Apontado como participante do assassinato de coroinha é preso na Jacarecanga

CASO DO COROINHA

Apontado como participante do assassinato de coroinha é preso na Jacarecanga

Segundo a PM, um outro suspeito pela morte do coroinha já está preso desde o último domingo (24). Um terceiro acusado ainda não foi localizado

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

28 de novembro de 2019 às 09:31

Há 2 semanas

Tiago é apontado por testemunhas como participante da morte de um coroinha no Morro do Ouro (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Apontado por testemunhas como participante da morte de um coroinha de 15 anos, Tiago Rodrigues de Sousa foi preso na tarde da última quarta-feira (28), na comunidade Morro do Ouro, em Fortaleza. O jovem conhecido como “Cãozinho” foi capturado pela Polícia Militar por porte ilegal de arma de fogo. O delegado responsável pela prisão não confirmou a participação do jovem de 25 anos no homicídio do coroinha.

Segundo a PM, um outro suspeito pela morte de Ronald Miguel Freitas de Oliveira já está preso desde o último domingo (24). Um terceiro acusado, identificado como Levi, ainda não foi localizado. Este último é o único que a polícia confirmou estar envolvido na morte do adolescente de 15 anos. O delegado Wilder Brito diz que “tem trocado informações” com equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Brito afirma que o jovem preso por último tem “uma ficha criminal sugestiva”. “Ele já foi autuado por tráfico de drogas em outubro deste ano, mas já estava solto e cometendo outros crimes. Não posso afirmar que ele seja partícipe do homicídio (do coroinha). O que eu posso afirmar é que o Levi participou, mas o “Cãozinho”, o Tiago, é só suspeito”, ponderou o delegado do 3º Distrito Policial.

Possível motivação

O coroinha conversava na calçada de casa com a mãe após voltar da missa quando foi atingido por um tiro na cabeça (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O sargento Barbosa da PM esteve em diligências na comunidade Morro do Ouro, no bairro Jacarecanga. Ele revela ter colhido informações de testemunhas que dão conta de que o coroinha tenha sido morto após uma “vistoria” dos criminosos nos celulares de moradores da comunidade.

“Segundo informações de populares, eles estavam colhendo celulares de moradores para verificar algum tipo de informação ou de dados que eles achassem que poderia estar sendo repassado para a polícia. Essa informação não é oficial, mas parece que o adolescente teria alguma coisa no celular que não agradou a eles”, explicou o agente de segurança.

Para o sargento, há também a possibilidade de que a arma apreendida com Tiago seja a mesma utilizada para matar o coroinha. “Provavelmente é a mesma arma, mas só quem pode confirmar é a perícia. O calibre é 38. Pode ser essa arma, sim”, avaliou.

Ainda segundo ele, Tiago seria o líder da facção que atua no Morro do Ouro. Para Barbosa, o homicídio do adolescente de 15 anos está “praticamente elucidado”. “Vamos agora deixar para a polícia e a Justiça fazerem os procedimentos administrativos e processuais para julgar a culpabilidade deles”, afirmou.

Palavras da defesa

Jáder Lima, advogado de defesa de Tiago, esteve no 3º Distrito Policial. Em entrevista ao Sistema Jangadeiro, ele afirmou desconhecer o envolvimento de seu cliente no homicídio do coroinha. “Aqui na delegacia não tem nenhum inquérito aberto sobre isso. Só tomei conhecimento da prisão dele a respeito de um porte de arma de uso permitido”, explicou.

Entenda o caso

As primeiras informações sobre a morte de Ronald Miguel Freitas de Oliveira, de 15 anos, apontavam que o jovem teria sido vitimado por uma bala perdida durante um tiroteio no bairro Jacarecanga. O coroinha conversava na calçada de casa com a mãe após voltar da missa quando foi atingido por um tiro na cabeça, na noite do último domingo (24).

Os vizinhos chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o jovem foi levado à Unidade Pronto Atendimento (UPA) da Barra do Ceará. Em seguida, Ronald foi encaminhado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde veio a óbito.

Confira mais na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta quinta-feira (28).

Publicidade

Dê sua opinião

CASO DO COROINHA

Apontado como participante do assassinato de coroinha é preso na Jacarecanga

Segundo a PM, um outro suspeito pela morte do coroinha já está preso desde o último domingo (24). Um terceiro acusado ainda não foi localizado

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

28 de novembro de 2019 às 09:31

Há 2 semanas

Tiago é apontado por testemunhas como participante da morte de um coroinha no Morro do Ouro (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Apontado por testemunhas como participante da morte de um coroinha de 15 anos, Tiago Rodrigues de Sousa foi preso na tarde da última quarta-feira (28), na comunidade Morro do Ouro, em Fortaleza. O jovem conhecido como “Cãozinho” foi capturado pela Polícia Militar por porte ilegal de arma de fogo. O delegado responsável pela prisão não confirmou a participação do jovem de 25 anos no homicídio do coroinha.

Segundo a PM, um outro suspeito pela morte de Ronald Miguel Freitas de Oliveira já está preso desde o último domingo (24). Um terceiro acusado, identificado como Levi, ainda não foi localizado. Este último é o único que a polícia confirmou estar envolvido na morte do adolescente de 15 anos. O delegado Wilder Brito diz que “tem trocado informações” com equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Brito afirma que o jovem preso por último tem “uma ficha criminal sugestiva”. “Ele já foi autuado por tráfico de drogas em outubro deste ano, mas já estava solto e cometendo outros crimes. Não posso afirmar que ele seja partícipe do homicídio (do coroinha). O que eu posso afirmar é que o Levi participou, mas o “Cãozinho”, o Tiago, é só suspeito”, ponderou o delegado do 3º Distrito Policial.

Possível motivação

O coroinha conversava na calçada de casa com a mãe após voltar da missa quando foi atingido por um tiro na cabeça (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O sargento Barbosa da PM esteve em diligências na comunidade Morro do Ouro, no bairro Jacarecanga. Ele revela ter colhido informações de testemunhas que dão conta de que o coroinha tenha sido morto após uma “vistoria” dos criminosos nos celulares de moradores da comunidade.

“Segundo informações de populares, eles estavam colhendo celulares de moradores para verificar algum tipo de informação ou de dados que eles achassem que poderia estar sendo repassado para a polícia. Essa informação não é oficial, mas parece que o adolescente teria alguma coisa no celular que não agradou a eles”, explicou o agente de segurança.

Para o sargento, há também a possibilidade de que a arma apreendida com Tiago seja a mesma utilizada para matar o coroinha. “Provavelmente é a mesma arma, mas só quem pode confirmar é a perícia. O calibre é 38. Pode ser essa arma, sim”, avaliou.

Ainda segundo ele, Tiago seria o líder da facção que atua no Morro do Ouro. Para Barbosa, o homicídio do adolescente de 15 anos está “praticamente elucidado”. “Vamos agora deixar para a polícia e a Justiça fazerem os procedimentos administrativos e processuais para julgar a culpabilidade deles”, afirmou.

Palavras da defesa

Jáder Lima, advogado de defesa de Tiago, esteve no 3º Distrito Policial. Em entrevista ao Sistema Jangadeiro, ele afirmou desconhecer o envolvimento de seu cliente no homicídio do coroinha. “Aqui na delegacia não tem nenhum inquérito aberto sobre isso. Só tomei conhecimento da prisão dele a respeito de um porte de arma de uso permitido”, explicou.

Entenda o caso

As primeiras informações sobre a morte de Ronald Miguel Freitas de Oliveira, de 15 anos, apontavam que o jovem teria sido vitimado por uma bala perdida durante um tiroteio no bairro Jacarecanga. O coroinha conversava na calçada de casa com a mãe após voltar da missa quando foi atingido por um tiro na cabeça, na noite do último domingo (24).

Os vizinhos chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o jovem foi levado à Unidade Pronto Atendimento (UPA) da Barra do Ceará. Em seguida, Ronald foi encaminhado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde veio a óbito.

Confira mais na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta quinta-feira (28).