Aposentada é morta a pauladas pelo amante da cuidadora em Caucaia

CONFIANÇA QUEBRADA

Aposentada é morta a pauladas pelo amante da cuidadora em Caucaia

Prestando serviços para Nísia e seu marido há dois anos, ela tinha acesso privilegiado a senhas e documentos dos patrões

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

27 de janeiro de 2020 às 09:26

Há 6 meses

Idosos decidiram morar longe familiares e contavam com cuidadora para fazer tudo (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

A confiança era parte central da relação entre Nísia Teixeira Freitas, de 83 anos, e sua cuidadora, Bismel dos Santos, de 52 anos. No entanto, a funcionária é acusada de participar da morte da aposentada. Nísia foi morta com golpes de madeira dentro da própria casa, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. O suspeito pelo crime é o amante da cuidadora, Carlos André Sampaio, de 31 anos.

Além dele e da funcionária, outras três pessoas estão envolvidas na ação. O homem fugiu do local do crime a bordo do carro da vítima na última sexta-feira (24). Após denúncias de vizinhos, a polícia iniciou uma perseguição, que só chegou ao fim em Fortaleza. Depois de preso, Carlos confessou os crimes, confirmou a participação da cuidadora e disse que o veículo roubado serviria como pagamento de uma dívida com drogas.

Bismel também foi presa. Prestando serviços para Nísia e seu marido há dois anos, ela tinha acesso privilegiado a senhas e documentos dos patrões. “A família dos idosos mora um pouco distante, então, ela se aproveitou da inocência deles para roubá-los. Esse casal depositou toda a confiança de suas vidas nas mãos dessa cuidadora, mas acabaram recebendo isso em retribuição”, avalia o tenente Filho.

De acordo com o policial militar, os agentes de segurança chegaram a pensar que Nísia estivesse dentro do carro. “Orientamos aos agentes que não efetuassem disparos para não atingir inocentes. A perseguição terminou em Fortaleza, onde ele bateu em um carro e uma moto”, afirma. O suspeito tem passagens pela polícia por assalto, receptação e uso de documento falso.

Agora, a Delegacia Metropolitana de Caucaia realiza buscas para capturar os outros três envolvidos. “Com certeza, o delegado saberá fazer os procedimentos cabíveis para que esse casal possa responder pelo crime covarde, bárbaro, contra um casal de idosos, sem defesa”, torce o tenente Filho.

Confira mais detalhes na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta segunda-feira (27).

Publicidade

Dê sua opinião

CONFIANÇA QUEBRADA

Aposentada é morta a pauladas pelo amante da cuidadora em Caucaia

Prestando serviços para Nísia e seu marido há dois anos, ela tinha acesso privilegiado a senhas e documentos dos patrões

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

27 de janeiro de 2020 às 09:26

Há 6 meses

Idosos decidiram morar longe familiares e contavam com cuidadora para fazer tudo (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

A confiança era parte central da relação entre Nísia Teixeira Freitas, de 83 anos, e sua cuidadora, Bismel dos Santos, de 52 anos. No entanto, a funcionária é acusada de participar da morte da aposentada. Nísia foi morta com golpes de madeira dentro da própria casa, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. O suspeito pelo crime é o amante da cuidadora, Carlos André Sampaio, de 31 anos.

Além dele e da funcionária, outras três pessoas estão envolvidas na ação. O homem fugiu do local do crime a bordo do carro da vítima na última sexta-feira (24). Após denúncias de vizinhos, a polícia iniciou uma perseguição, que só chegou ao fim em Fortaleza. Depois de preso, Carlos confessou os crimes, confirmou a participação da cuidadora e disse que o veículo roubado serviria como pagamento de uma dívida com drogas.

Bismel também foi presa. Prestando serviços para Nísia e seu marido há dois anos, ela tinha acesso privilegiado a senhas e documentos dos patrões. “A família dos idosos mora um pouco distante, então, ela se aproveitou da inocência deles para roubá-los. Esse casal depositou toda a confiança de suas vidas nas mãos dessa cuidadora, mas acabaram recebendo isso em retribuição”, avalia o tenente Filho.

De acordo com o policial militar, os agentes de segurança chegaram a pensar que Nísia estivesse dentro do carro. “Orientamos aos agentes que não efetuassem disparos para não atingir inocentes. A perseguição terminou em Fortaleza, onde ele bateu em um carro e uma moto”, afirma. O suspeito tem passagens pela polícia por assalto, receptação e uso de documento falso.

Agora, a Delegacia Metropolitana de Caucaia realiza buscas para capturar os outros três envolvidos. “Com certeza, o delegado saberá fazer os procedimentos cabíveis para que esse casal possa responder pelo crime covarde, bárbaro, contra um casal de idosos, sem defesa”, torce o tenente Filho.

Confira mais detalhes na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta segunda-feira (27).