSF, um dentista foi rendido com uma faca no pescoço no momento do assalto. O trio estava munido com uma faca, um facão e um revólver.

Posto de Saúde na Barra do Ceará é assaltado e funcionários encerram o atendimento (FOTO: Jeferson Abreu)

Posto de Saúde na Barra do Ceará é assaltado e funcionários encerram o atendimento (FOTO: Jeferson Abreu)

Eles levaram celulares, notebooks, carteiras e pertences de pacientes e funcionários, que diante da situação, encerraram os atendimentos e fecharam as portas do local.

De acordo com informações da Inspetora Elana, do 33° Distrito Policial, a polícia está investigando o caso, mas ainda não recebeu as filmagens das câmeras de segurança do local.

Com informações do repórter Jeferson Abreu.