Relatório sobre André Fernandes é enviado ao Conselho de Ética da AL

POLÊMICA DO CRIME ORGANIZADO

Relatório sobre André Fernandes é enviado ao Conselho de Ética da AL

A polêmica surgiu após André Fernandes denunciar, ao Ministério Público, um suposto envolvimento do também deputado Nezinho Farias com uma facção criminosa.

Por TV Jangadeiro em Política

6 de agosto de 2019 às 19:34

Há 2 semanas
Em junho, André Fernandes denunciou ao MPCE deputado do PDT por suposto envolvimento com facção criminosa (FOTO: Divulgação)

Em junho, André Fernandes denunciou ao MPCE deputado do PDT por suposto envolvimento com facção criminosa (FOTO: Divulgação)

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa recebeu nesta terça-feira (6), das mãos do ouvidor Romeu Aldigueri (PDT), o relatório sobre a acusação contra o deputado André Fernandes (PSL).

A polêmica surgiu após André denunciar, ao Ministério Público, um suposto envolvimento do também deputado Nezinho Farias (PDT) com uma facção criminosa.

O presidente do Conselho, Antônio Granja (PDT), tem três dias para notificar André Fernandes antes da sessão que vai votar o relatório, o que deve acontecer ainda este mês.

Caso não haja arquivamento, André pode ser punido com censura verbal ou escrita, suspensão ou cassação de mandato. No mês passado, Fernandes pediu desculpas a Nezinho pela acusação.

Confira todos os detalhes no Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

POLÊMICA DO CRIME ORGANIZADO

Relatório sobre André Fernandes é enviado ao Conselho de Ética da AL

A polêmica surgiu após André Fernandes denunciar, ao Ministério Público, um suposto envolvimento do também deputado Nezinho Farias com uma facção criminosa.

Por TV Jangadeiro em Política

6 de agosto de 2019 às 19:34

Há 2 semanas
Em junho, André Fernandes denunciou ao MPCE deputado do PDT por suposto envolvimento com facção criminosa (FOTO: Divulgação)

Em junho, André Fernandes denunciou ao MPCE deputado do PDT por suposto envolvimento com facção criminosa (FOTO: Divulgação)

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa recebeu nesta terça-feira (6), das mãos do ouvidor Romeu Aldigueri (PDT), o relatório sobre a acusação contra o deputado André Fernandes (PSL).

A polêmica surgiu após André denunciar, ao Ministério Público, um suposto envolvimento do também deputado Nezinho Farias (PDT) com uma facção criminosa.

O presidente do Conselho, Antônio Granja (PDT), tem três dias para notificar André Fernandes antes da sessão que vai votar o relatório, o que deve acontecer ainda este mês.

Caso não haja arquivamento, André pode ser punido com censura verbal ou escrita, suspensão ou cassação de mandato. No mês passado, Fernandes pediu desculpas a Nezinho pela acusação.

Confira todos os detalhes no Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: