"Estamos empenhados para inclusão de municípios na Reforma da Previdência", diz Tasso

EXPECTATIVA

“Estamos empenhados para inclusão de municípios na Reforma da Previdência”, diz Tasso Jereissati

O senador Tasso, relator da Reforma no Senado Federal, avalia que a melhor opção é a inclusão de estados e municípios na mesma PEC que cria novas regras de aposentadoria

Por Tribuna do Ceará em Política

7 de agosto de 2019 às 19:43

Há 2 semanas
Desde maio, o Senado se reúne com os governadores para articular pautas de interesse dos estados (FOTO: Frente Nacional de Prefeitos)

Desde maio, o Senado se reúne com os governadores para articular pautas de interesse dos estados (FOTO: Frente Nacional de Prefeitos)

O senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou que está empenhado no Senado Federal para que “a inclusão dos municípios na Reforma da Previdência seja um fato”. A PEC da Previdência tramita na Câmara dos Deputados e seguirá para o Senado logo após a votação, que deve acontecer em breve.

Em conversa nesta terça-feira (6) com o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, prefeito de Campinas, o senador afirmou ainda que está convicto de que estados e municípios devem estar “na mesma toada da União”. Para ele, a “capacidade de pressão dos prefeitos na Câmara” deve ser levada em consideração. Tasso é o relator da Reforma no Senado Federal.

O parlamentar avalia que a melhor opção é a inclusão de estados e municípios na mesma Proposta de Emenda à Constituição (PEC 6/2019) que cria novas regras de aposentadoria, no entanto não descarta a possibilidade de proposta paralela. “Vou conversar com o deputado Rodrigo Maia para sentir qual a melhor estratégia”, disse.

“Estamos muito contemplados. Com certeza o senador terá toda a habilidade para construir esse entendimento aqui no Senado para que os municípios não fiquem de fora nessa mudança importante para o Brasil”, avaliou Jonas Donizette.

Estados

Governadores de 27 estados estiveram em Brasília, também na terça-feira (6), para tratar do mesmo assunto. Uma carta deve ser entregue ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, formalizando o apoio.

Entenda o caso

Estados e municípios já constavam na versão original da proposta, enviada ao Executivo, mas foram excluídos na preparação do substitutivo da comissão especial. Desde maio, o Senado se reúne com os governadores para articular pautas de interesse dos estados, entre as quais está a aplicação das novas regras previdenciárias para eles de imediato.

Publicidade

Dê sua opinião

EXPECTATIVA

“Estamos empenhados para inclusão de municípios na Reforma da Previdência”, diz Tasso Jereissati

O senador Tasso, relator da Reforma no Senado Federal, avalia que a melhor opção é a inclusão de estados e municípios na mesma PEC que cria novas regras de aposentadoria

Por Tribuna do Ceará em Política

7 de agosto de 2019 às 19:43

Há 2 semanas
Desde maio, o Senado se reúne com os governadores para articular pautas de interesse dos estados (FOTO: Frente Nacional de Prefeitos)

Desde maio, o Senado se reúne com os governadores para articular pautas de interesse dos estados (FOTO: Frente Nacional de Prefeitos)

O senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou que está empenhado no Senado Federal para que “a inclusão dos municípios na Reforma da Previdência seja um fato”. A PEC da Previdência tramita na Câmara dos Deputados e seguirá para o Senado logo após a votação, que deve acontecer em breve.

Em conversa nesta terça-feira (6) com o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, prefeito de Campinas, o senador afirmou ainda que está convicto de que estados e municípios devem estar “na mesma toada da União”. Para ele, a “capacidade de pressão dos prefeitos na Câmara” deve ser levada em consideração. Tasso é o relator da Reforma no Senado Federal.

O parlamentar avalia que a melhor opção é a inclusão de estados e municípios na mesma Proposta de Emenda à Constituição (PEC 6/2019) que cria novas regras de aposentadoria, no entanto não descarta a possibilidade de proposta paralela. “Vou conversar com o deputado Rodrigo Maia para sentir qual a melhor estratégia”, disse.

“Estamos muito contemplados. Com certeza o senador terá toda a habilidade para construir esse entendimento aqui no Senado para que os municípios não fiquem de fora nessa mudança importante para o Brasil”, avaliou Jonas Donizette.

Estados

Governadores de 27 estados estiveram em Brasília, também na terça-feira (6), para tratar do mesmo assunto. Uma carta deve ser entregue ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, formalizando o apoio.

Entenda o caso

Estados e municípios já constavam na versão original da proposta, enviada ao Executivo, mas foram excluídos na preparação do substitutivo da comissão especial. Desde maio, o Senado se reúne com os governadores para articular pautas de interesse dos estados, entre as quais está a aplicação das novas regras previdenciárias para eles de imediato.