100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções

CLIMA DE TENSÃO

100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções

Dois veículos da frota foram queimados. Os demais se encontram recolhidos, sob escolta dos próprios cooperados do transporte alternativo

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

4 de janeiro de 2019 às 17:22

Há 9 meses
A empresa solicitou apoio aos órgãos de segurança para que os veículos possam voltar as atividades escoltados por policiais (FOTO: Divulgação)

A empresa solicitou apoio aos órgãos de segurança para que os veículos possam voltar as atividades escoltados por policiais (FOTO: Divulgação)

Os veículos da Cooperativa dos Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps), que fazem o serviço de vans do transporte alternativo de Fortaleza, informou que sua frota está 100% fora de funcionamento nesta sexta-feira (4).

A paralisação é por conta dos ataques criminosos que o Ceará vem vivenciando nos últimos dias. A empresa informou que a diretoria já solicitou apoio aos órgãos de segurança para que os veículos possam voltar às atividades escoltados por policiais, no entanto, não obteve apoio até o momento.

Dois veículos da frota foram queimados. O diretor financeiro da Cootraps, Carlos Robério, informou que a mobilização foi feita como medida de segurança.

“Mobilizamos a categoria para deixarem os carros nas garagens, fazendo revezamento para os próprios cooperados ficarem protegendo os locais, e tiramos o abastecimento também das garagens. Esperamos que o Governo do Estado possa nos ajudar”.

A onda de ataques de facções a ônibus e prédios públicos e privados do Ceará iniciou na noite da última quarta-feira (2). Segundo o último balanço da Secretaria de Segurança Pública, 45 pessoas já foram presas por suspeita de participação nas ações criminosas.

Confira a cobertura sobre o caso:

4/1 – Bolsonaro cutuca Camilo ao enviar Força Nacional ao Ceará: “Posição radical contra nós”

4/1 – “Estado perdeu domínio dos presídios e dos bairros onde as facções atuam”, avalia especialista

4/1 – Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

4/1 – Carros de empresas de água e energia são incendiados no Ceará

4/1 – Chefe da operação da Força Nacional será um ex-comandante da elite da PM-CE, indica General Theophilo

4/1 – Coleta de lixo é parcialmente suspensa em Fortaleza devido à onda de ataques

4/1 – “Não recuaremos”, garante secretário de segurança após terrorismo de facções no Ceará

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Entenda como é a separação dos presídios por facções criminosas no Ceará

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindionibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará

Publicidade

Dê sua opinião

CLIMA DE TENSÃO

100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções

Dois veículos da frota foram queimados. Os demais se encontram recolhidos, sob escolta dos próprios cooperados do transporte alternativo

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

4 de janeiro de 2019 às 17:22

Há 9 meses
A empresa solicitou apoio aos órgãos de segurança para que os veículos possam voltar as atividades escoltados por policiais (FOTO: Divulgação)

A empresa solicitou apoio aos órgãos de segurança para que os veículos possam voltar as atividades escoltados por policiais (FOTO: Divulgação)

Os veículos da Cooperativa dos Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps), que fazem o serviço de vans do transporte alternativo de Fortaleza, informou que sua frota está 100% fora de funcionamento nesta sexta-feira (4).

A paralisação é por conta dos ataques criminosos que o Ceará vem vivenciando nos últimos dias. A empresa informou que a diretoria já solicitou apoio aos órgãos de segurança para que os veículos possam voltar às atividades escoltados por policiais, no entanto, não obteve apoio até o momento.

Dois veículos da frota foram queimados. O diretor financeiro da Cootraps, Carlos Robério, informou que a mobilização foi feita como medida de segurança.

“Mobilizamos a categoria para deixarem os carros nas garagens, fazendo revezamento para os próprios cooperados ficarem protegendo os locais, e tiramos o abastecimento também das garagens. Esperamos que o Governo do Estado possa nos ajudar”.

A onda de ataques de facções a ônibus e prédios públicos e privados do Ceará iniciou na noite da última quarta-feira (2). Segundo o último balanço da Secretaria de Segurança Pública, 45 pessoas já foram presas por suspeita de participação nas ações criminosas.

Confira a cobertura sobre o caso:

4/1 – Bolsonaro cutuca Camilo ao enviar Força Nacional ao Ceará: “Posição radical contra nós”

4/1 – “Estado perdeu domínio dos presídios e dos bairros onde as facções atuam”, avalia especialista

4/1 – Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

4/1 – Carros de empresas de água e energia são incendiados no Ceará

4/1 – Chefe da operação da Força Nacional será um ex-comandante da elite da PM-CE, indica General Theophilo

4/1 – Coleta de lixo é parcialmente suspensa em Fortaleza devido à onda de ataques

4/1 – “Não recuaremos”, garante secretário de segurança após terrorismo de facções no Ceará

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Entenda como é a separação dos presídios por facções criminosas no Ceará

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindionibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará