Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

VEÍCULOS INCENDIADOS

Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

Transporte coletivo, veículos da Enel e Cagece, carros particulares e caminhões foram incendiados nas ações, que iniciaram na última sexta-feira (20)

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

23 de setembro de 2019 às 19:59

Há 6 meses
Topique incendiada no Jangurussu

Topique incendiada no Jangurussu (FOTO: Reprodução Wsapp)

Em quatro dias – de sexta-feira (20) até às 19h45 desta segunda-feira (23) – 17 ataques foram registrados em Fortaleza e interior do Ceará. Nos quatro dias, Fortaleza é onde concentra a maior ocorrência de ataques, com 13 até o momento. Só nesta segunda-feira foram incendiados quatro ônibus, nos bairros Ancuri, Aracapé, José Walter e Canindezinho, e um microônibus no Jangurussu, em Fortaleza.

Em nota, o Sindiônibus informou que devido às ocorrências criminosas ao sistema de transporte coletivo nesta segunda-feira, a frota de ônibus da Capital e Regiāo Metropolitana será reduzida e estará operando com escolta da Polícia Militar.

Ainda nesta segunda, dois veículos da Enel foram incendiados nos bairros Conjunto Palmeiras e Conjunto Esperança, um veículo da Cagece no Parque Santa Rosa e um carro de manutenção de internet incendiado no Planalto Airton Senna, em Fortaleza.

A Enel confirmou os ataques e informou que houve também um ataque em um veículo da empresa em Quixadá. Nenhum funcionário da empresa ficou ferido.

Por meio de nota, A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) também confirmou a ocorrência de ataque no veículo que presta serviço à empresa e informou que não houve ferido. “A companhia informa ainda que não há interrupção na operação dos sistemas de abastecimento de água e coleta de esgoto na capital”.

Ataques do fim de semana

Os ataques começaram no fim de semana, na sexta-feira (20), com um caminhão roubado em Quixadá e parcialmente incendiado em Quixeramobim. No sábado, foi registrado o incêndio de um caminhão na Cidade 2000. A partir da madrugada de domingo, houve mais seis ataques durante o dia.

Dois caminhões foram atacados no Km 14 da BR-116, em Messejana. Outro caminhão carregado com papel higiênico, também estacionado, foi incendiado em Maracanaú, na Região Metropolitana. Dois carros foram incendiados, nos bairros Vicente Pinzón e no Caça e Pesca.

Também no domingo, um veículo da Enel foi incendiado em Quixadá, cidade onde bandidos também tentaram atacar um posto de combustíveis.

Ônibus incendiados

Dentre os ataques desta segunda, no Ancuri, um ônibus da linha Alameda das Palmeiras/Messejana foi abordado por pelo menos três homens, que obrigaram motorista e passageiros a descerem e atearam fogo no veículo, que rapidamente foi destruído.

Já no Aracapé, um ônibus da linha Aracapé/Parangaba foi atacado por volta do meio-dia. Pelo menos dois bandidos invadiram o veículo e obrigaram o motorista a mudar a rota do ônibus e levá-lo até um campo de futebol, uma área afastada. No local, uma terceira pessoa já estaria esperando com combustível para atear fogo no veículo.

Os outros ônibus incendiados foram nos bairros José Walter e Canindezinho e um microônibus foi atacado no bairro Jangurussu.

Pessoas presas

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), até o momento, sete suspeitos foram presas e outros cinco identificados por envolvimento nos ataques criminosos no último fim de semana e nesta segunda-feira.

Quatro pessoas (3 adultos e 1 adolescente) foram presas pelo ataque de sábado. A polícia apreendeu um carro clonado e um galão de gasolina que estavam com o grupo.

Mais três homens foram presos por suspeita de envolvimento no ataque ao ônibus no conjunto habitacional Alameda das Palmeiras, no bairro Ancuri. Com eles, a Polícia apreendeu um celular com vídeo do ônibus incendiado e que eles diziam “que o salve foi realizado”.

“Regalias no presídio é zero”

O governador do Ceará, Camilo Santana, utilizou, nesta segunda-feira, uma rede social para se manifestar sobre os ataques ocorridos no Ceará. Segundo ele, os ataques são uma reação às medidas de enfrentamento ao crime.

Camilo disse que serão reforçadas as equipes de segurança nas ruas e que o governo será cada vez mais rigoroso com quem desrespeitar a lei e “a possibilidade de regalias no presídio é zero”.

Ataques do primeiro semestre

2019 começou com uma onda de ataques criminosos orquestrados por facções criminosas por todo o Ceará. Entre os dias 2 de janeiro e 4 de fevereiro, o Sistema Jangadeiro contabilizou 283 ataques em 56 dos 184 municípios do estado, sendo 134 em Fortaleza, a cidade que concentrou a maior parte das ações criminosas. A onda de ataques motivou a chegada da Força Nacional, que reforçou a operação de segurança.

BALANÇO DOS ATAQUES NO CEARÁ

(Dados até 19h45 de 23/9)

Ataques por município:
1 – Fortaleza – 13
2 – Quixadá – 2
3 – Quixeramobim – 1 (caminhão roubado em Quixadá)
4 – Maracanaú – 1
TOTAL: 17

Ataques confirmados:
20 DE SETEMBRO
1 – Caminhão roubado em Quixadá e parcialmente incendiado em Quixeramobim

21 DE SETEMBRO
2 – Caminhão é incendiado no bairro Cidade 2000, em Fortaleza.

22 DE SETEMBRO
3 – Dois caminhões estacionados são incendiados no km 14 da BR-116, no bairro Messejana, em Fortaleza.
4 – Três bandidos tentam incendiar bomba de gasolina em posto de combustíveis no bairro São João, em Quixadá.
5 – Caminhão carregado com papel higiênico, estacionado no Distrito Industrial I, em Maracanaú, é incendiado por bandidos. O motorista, que dormia no veículo, é salvo por gritos de vigilantes.
6 – Carro é incendiado no bairro Vicente Pinzón, em Fortaleza.
7 – Carro é incendiado no bairro Caça e Pesca, em Fortaleza.
8 – Veículo da Enel é incendiado em Quixadá.

23 DE SETEMBRO
9 – Ônibus é incendiado no conjunto habitacional Alameda das Palmeiras, no bairro Ancuri, em Fortaleza.
10 – Ônibus é incendiado no bairro Aracapé, em Fortaleza.
11 – Veículo da Enel é incendiado no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza.
12 – Veículo da Enel é incendiado no bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza.
13 – Ônibus é incendiado no bairro José Walter, em Fortaleza.
14 – Ônibus é incendiado no bairro Canindezinho, em Fortaleza.
15 – Carro da Cagece incendiado no Parque Santa Rosa, em Fortaleza.
16 – Carro manutenção de internet incendiado no Planalto Airton Senna, em Fortaleza.
17 – Microônibus (topique) incendiado no Sítio São João, em Fortaleza.

Equipamentos atacados:
Caminhões – 5
Veículo da Enel – 3
Veículo da Cagece – 1
Ônibus – 4
Vans – 1
Carros particulares 3
Posto de combustíveis – 1

FONTE: Sistema Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

VEÍCULOS INCENDIADOS

Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

Transporte coletivo, veículos da Enel e Cagece, carros particulares e caminhões foram incendiados nas ações, que iniciaram na última sexta-feira (20)

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

23 de setembro de 2019 às 19:59

Há 6 meses
Topique incendiada no Jangurussu

Topique incendiada no Jangurussu (FOTO: Reprodução Wsapp)

Em quatro dias – de sexta-feira (20) até às 19h45 desta segunda-feira (23) – 17 ataques foram registrados em Fortaleza e interior do Ceará. Nos quatro dias, Fortaleza é onde concentra a maior ocorrência de ataques, com 13 até o momento. Só nesta segunda-feira foram incendiados quatro ônibus, nos bairros Ancuri, Aracapé, José Walter e Canindezinho, e um microônibus no Jangurussu, em Fortaleza.

Em nota, o Sindiônibus informou que devido às ocorrências criminosas ao sistema de transporte coletivo nesta segunda-feira, a frota de ônibus da Capital e Regiāo Metropolitana será reduzida e estará operando com escolta da Polícia Militar.

Ainda nesta segunda, dois veículos da Enel foram incendiados nos bairros Conjunto Palmeiras e Conjunto Esperança, um veículo da Cagece no Parque Santa Rosa e um carro de manutenção de internet incendiado no Planalto Airton Senna, em Fortaleza.

A Enel confirmou os ataques e informou que houve também um ataque em um veículo da empresa em Quixadá. Nenhum funcionário da empresa ficou ferido.

Por meio de nota, A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) também confirmou a ocorrência de ataque no veículo que presta serviço à empresa e informou que não houve ferido. “A companhia informa ainda que não há interrupção na operação dos sistemas de abastecimento de água e coleta de esgoto na capital”.

Ataques do fim de semana

Os ataques começaram no fim de semana, na sexta-feira (20), com um caminhão roubado em Quixadá e parcialmente incendiado em Quixeramobim. No sábado, foi registrado o incêndio de um caminhão na Cidade 2000. A partir da madrugada de domingo, houve mais seis ataques durante o dia.

Dois caminhões foram atacados no Km 14 da BR-116, em Messejana. Outro caminhão carregado com papel higiênico, também estacionado, foi incendiado em Maracanaú, na Região Metropolitana. Dois carros foram incendiados, nos bairros Vicente Pinzón e no Caça e Pesca.

Também no domingo, um veículo da Enel foi incendiado em Quixadá, cidade onde bandidos também tentaram atacar um posto de combustíveis.

Ônibus incendiados

Dentre os ataques desta segunda, no Ancuri, um ônibus da linha Alameda das Palmeiras/Messejana foi abordado por pelo menos três homens, que obrigaram motorista e passageiros a descerem e atearam fogo no veículo, que rapidamente foi destruído.

Já no Aracapé, um ônibus da linha Aracapé/Parangaba foi atacado por volta do meio-dia. Pelo menos dois bandidos invadiram o veículo e obrigaram o motorista a mudar a rota do ônibus e levá-lo até um campo de futebol, uma área afastada. No local, uma terceira pessoa já estaria esperando com combustível para atear fogo no veículo.

Os outros ônibus incendiados foram nos bairros José Walter e Canindezinho e um microônibus foi atacado no bairro Jangurussu.

Pessoas presas

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), até o momento, sete suspeitos foram presas e outros cinco identificados por envolvimento nos ataques criminosos no último fim de semana e nesta segunda-feira.

Quatro pessoas (3 adultos e 1 adolescente) foram presas pelo ataque de sábado. A polícia apreendeu um carro clonado e um galão de gasolina que estavam com o grupo.

Mais três homens foram presos por suspeita de envolvimento no ataque ao ônibus no conjunto habitacional Alameda das Palmeiras, no bairro Ancuri. Com eles, a Polícia apreendeu um celular com vídeo do ônibus incendiado e que eles diziam “que o salve foi realizado”.

“Regalias no presídio é zero”

O governador do Ceará, Camilo Santana, utilizou, nesta segunda-feira, uma rede social para se manifestar sobre os ataques ocorridos no Ceará. Segundo ele, os ataques são uma reação às medidas de enfrentamento ao crime.

Camilo disse que serão reforçadas as equipes de segurança nas ruas e que o governo será cada vez mais rigoroso com quem desrespeitar a lei e “a possibilidade de regalias no presídio é zero”.

Ataques do primeiro semestre

2019 começou com uma onda de ataques criminosos orquestrados por facções criminosas por todo o Ceará. Entre os dias 2 de janeiro e 4 de fevereiro, o Sistema Jangadeiro contabilizou 283 ataques em 56 dos 184 municípios do estado, sendo 134 em Fortaleza, a cidade que concentrou a maior parte das ações criminosas. A onda de ataques motivou a chegada da Força Nacional, que reforçou a operação de segurança.

BALANÇO DOS ATAQUES NO CEARÁ

(Dados até 19h45 de 23/9)

Ataques por município:
1 – Fortaleza – 13
2 – Quixadá – 2
3 – Quixeramobim – 1 (caminhão roubado em Quixadá)
4 – Maracanaú – 1
TOTAL: 17

Ataques confirmados:
20 DE SETEMBRO
1 – Caminhão roubado em Quixadá e parcialmente incendiado em Quixeramobim

21 DE SETEMBRO
2 – Caminhão é incendiado no bairro Cidade 2000, em Fortaleza.

22 DE SETEMBRO
3 – Dois caminhões estacionados são incendiados no km 14 da BR-116, no bairro Messejana, em Fortaleza.
4 – Três bandidos tentam incendiar bomba de gasolina em posto de combustíveis no bairro São João, em Quixadá.
5 – Caminhão carregado com papel higiênico, estacionado no Distrito Industrial I, em Maracanaú, é incendiado por bandidos. O motorista, que dormia no veículo, é salvo por gritos de vigilantes.
6 – Carro é incendiado no bairro Vicente Pinzón, em Fortaleza.
7 – Carro é incendiado no bairro Caça e Pesca, em Fortaleza.
8 – Veículo da Enel é incendiado em Quixadá.

23 DE SETEMBRO
9 – Ônibus é incendiado no conjunto habitacional Alameda das Palmeiras, no bairro Ancuri, em Fortaleza.
10 – Ônibus é incendiado no bairro Aracapé, em Fortaleza.
11 – Veículo da Enel é incendiado no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza.
12 – Veículo da Enel é incendiado no bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza.
13 – Ônibus é incendiado no bairro José Walter, em Fortaleza.
14 – Ônibus é incendiado no bairro Canindezinho, em Fortaleza.
15 – Carro da Cagece incendiado no Parque Santa Rosa, em Fortaleza.
16 – Carro manutenção de internet incendiado no Planalto Airton Senna, em Fortaleza.
17 – Microônibus (topique) incendiado no Sítio São João, em Fortaleza.

Equipamentos atacados:
Caminhões – 5
Veículo da Enel – 3
Veículo da Cagece – 1
Ônibus – 4
Vans – 1
Carros particulares 3
Posto de combustíveis – 1

FONTE: Sistema Jangadeiro.