Após farra de presos ao som de Safadão, governador se reúne com Ministério da Justiça

CRISE CARCERÁRIA

Após farra de presos ao som de Safadão, governador se reúne com Ministério da Justiça

Encontro será realizado após vídeo de festa em presídio de Caucaia, onde detentos aparecem usando drogas

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

16 de junho de 2016 às 12:22

Há 3 anos
Camilo Santana se reunirá nesta quinta-feira (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Camilo Santana se reunirá nesta quinta-feira (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

O governador Camilo Santana (PT) se reunirá, na tarde desta quinta-feira (16), com autoridades do Ministério da Justiça e de órgãos estaduais de Justiça e Segurança para discutir a grave crise no sistema penitenciário do Ceará.

O encontro será realizado após divulgação de vídeos de uma festa em presídio, onde detentos aparecem com celulares e usando drogas, ao som de Wesley Safadão, e da série de rebeliões e fugas registradas nas unidades prisionais do Complexo de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em maio deste ano.

Participarão da reunião os juízes Luís Lanfredi, coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF) do CNJ; Alamiro Velludo, presidente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP); Valdirene Daufemback, diretora-geral interina do Departamento Penitenciário Nacional; a presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Iracema Vale; e o procurador-geral de Justiça do Ceará, Plácido Rios.

Os vídeos tiveram repercussão nacional. Um deles, publicado na fanpage do Tribuna do Ceará, teve mais de 400 mil visualizações. Em uma das imagens, os internos informam que o “Baile de Favela” acontece na Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, localizado no município de Caucaia. No entanto, a Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus) disse não ser possível confirmar que o vídeo foi gravado no Ceará e garantiu que as imagens foram encaminhadas à Coordenadoria de Inteligência para análise.

http://mais.uol.com.br/view/15896355

Visitas às carcerárias

O vice-presidente do Conselho Penitenciário do Estado, Cláudio Justa, não descarta a possibilidade de visitas dos órgãos nacionais de Justiça às carcerárias do Estado. “Certamente, o que motivou a vinda da diretoria do Departamento Nacional foi a situação dos presídios do Ceará. Eu acredito que a diretoria irá até as unidades para ver, in loco, os problemas que permanecem, dos presos soltos”.

Uma semana antes dos conflitos em Itaitinga, que foram agravados pela paralisação dos agentes penitenciários, uma Comissão de membros do Ministério da Justiça e do Conselho Nacional de Políticas Criminais e Penitenciárias visitaram os presídios. O colapso do sistema penitenciário foi constatado pelos representantes do Ministério da Justiça, que alertaram as autoridades do Estado.

Diante disso, o Conselho Nacional de Políticas Criminais e Penitenciárias elabora um relatório com medidas para conter a gravidade da situação. Esse relatório deve ser enviado aos órgãos de Justiça e segurança do Ceará. Cláudio Justa afirma que o relatório está em fase final e que uma nova inspeção do Conselho Penitenciário do Estado deve acontecer na próxima semana.

A Força Nacional de Segurança permanecerá no Ceará por mais 30 dias. O pedido havia foi feito pelo governado Camilo Santana, para restabelecer a ordem nas unidades prisionais.

Publicidade

Dê sua opinião

CRISE CARCERÁRIA

Após farra de presos ao som de Safadão, governador se reúne com Ministério da Justiça

Encontro será realizado após vídeo de festa em presídio de Caucaia, onde detentos aparecem usando drogas

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

16 de junho de 2016 às 12:22

Há 3 anos
Camilo Santana se reunirá nesta quinta-feira (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

Camilo Santana se reunirá nesta quinta-feira (FOTO: Fernanda Moura/Tribuna do Ceará)

O governador Camilo Santana (PT) se reunirá, na tarde desta quinta-feira (16), com autoridades do Ministério da Justiça e de órgãos estaduais de Justiça e Segurança para discutir a grave crise no sistema penitenciário do Ceará.

O encontro será realizado após divulgação de vídeos de uma festa em presídio, onde detentos aparecem com celulares e usando drogas, ao som de Wesley Safadão, e da série de rebeliões e fugas registradas nas unidades prisionais do Complexo de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em maio deste ano.

Participarão da reunião os juízes Luís Lanfredi, coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF) do CNJ; Alamiro Velludo, presidente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP); Valdirene Daufemback, diretora-geral interina do Departamento Penitenciário Nacional; a presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Iracema Vale; e o procurador-geral de Justiça do Ceará, Plácido Rios.

Os vídeos tiveram repercussão nacional. Um deles, publicado na fanpage do Tribuna do Ceará, teve mais de 400 mil visualizações. Em uma das imagens, os internos informam que o “Baile de Favela” acontece na Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, localizado no município de Caucaia. No entanto, a Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus) disse não ser possível confirmar que o vídeo foi gravado no Ceará e garantiu que as imagens foram encaminhadas à Coordenadoria de Inteligência para análise.

http://mais.uol.com.br/view/15896355

Visitas às carcerárias

O vice-presidente do Conselho Penitenciário do Estado, Cláudio Justa, não descarta a possibilidade de visitas dos órgãos nacionais de Justiça às carcerárias do Estado. “Certamente, o que motivou a vinda da diretoria do Departamento Nacional foi a situação dos presídios do Ceará. Eu acredito que a diretoria irá até as unidades para ver, in loco, os problemas que permanecem, dos presos soltos”.

Uma semana antes dos conflitos em Itaitinga, que foram agravados pela paralisação dos agentes penitenciários, uma Comissão de membros do Ministério da Justiça e do Conselho Nacional de Políticas Criminais e Penitenciárias visitaram os presídios. O colapso do sistema penitenciário foi constatado pelos representantes do Ministério da Justiça, que alertaram as autoridades do Estado.

Diante disso, o Conselho Nacional de Políticas Criminais e Penitenciárias elabora um relatório com medidas para conter a gravidade da situação. Esse relatório deve ser enviado aos órgãos de Justiça e segurança do Ceará. Cláudio Justa afirma que o relatório está em fase final e que uma nova inspeção do Conselho Penitenciário do Estado deve acontecer na próxima semana.

A Força Nacional de Segurança permanecerá no Ceará por mais 30 dias. O pedido havia foi feito pelo governado Camilo Santana, para restabelecer a ordem nas unidades prisionais.