Senado agora discute fim do Conselho de Ética - Noticias


Senado agora discute fim do Conselho de Ética

Proposta do petista Tião Viana tem apoio de Sarney

Por Tribuna do Ceará em Política

25 de agosto de 2009 às 08:50

Há 10 anos
Plenário do Senado Federal

Plenário do Senado Federal

Enquanto tucanos e democratas discutem a possibilidade de seus integrantes no Conselho de Ética apresentarem uma renúncia coletiva em protesto ao arquivamento sumário dos 11 pedidos de investigação sobre o presidente do Senado, José Sarney, o senador Tião Viana (PT-AC) defende a extinção deste conselho. Proposta, aliás, que também chegou a ser defendida, na semana passada, pelo próprio Sarney em artigo que publicou no jornal “Folha de São Paulo”, deixando para o Supremo Tribunal Federal a missão de julgar parlamentares, inclusive sobre questões éticas.

A expectativa do senador petista era aprovar na quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, seu projeto de resolução propondo a extinção do Conselho de Ética. Mas o relator da matéria, o senador Antonio Carlos Magalhães Junior (DEM-BA), antecipa que é contra a proposta e deverá sugerir a realização de uma audiência pública para que o assunto seja mais bem discutido.

Com informações do O Globo

Publicidade

Dê sua opinião

Senado agora discute fim do Conselho de Ética

Proposta do petista Tião Viana tem apoio de Sarney

Por Tribuna do Ceará em Política

25 de agosto de 2009 às 08:50

Há 10 anos
Plenário do Senado Federal

Plenário do Senado Federal

Enquanto tucanos e democratas discutem a possibilidade de seus integrantes no Conselho de Ética apresentarem uma renúncia coletiva em protesto ao arquivamento sumário dos 11 pedidos de investigação sobre o presidente do Senado, José Sarney, o senador Tião Viana (PT-AC) defende a extinção deste conselho. Proposta, aliás, que também chegou a ser defendida, na semana passada, pelo próprio Sarney em artigo que publicou no jornal “Folha de São Paulo”, deixando para o Supremo Tribunal Federal a missão de julgar parlamentares, inclusive sobre questões éticas.

A expectativa do senador petista era aprovar na quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, seu projeto de resolução propondo a extinção do Conselho de Ética. Mas o relator da matéria, o senador Antonio Carlos Magalhães Junior (DEM-BA), antecipa que é contra a proposta e deverá sugerir a realização de uma audiência pública para que o assunto seja mais bem discutido.

Com informações do O Globo