Mergulhador morre fazendo mergulho de apneia na Praia de Iracema

ACIDENTE

Mergulhador morre fazendo mergulho de apneia na Praia de Iracema

Ângelo da Silva Graça, de 40 anos, estaria fazendo mergulho de apneia, atividade que praticava há 16 anos. Corpo foi encontrado a 23 metros de profundidade

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

5 de agosto de 2019 às 11:09

Há 2 meses

Corpo de mergulhador foi encontrado a 23 metros de profundidade. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O corpo de um mergulhador foi encontrado no mar da Praia de Iracema, em Fortaleza, no começo da tarde de sábado (10), nas proximidades da antiga Ponte Metálica. Ângelo da Silva Graça, de 40 anos, era profissional da área há pelo menos 16 anos. Ele estaria fazendo mergulho de apneia, acompanhado de outros dois amigos. O homem foi localizado pelo Corpo de Bombeiros.

Ângelo da Silva estaria fazendo mergulho por apneia e, na volta para a praia, os amigos sentiram falta dele. Os bombeiros encontraram o corpo a 23 metros de profundidade.

Há uma semana um jovem de 18 anos morreu afogado em área próxima. Ele estava com outros três amigos que não sabiam nadar.

No primeiro semestre, o Corpo de Bombeiros registrou 79 afogamentos em todo o Ceará, cinco deles foram fatais. O mês de maior incidência foi janeiro, com 23 ocorrências, mas nenhuma morte. No mês de junho, foram 13 casos com uma vítima fatal. Em abril, o maior número de mortes, com duas pessoas que perderam a vida por afogamento.

Publicidade

Dê sua opinião

ACIDENTE

Mergulhador morre fazendo mergulho de apneia na Praia de Iracema

Ângelo da Silva Graça, de 40 anos, estaria fazendo mergulho de apneia, atividade que praticava há 16 anos. Corpo foi encontrado a 23 metros de profundidade

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

5 de agosto de 2019 às 11:09

Há 2 meses

Corpo de mergulhador foi encontrado a 23 metros de profundidade. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O corpo de um mergulhador foi encontrado no mar da Praia de Iracema, em Fortaleza, no começo da tarde de sábado (10), nas proximidades da antiga Ponte Metálica. Ângelo da Silva Graça, de 40 anos, era profissional da área há pelo menos 16 anos. Ele estaria fazendo mergulho de apneia, acompanhado de outros dois amigos. O homem foi localizado pelo Corpo de Bombeiros.

Ângelo da Silva estaria fazendo mergulho por apneia e, na volta para a praia, os amigos sentiram falta dele. Os bombeiros encontraram o corpo a 23 metros de profundidade.

Há uma semana um jovem de 18 anos morreu afogado em área próxima. Ele estava com outros três amigos que não sabiam nadar.

No primeiro semestre, o Corpo de Bombeiros registrou 79 afogamentos em todo o Ceará, cinco deles foram fatais. O mês de maior incidência foi janeiro, com 23 ocorrências, mas nenhuma morte. No mês de junho, foram 13 casos com uma vítima fatal. Em abril, o maior número de mortes, com duas pessoas que perderam a vida por afogamento.