Jovem que efetuou 15 tiros em execução é preso e confessa crime em vídeo


Jovem que efetuou 15 tiros em homicídio é apreendido e confessa crime em vídeo

Após ser encaminhado à delegacia, o adolescente confessou o crime, em vídeo gravado pela polícia. Ele revela ter participado da execução e disparado 15 tiros

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

10 de abril de 2015 às 13:10

Há 5 anos
A prisão ocorreu no município de Jaguaruana, a 173 quilômetros da capital (FOTO: Reprodução)

A prisão ocorreu no município de Jaguaruana, a 173 quilômetros da capital (FOTO: Reprodução)

Um adolescente de 17 anos foi apreendido, na manhã desta sexta-feira (10), suspeito de participar da execução de um jovem, no Bairro Ancuri, em Fortaleza. O crime teve grande repercussão nas redes sociais, após ser filmado e divulgado na internet.

Segundo o policial militar Alexandre da Silva, o jovem foi encontrado em cumprimento de mandado de busca e apreensão, no Bairro Lagoa, no município de Jaguaruana, a 173 quilômetros da capital. “Entramos em uma casa, e ele tentou se evadir. Logo depois, foi reconhecido como um dos suspeitos do crime que chocou a população”, disse ao Tribuna do Ceará.

Após ser encaminhado à Delegacia de Jaguaruana, o adolescente confessou o crime, em vídeo gravado pela polícia. Ele revela ter participado da execução e disparado 15 tiros contra Fábio Rodrigues, que não teve chance de defesa. Nas imagens do crime, o adolescente aparece atirando contra a vítima, junto a outras três pessoas. O jovem será levado para Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), em Fortaleza.

Assista às imagens:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15436636″]

Em 5 de março, a polícia prendeu outro suspeito do caso: Matheus Rodrigues da Rocha, de 20 anos. Na semana anterior, foi preso Jorge Maciel de Sousa, que estava escondido na casa da irmã, no município de Ibaretama, a 134 quilômetros de Fortaleza. A polícia agora procura Ariadna Lima Cordeiro, conhecida como ‘Nobinha’, que teria gravado o vídeo e incentivado a execução. O quarteto se autodenomina “Comando de Santa Fé”, sendo suspeito de participar de outro homicídio no domingo de Carnaval.

Execução gravada

O vídeo que mostra a execução de Fábio Rodrigues, ocorrida em 17 de fevereiro, no Carnaval, teve grande repercussão na internet. Nas imagens, dois homens estão sentados na calçada, quando um grupo armado se aproxima a pé e efetua os disparos. O jovem – que aparece de bermuda, boné e sem camisa – é atingido por, pelo menos, 20 tiros.

Nas imagens, o que chama a atenção é a frieza dos assassinos. Uma mulher, que aparentemente filma toda a ação, incentiva a execução. “Vai, dá na cara. Descarrega”, diz. Ao final do vídeo, ela lamenta: “Ai, eu não vou dar o meu (tiro) não, é?”. Durante o vídeo, é possível ver um dos assassinos com fogos de artifício na mão, que seriam usados para confirmar a morte ocorrida em razão do tráfico de drogas na região.

Dias depois, uma versão maior da gravação do assassinato foi divulgada. No segundo vídeo, Ariadna chega em uma moto, na companhia dos outros assassinos, e estaciona próximo ao local do crime. Um homem passa pelos criminosos e, ao demonstrar medo, Ariadna exclama em tom de brincadeira: “É só fogos, população”.

Veja o vídeo abaixo (ATENÇÃO, CENAS FORTES):

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15385066″]

Publicidade

Dê sua opinião

Jovem que efetuou 15 tiros em homicídio é apreendido e confessa crime em vídeo

Após ser encaminhado à delegacia, o adolescente confessou o crime, em vídeo gravado pela polícia. Ele revela ter participado da execução e disparado 15 tiros

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

10 de abril de 2015 às 13:10

Há 5 anos
A prisão ocorreu no município de Jaguaruana, a 173 quilômetros da capital (FOTO: Reprodução)

A prisão ocorreu no município de Jaguaruana, a 173 quilômetros da capital (FOTO: Reprodução)

Um adolescente de 17 anos foi apreendido, na manhã desta sexta-feira (10), suspeito de participar da execução de um jovem, no Bairro Ancuri, em Fortaleza. O crime teve grande repercussão nas redes sociais, após ser filmado e divulgado na internet.

Segundo o policial militar Alexandre da Silva, o jovem foi encontrado em cumprimento de mandado de busca e apreensão, no Bairro Lagoa, no município de Jaguaruana, a 173 quilômetros da capital. “Entramos em uma casa, e ele tentou se evadir. Logo depois, foi reconhecido como um dos suspeitos do crime que chocou a população”, disse ao Tribuna do Ceará.

Após ser encaminhado à Delegacia de Jaguaruana, o adolescente confessou o crime, em vídeo gravado pela polícia. Ele revela ter participado da execução e disparado 15 tiros contra Fábio Rodrigues, que não teve chance de defesa. Nas imagens do crime, o adolescente aparece atirando contra a vítima, junto a outras três pessoas. O jovem será levado para Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), em Fortaleza.

Assista às imagens:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15436636″]

Em 5 de março, a polícia prendeu outro suspeito do caso: Matheus Rodrigues da Rocha, de 20 anos. Na semana anterior, foi preso Jorge Maciel de Sousa, que estava escondido na casa da irmã, no município de Ibaretama, a 134 quilômetros de Fortaleza. A polícia agora procura Ariadna Lima Cordeiro, conhecida como ‘Nobinha’, que teria gravado o vídeo e incentivado a execução. O quarteto se autodenomina “Comando de Santa Fé”, sendo suspeito de participar de outro homicídio no domingo de Carnaval.

Execução gravada

O vídeo que mostra a execução de Fábio Rodrigues, ocorrida em 17 de fevereiro, no Carnaval, teve grande repercussão na internet. Nas imagens, dois homens estão sentados na calçada, quando um grupo armado se aproxima a pé e efetua os disparos. O jovem – que aparece de bermuda, boné e sem camisa – é atingido por, pelo menos, 20 tiros.

Nas imagens, o que chama a atenção é a frieza dos assassinos. Uma mulher, que aparentemente filma toda a ação, incentiva a execução. “Vai, dá na cara. Descarrega”, diz. Ao final do vídeo, ela lamenta: “Ai, eu não vou dar o meu (tiro) não, é?”. Durante o vídeo, é possível ver um dos assassinos com fogos de artifício na mão, que seriam usados para confirmar a morte ocorrida em razão do tráfico de drogas na região.

Dias depois, uma versão maior da gravação do assassinato foi divulgada. No segundo vídeo, Ariadna chega em uma moto, na companhia dos outros assassinos, e estaciona próximo ao local do crime. Um homem passa pelos criminosos e, ao demonstrar medo, Ariadna exclama em tom de brincadeira: “É só fogos, população”.

Veja o vídeo abaixo (ATENÇÃO, CENAS FORTES):

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15385066″]