Justiça recebe denúncia contra mulher acusada de atropelar e matar garoto de 12 anos

GAROTO CICLISTA

Justiça recebe denúncia contra mulher acusada de atropelar e matar garoto de 12 anos

Ana Paula Rodrigues Muniz foi denunciada pelo MPCE por homicídio duplamente qualificado e omissão de socorro. Defesa afirma que ela não viu a criança

Por Lucas Barbosa em Segurança Pública

14 de agosto de 2017 às 17:11

Há 2 anos

Avenida Godofredo Maciel, palco do atropelamento (FOTO: Reprodução/Google Maps)

A Justiça recebeu denúncia do Ministério Público Estadual (MP-CE) contra Ana Paula Rodrigues Muniz, acusada de atropelar e matar o garoto Kaic Roniele Sousa Gurgel, de 12 anos. O caso aconteceu no dia 23 de outubro de 2015, na Avenida Godofredo Maciel, no bairro Parangaba, quando a criança trafegava de bicicleta ao lado de sua mãe.

A denúncia foi recebida na terça-feira (8) e anunciada nesta segunda-feira (14), pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJCE). O MP denunciou Ana Paula por homicídio duplamente qualificado (“com meio cruel” e “uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima”) e omissão de socorro, conforme o TJCE.

O juiz titular da 2ª Vara do Júri de Fortaleza, Henrique Jorge Holanda Silveira, ao analisar a denúncia, entendeu que a peça condizia com os pressupostos processuais que autorizam o seu recebimento. “Existem provas da materialidade do fato e indícios suficientes de autoria, bem como ausentes as causas de rejeição liminar“, pontuou.

Após ser citada, a acusada terá dez dias para apresentar defesa por escrito. A família de Kaic também busca indenização na ação. O juiz proferiu que eles devem determinar o valor da indenização e provar a necessidade do pagamento. Durante a instrução criminal, a defesa poderá apresentar contraprova e contestação do valor.

Relembre o caso

A mãe da criança, Roniele de Sousa Gurgel, disse ter chegado a gritar e correr para chamar a atenção do motorista. “Eu gritei: para, para! E foi quando o carro arrancou e ela passou por cima do meu filho”, contou ela ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

A defesa de Ana Paula afirma que a motorista não viu a criança e não percebeu que a atingiu. Uma testemunha, ouvida pelo programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, chegou a afirmar que um homem dirigia o carro e não Ana Paula. A hipótese, no entanto, foi descartada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público.

A Polícia Civil chegou a pedir a prisão temporária de Ana Paula, mas a Justiça negou ainda em novembro último. Ela responderá ao processo em liberdade.

Reveja a cobertura de Tribuna do Ceará do caso:

28 e outubro — Testemunha diz que homem dirigia o carro que atropelou menino em bicicleta

27 de outubro — Motoristas arrancam gelos-baianos de proteção a ciclistas na via onde menino foi atropelado

27 de outubro — Polícia deve pedir prisão de mulher que atropelou e matou garoto ciclista

26 de outubro — Ciclistas farão protesto após menino de 11 anos ser morto em atropelamento

25 de outubro — Tio de garoto morto em atropelamento questiona quem dirigia carro durante acidente

24 de outubro — Mãe de garoto morto em atropelamento relembra dor de presenciar acidente do filho

23 de outubro — Criança morre atropelada enquanto andava de bicicleta

 

 

Publicidade

Dê sua opinião

GAROTO CICLISTA

Justiça recebe denúncia contra mulher acusada de atropelar e matar garoto de 12 anos

Ana Paula Rodrigues Muniz foi denunciada pelo MPCE por homicídio duplamente qualificado e omissão de socorro. Defesa afirma que ela não viu a criança

Por Lucas Barbosa em Segurança Pública

14 de agosto de 2017 às 17:11

Há 2 anos

Avenida Godofredo Maciel, palco do atropelamento (FOTO: Reprodução/Google Maps)

A Justiça recebeu denúncia do Ministério Público Estadual (MP-CE) contra Ana Paula Rodrigues Muniz, acusada de atropelar e matar o garoto Kaic Roniele Sousa Gurgel, de 12 anos. O caso aconteceu no dia 23 de outubro de 2015, na Avenida Godofredo Maciel, no bairro Parangaba, quando a criança trafegava de bicicleta ao lado de sua mãe.

A denúncia foi recebida na terça-feira (8) e anunciada nesta segunda-feira (14), pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJCE). O MP denunciou Ana Paula por homicídio duplamente qualificado (“com meio cruel” e “uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima”) e omissão de socorro, conforme o TJCE.

O juiz titular da 2ª Vara do Júri de Fortaleza, Henrique Jorge Holanda Silveira, ao analisar a denúncia, entendeu que a peça condizia com os pressupostos processuais que autorizam o seu recebimento. “Existem provas da materialidade do fato e indícios suficientes de autoria, bem como ausentes as causas de rejeição liminar“, pontuou.

Após ser citada, a acusada terá dez dias para apresentar defesa por escrito. A família de Kaic também busca indenização na ação. O juiz proferiu que eles devem determinar o valor da indenização e provar a necessidade do pagamento. Durante a instrução criminal, a defesa poderá apresentar contraprova e contestação do valor.

Relembre o caso

A mãe da criança, Roniele de Sousa Gurgel, disse ter chegado a gritar e correr para chamar a atenção do motorista. “Eu gritei: para, para! E foi quando o carro arrancou e ela passou por cima do meu filho”, contou ela ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

A defesa de Ana Paula afirma que a motorista não viu a criança e não percebeu que a atingiu. Uma testemunha, ouvida pelo programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, chegou a afirmar que um homem dirigia o carro e não Ana Paula. A hipótese, no entanto, foi descartada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público.

A Polícia Civil chegou a pedir a prisão temporária de Ana Paula, mas a Justiça negou ainda em novembro último. Ela responderá ao processo em liberdade.

Reveja a cobertura de Tribuna do Ceará do caso:

28 e outubro — Testemunha diz que homem dirigia o carro que atropelou menino em bicicleta

27 de outubro — Motoristas arrancam gelos-baianos de proteção a ciclistas na via onde menino foi atropelado

27 de outubro — Polícia deve pedir prisão de mulher que atropelou e matou garoto ciclista

26 de outubro — Ciclistas farão protesto após menino de 11 anos ser morto em atropelamento

25 de outubro — Tio de garoto morto em atropelamento questiona quem dirigia carro durante acidente

24 de outubro — Mãe de garoto morto em atropelamento relembra dor de presenciar acidente do filho

23 de outubro — Criança morre atropelada enquanto andava de bicicleta