O que o câncer de próstata e a disfunção sexual tem a ver?

NOVEMBRO AZUL

O que o câncer de próstata e a disfunção sexual têm a ver?

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens, depois do câncer de pele

Por Tribuna Bandnews FM em Saúde

9 de novembro de 2019 às 07:00

Há 2 semanas
estetoscopio-e-simbolo-do-cancer-de-prostata

Médico tira dúvidas sobre câncer de próstata (FOTO: Freepik)

No mês de combate ao câncer de próstata, algumas dúvidas surgem entre os homens, como: “A partir de qual idade devo fazer o exame?”; “A doença é hereditária?”; “A disfunção sexual é um sintoma do câncer de próstata?”. A última pergunta costuma confundir bastante os pacientes.

De acordo com o urologista Eduardo de Paula Miranda, a disfunção sexual não tem relação com a doença. “As disfunções são independentes do câncer de próstata e não indicam doença nenhuma. Mas, durante a avaliação da disfunção sexual, você também avalia a próstata”, explicou.

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens, depois do câncer de pele. A forma de detecção é o exame do toque ou de sangue. Eduardo de Paula explica que o tratamento pode acarretar em disfunções sexuais.

“A relação mais comum é a seguinte: paciente que tem câncer de próstata e é submetido a tratamentos mais invasivos há uma chance de isso gerar uma disfunção sexual. Mas o câncer de próstata não causa sintoma nenhum”, comentou o médico.

A doença é confirmada após fazer a biópsia, que é indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista.

Confira a matéria completa na Tribuna BandNews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

NOVEMBRO AZUL

O que o câncer de próstata e a disfunção sexual têm a ver?

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens, depois do câncer de pele

Por Tribuna Bandnews FM em Saúde

9 de novembro de 2019 às 07:00

Há 2 semanas
estetoscopio-e-simbolo-do-cancer-de-prostata

Médico tira dúvidas sobre câncer de próstata (FOTO: Freepik)

No mês de combate ao câncer de próstata, algumas dúvidas surgem entre os homens, como: “A partir de qual idade devo fazer o exame?”; “A doença é hereditária?”; “A disfunção sexual é um sintoma do câncer de próstata?”. A última pergunta costuma confundir bastante os pacientes.

De acordo com o urologista Eduardo de Paula Miranda, a disfunção sexual não tem relação com a doença. “As disfunções são independentes do câncer de próstata e não indicam doença nenhuma. Mas, durante a avaliação da disfunção sexual, você também avalia a próstata”, explicou.

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens, depois do câncer de pele. A forma de detecção é o exame do toque ou de sangue. Eduardo de Paula explica que o tratamento pode acarretar em disfunções sexuais.

“A relação mais comum é a seguinte: paciente que tem câncer de próstata e é submetido a tratamentos mais invasivos há uma chance de isso gerar uma disfunção sexual. Mas o câncer de próstata não causa sintoma nenhum”, comentou o médico.

A doença é confirmada após fazer a biópsia, que é indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista.

Confira a matéria completa na Tribuna BandNews FM: