Creche é roubada pela 3ª vez em 2019 e nem lanches de crianças são poupados

COMUNIDADE REVOLTADA

Creche na Serrinha é roubada pela 3ª vez em 2019 e nem lanches das crianças são poupados

Funcionário afirma que, em 2019, este já é o terceiro assalto ao Centro de Educação Infantil Marcos Valentim Pereira de Sousa. Secretaria de Educação afirma ter reposto alimentos roubados

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

20 de novembro de 2019 às 11:13

Há 3 semanas

A Secretaria Municipal da Educação afirma que as crianças não ficaram sem alimentação, já que houve reposição (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Nem os lanches dos alunos foram poupados durante o roubo a uma creche localizada no bairro Serrinha, em Fortaleza, na madrugada de segunda-feira (18). Um dos colaboradores do Centro de Educação Infantil Marcos Valentim Pereira de Sousa afirma que esta já é a terceira ocorrência do tipo em 2019. Ao Sistema Jangadeiro, pais e funcionários da instituição de ensino relataram medo e revolta com o caso.

Uma mãe, que preferiu não ser identificada, revela que se sente impotente diante da situação. “A gente fica sem saber o que fazer. Minha filha já chegou em casa falando que não tinha comido, por causa de um desses assaltos”, recorda a mulher, em tom de preocupação.

Outra mãe ouvida pela reportagem acredita que a solução para o problema é “colocar um vigia”. “A culpa é da direção, que não bota esse vigia. A diretora abafa o caso”, acusa a moradora da Serrinha.

Tirando da boca

Procurada pelo Sistema Jangadeiro, a direção da escola afirmou que não poderia dar entrevistas. Já o funcionário Israel Frota, que está de licença, conta que, nas primeiras ocorrências, os criminosos levaram microondas, liquidificadores, cadeiras, panelas e arrombaram armários. Segundo ele, o roubo dos lanches não é novidade e traz prejuízos à comunidade.

“Essa comunidade é muito carente. Oferecemos dois lanches, almoço da tarde, janta. Pra comunidade, não tem coisa melhor. É por isso que eu peço, que se alguém souber de algo, denuncie, porque os criminosos estão tirando o lanche da boca das nossas crianças“, pondera.

Respostas

Em nota, a Secretaria Municipal da Educação (SME) informa que a coordenação da creche já registrou boletim de ocorrência. O comunicado ressalta que o equipamento funciona normalmente nesta semana. Segundo o órgão, as crianças não ficaram sem alimentação, já que houve reposição do conteúdo roubado.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informou, em nota, que investiga o furto cometido. “Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado, na segunda-feira (18), no 16° Distrito Policial (DP), e foi transferido para o 25° DP, unidade responsável pela região onde ocorreu o crime. Conforme noticiado à delegacia distrital, o fato ocorreu na madrugada de segunda-feira, quando os armários da instituição foram arrombados e alimentos foram furtados”.

Publicidade

Dê sua opinião

COMUNIDADE REVOLTADA

Creche na Serrinha é roubada pela 3ª vez em 2019 e nem lanches das crianças são poupados

Funcionário afirma que, em 2019, este já é o terceiro assalto ao Centro de Educação Infantil Marcos Valentim Pereira de Sousa. Secretaria de Educação afirma ter reposto alimentos roubados

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

20 de novembro de 2019 às 11:13

Há 3 semanas

A Secretaria Municipal da Educação afirma que as crianças não ficaram sem alimentação, já que houve reposição (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Nem os lanches dos alunos foram poupados durante o roubo a uma creche localizada no bairro Serrinha, em Fortaleza, na madrugada de segunda-feira (18). Um dos colaboradores do Centro de Educação Infantil Marcos Valentim Pereira de Sousa afirma que esta já é a terceira ocorrência do tipo em 2019. Ao Sistema Jangadeiro, pais e funcionários da instituição de ensino relataram medo e revolta com o caso.

Uma mãe, que preferiu não ser identificada, revela que se sente impotente diante da situação. “A gente fica sem saber o que fazer. Minha filha já chegou em casa falando que não tinha comido, por causa de um desses assaltos”, recorda a mulher, em tom de preocupação.

Outra mãe ouvida pela reportagem acredita que a solução para o problema é “colocar um vigia”. “A culpa é da direção, que não bota esse vigia. A diretora abafa o caso”, acusa a moradora da Serrinha.

Tirando da boca

Procurada pelo Sistema Jangadeiro, a direção da escola afirmou que não poderia dar entrevistas. Já o funcionário Israel Frota, que está de licença, conta que, nas primeiras ocorrências, os criminosos levaram microondas, liquidificadores, cadeiras, panelas e arrombaram armários. Segundo ele, o roubo dos lanches não é novidade e traz prejuízos à comunidade.

“Essa comunidade é muito carente. Oferecemos dois lanches, almoço da tarde, janta. Pra comunidade, não tem coisa melhor. É por isso que eu peço, que se alguém souber de algo, denuncie, porque os criminosos estão tirando o lanche da boca das nossas crianças“, pondera.

Respostas

Em nota, a Secretaria Municipal da Educação (SME) informa que a coordenação da creche já registrou boletim de ocorrência. O comunicado ressalta que o equipamento funciona normalmente nesta semana. Segundo o órgão, as crianças não ficaram sem alimentação, já que houve reposição do conteúdo roubado.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informou, em nota, que investiga o furto cometido. “Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado, na segunda-feira (18), no 16° Distrito Policial (DP), e foi transferido para o 25° DP, unidade responsável pela região onde ocorreu o crime. Conforme noticiado à delegacia distrital, o fato ocorreu na madrugada de segunda-feira, quando os armários da instituição foram arrombados e alimentos foram furtados”.