Governo transfere mais de 500 detentos de facção criminosa ligada a ataques no Ceará

EM MENOS DE UMA SEMANA

Governo transfere mais de 500 detentos de facção criminosa ligada a ataques no Ceará

No início da semana, foram transferidos 257 presos. Entre esta quarta-feira (25) e até o fim do dia desta quinta-feira (26), foram 250

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de setembro de 2019 às 17:33

Há 6 meses
Segundo o secretário Mauro Albuquerque, a medida ter por objetivo isolar os diferentes tipos de líderes do grupo criminoso responsável por novos ataques (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Segundo Mauro Albuquerque, a medida busca isolar os diferentes tipos de líderes do grupo criminoso responsável por novos ataques (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Em menos de uma semana, 507 detentos do sistema penitenciário do Ceará foram transferidos. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), todos esses presos têm alguma ligação ao grupo criminoso responsável pela nova onda de ataques.

Entre esta quarta-feira (25) e a quinta-feira (26), 150 presos foram transferidos. Só nesta quinta-feira, até o final do dia, serão mais 100. No início da semana, a SAP já havia feito a transferência de 257 internos.

De acordo com o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, a nova medida tem por objetivo isolar os diferentes tipos de líderes do grupo criminoso responsável pela nova onda de ataques e evitar a comunicação entre as ruas e o sistema prisional.

“De ontem para hoje foram 150 presos. Hoje devemos movimentar mais 100 detentos do interior que estão diretamente ligados ao grupo que tem enfrentado o Estado. É o trabalho de inteligência intensificado e posto em prática”, declara.

Além do trabalho de inteligência, as outras coordenadorias da SAP intensificaram os trabalhos de qualificação, educação e trabalho dentro das penitenciárias para os que desejam cumprir sua pena de forma legal e voltar ressocializado ao convívio social. Mauro ressalta sobre o trabalho da Secretaria junto aos internos, que diariamente se dedicam aos estudos e trabalho.

“Estamos com 2.600 presos em salas de aulas em todas as nossas unidades, e os cursos de capacitação estão em andamento na normalidade. Apenas no Encceja, temos mais de 4 mil presos em aulões preparatórios para as provas de outubro. Isso demonstra que a grande maioria dos presos estão aproveitando suas oportunidades de ressocialização e buscando a melhor forma de retornar ao convívio à sociedade.

Segundo o secretário, o interesse por ressocialização dentro do sistema prisional incomoda líderes de grupos criminosos. “Essas ações maciças incomodam aqueles que ganhavam dinheiro ilegal e escravizavam esses internos”, conclui.

Nesta semana, as unidades prisionais do Estado desenvolvem cursos de pintura de obras, instalações hidráulicas, eletricista predial, corte e costura e marcenaria. Além disso, as unidades também realizam os últimos aulões preparatórios para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Enceja) que ocorre nos dias 8 e 9 de outubro.

O secretário Mauro Albuquerque também ressalta que o núcleo de monitoramento da SAP recebeu reforços de equipes, diuturnamente, para acompanhar e fazer aproximação real a todas as pessoas monitoradas do Estado que cometam qualquer tipo de violação detectada nos perímetros e outros parâmetros legais estabelecidos no Sistema de Monitoramento.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

26/9 – Explosões em posto de saúde e base do Samu marcam madrugada do 7º dia de ataques no Ceará 

26/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

26/9 – Ceará chega ao 7º dia de ataques criminosos, com incêndios a veículos e prédios públicos

25/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

25/9 – Ônibus vão circular com 100% da frota nesta quinta, garante Sindiônibus

25/9 – Prejuízo de ataques a ônibus no início do ano ainda não foi reparado, diz Sindiônibus

25/9 – “Sem mudança de atitude do Governo, situação vai piorar”, diz presidente do Copen

25/9 – Onda de incêndios criminosos de setembro desta vez tem deixado feridos; Já foram 4

25/9 – Mais de 50 pessoas já foram presas por envolvimento em ataques, diz secretário de Segurança

25/9 – Ceará chega ao 6º dia de ataques, com mais incêndios a ônibus e caminhões

25/9 – Nova onda de ataques no Ceará: Veja o número atualizado de ações criminosas

25/9 – Ônibus é incendiado na rodoviária de Várzea Alegre no 6º dia de ataques criminosos

24/9 – Ataques são um ato de desespero dos criminosos, avalia especialista em Segurança Pública

24/9 – Advogado é preso tentando entrar na CPPL com bilhetes de facções criminosas

24/9 – “O Estado não conseguiu desarticular o crime organizado”, avalia presidente do Copen

24/9 – Governo transfere 257 presos de facção criminosa responsável por ataques no Ceará

24/9 – 6 carros são destruídos em ataque a concessionária da Av. Santos Dumont

24/9 – 4 primeiros dias de ataques de setembro representam 21% das ocorrências de janeiro

24/9 – Micro-ônibus é incendiado por bandidos com motorista dentro; Funcionário escapa por pouco

24/9 – Frota de ônibus opera com 70% da capacidade em Fortaleza no 5º dia de ataques

24/9 – Nova onda de ataques no Ceará chega ao 5º dia, com mais incêndios criminosos

23/9 – Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

23/9 – Polícia prende 7 suspeitos de ataques e outros 5 são identificados

23/9 – “Clara reação dos bandidos ao forte enfrentamento ao crime organizado”, diz Camilo Santana sobre ataques

23/9 – Ceará chega ao 4° dia de ataques, com mais veículos incendiados em Fortaleza

23/9 – Motorista que teve caminhão incendiado por bandidos foi salvo por vigilantes que gritaram “fogo”

23/9 – Bandidos fazem 4 ataques criminosos a veículos e posto de combustíveis no fim de semana

Publicidade

Dê sua opinião

EM MENOS DE UMA SEMANA

Governo transfere mais de 500 detentos de facção criminosa ligada a ataques no Ceará

No início da semana, foram transferidos 257 presos. Entre esta quarta-feira (25) e até o fim do dia desta quinta-feira (26), foram 250

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de setembro de 2019 às 17:33

Há 6 meses
Segundo o secretário Mauro Albuquerque, a medida ter por objetivo isolar os diferentes tipos de líderes do grupo criminoso responsável por novos ataques (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Segundo Mauro Albuquerque, a medida busca isolar os diferentes tipos de líderes do grupo criminoso responsável por novos ataques (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Em menos de uma semana, 507 detentos do sistema penitenciário do Ceará foram transferidos. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), todos esses presos têm alguma ligação ao grupo criminoso responsável pela nova onda de ataques.

Entre esta quarta-feira (25) e a quinta-feira (26), 150 presos foram transferidos. Só nesta quinta-feira, até o final do dia, serão mais 100. No início da semana, a SAP já havia feito a transferência de 257 internos.

De acordo com o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, a nova medida tem por objetivo isolar os diferentes tipos de líderes do grupo criminoso responsável pela nova onda de ataques e evitar a comunicação entre as ruas e o sistema prisional.

“De ontem para hoje foram 150 presos. Hoje devemos movimentar mais 100 detentos do interior que estão diretamente ligados ao grupo que tem enfrentado o Estado. É o trabalho de inteligência intensificado e posto em prática”, declara.

Além do trabalho de inteligência, as outras coordenadorias da SAP intensificaram os trabalhos de qualificação, educação e trabalho dentro das penitenciárias para os que desejam cumprir sua pena de forma legal e voltar ressocializado ao convívio social. Mauro ressalta sobre o trabalho da Secretaria junto aos internos, que diariamente se dedicam aos estudos e trabalho.

“Estamos com 2.600 presos em salas de aulas em todas as nossas unidades, e os cursos de capacitação estão em andamento na normalidade. Apenas no Encceja, temos mais de 4 mil presos em aulões preparatórios para as provas de outubro. Isso demonstra que a grande maioria dos presos estão aproveitando suas oportunidades de ressocialização e buscando a melhor forma de retornar ao convívio à sociedade.

Segundo o secretário, o interesse por ressocialização dentro do sistema prisional incomoda líderes de grupos criminosos. “Essas ações maciças incomodam aqueles que ganhavam dinheiro ilegal e escravizavam esses internos”, conclui.

Nesta semana, as unidades prisionais do Estado desenvolvem cursos de pintura de obras, instalações hidráulicas, eletricista predial, corte e costura e marcenaria. Além disso, as unidades também realizam os últimos aulões preparatórios para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Enceja) que ocorre nos dias 8 e 9 de outubro.

O secretário Mauro Albuquerque também ressalta que o núcleo de monitoramento da SAP recebeu reforços de equipes, diuturnamente, para acompanhar e fazer aproximação real a todas as pessoas monitoradas do Estado que cometam qualquer tipo de violação detectada nos perímetros e outros parâmetros legais estabelecidos no Sistema de Monitoramento.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

26/9 – Explosões em posto de saúde e base do Samu marcam madrugada do 7º dia de ataques no Ceará 

26/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

26/9 – Ceará chega ao 7º dia de ataques criminosos, com incêndios a veículos e prédios públicos

25/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

25/9 – Ônibus vão circular com 100% da frota nesta quinta, garante Sindiônibus

25/9 – Prejuízo de ataques a ônibus no início do ano ainda não foi reparado, diz Sindiônibus

25/9 – “Sem mudança de atitude do Governo, situação vai piorar”, diz presidente do Copen

25/9 – Onda de incêndios criminosos de setembro desta vez tem deixado feridos; Já foram 4

25/9 – Mais de 50 pessoas já foram presas por envolvimento em ataques, diz secretário de Segurança

25/9 – Ceará chega ao 6º dia de ataques, com mais incêndios a ônibus e caminhões

25/9 – Nova onda de ataques no Ceará: Veja o número atualizado de ações criminosas

25/9 – Ônibus é incendiado na rodoviária de Várzea Alegre no 6º dia de ataques criminosos

24/9 – Ataques são um ato de desespero dos criminosos, avalia especialista em Segurança Pública

24/9 – Advogado é preso tentando entrar na CPPL com bilhetes de facções criminosas

24/9 – “O Estado não conseguiu desarticular o crime organizado”, avalia presidente do Copen

24/9 – Governo transfere 257 presos de facção criminosa responsável por ataques no Ceará

24/9 – 6 carros são destruídos em ataque a concessionária da Av. Santos Dumont

24/9 – 4 primeiros dias de ataques de setembro representam 21% das ocorrências de janeiro

24/9 – Micro-ônibus é incendiado por bandidos com motorista dentro; Funcionário escapa por pouco

24/9 – Frota de ônibus opera com 70% da capacidade em Fortaleza no 5º dia de ataques

24/9 – Nova onda de ataques no Ceará chega ao 5º dia, com mais incêndios criminosos

23/9 – Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

23/9 – Polícia prende 7 suspeitos de ataques e outros 5 são identificados

23/9 – “Clara reação dos bandidos ao forte enfrentamento ao crime organizado”, diz Camilo Santana sobre ataques

23/9 – Ceará chega ao 4° dia de ataques, com mais veículos incendiados em Fortaleza

23/9 – Motorista que teve caminhão incendiado por bandidos foi salvo por vigilantes que gritaram “fogo”

23/9 – Bandidos fazem 4 ataques criminosos a veículos e posto de combustíveis no fim de semana