SSPDS e Ministério Público desarticulam quadrilha no Maciço de Baturité - Noticias


SSPDS e Ministério Público desarticulam quadrilha no Maciço de Baturité

Grupo criminoso é responsável por vários assaltos, latrocínios e sequestros

Por Tribuna do Ceará em Polícia

1 de fevereiro de 2011 às 14:45

Há 9 anos

Membros do Ministério Público do Estado do Ceará (MPE), do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gecoc), com o apoio da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), desencadearam na manhã desta terça-feira (1º) a “Operação Serra Limpa”. O objetivo é cumprir 14 mandados de prisão preventiva, 28 de busca e apreensão e três de prisão temporária contra a quadrilha, autora de diversos crimes considerados pesados, que atua em Redenção, Baturité e Mulungu, no Maciço de Baturité. Cinco suspeitos foram presos.

Leia mais:
Pacoti: um dos bandidos mais perigosos do Ceará morre em tiroteio com a Polícia

Em Redenção, os policiais prenderam Márcio Dantas, Lenilson Alves do Nascimento, Ernani Castro da Silva e Francisco Werlon Nascimento. Francisco Assis Brasil Valentin foi preso em Mulungu. Entre os crimes está o arrebatamento e assassinato do ex-vereador de Redenção José Maia de Castro Filho, 52, ocorrido na localidade de Guassi, na tarde do dia 31 de julho do ano passado.

Em poder dos acusados, os policiais e os promotores de Justiça encontraram um computador portátil, um telefone celular, duas espingardas calibre 12 (escopeta) e uma faca.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Bezerra, designou vários policiais civis e militares para atuarem na operação. O material apreendido e os presos estão sendo trazidos para a Divisão Anti Sequestro (DAS), na capital cearense.

Redação Jangadeiro Online

Publicidade

Dê sua opinião

SSPDS e Ministério Público desarticulam quadrilha no Maciço de Baturité

Grupo criminoso é responsável por vários assaltos, latrocínios e sequestros

Por Tribuna do Ceará em Polícia

1 de fevereiro de 2011 às 14:45

Há 9 anos

Membros do Ministério Público do Estado do Ceará (MPE), do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gecoc), com o apoio da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), desencadearam na manhã desta terça-feira (1º) a “Operação Serra Limpa”. O objetivo é cumprir 14 mandados de prisão preventiva, 28 de busca e apreensão e três de prisão temporária contra a quadrilha, autora de diversos crimes considerados pesados, que atua em Redenção, Baturité e Mulungu, no Maciço de Baturité. Cinco suspeitos foram presos.

Leia mais:
Pacoti: um dos bandidos mais perigosos do Ceará morre em tiroteio com a Polícia

Em Redenção, os policiais prenderam Márcio Dantas, Lenilson Alves do Nascimento, Ernani Castro da Silva e Francisco Werlon Nascimento. Francisco Assis Brasil Valentin foi preso em Mulungu. Entre os crimes está o arrebatamento e assassinato do ex-vereador de Redenção José Maia de Castro Filho, 52, ocorrido na localidade de Guassi, na tarde do dia 31 de julho do ano passado.

Em poder dos acusados, os policiais e os promotores de Justiça encontraram um computador portátil, um telefone celular, duas espingardas calibre 12 (escopeta) e uma faca.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Bezerra, designou vários policiais civis e militares para atuarem na operação. O material apreendido e os presos estão sendo trazidos para a Divisão Anti Sequestro (DAS), na capital cearense.

Redação Jangadeiro Online