Motorista de app é morto a tiros e passageira fica ferida em Caucaia

DEIXOU 2 FILHOS

Motorista de app é morto a tiros e passageira fica ferida em Caucaia

Condutor desembarcava um homem e uma mulher quando o acusado se aproximou e começou a atirar. O suspeito e motivação são desconhecidos

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

9 de dezembro de 2019 às 09:13

Há 1 mês

O condutor trabalhava com aplicativo de transporte há 2 anos (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Um motorista de aplicativo foi morto a tiros e uma passageira ficou ferida na noite do último domingo (8), no Parque Potira, em Caucaia. O condutor Wando Wescley Morais Diogo, de 27 anos, foi atingido por quatro disparos efetuados por um homem em uma moto. A outra vítima foi alvejada no pé.

A ação aconteceu na Rua Morélia e foi flagrada por câmeras de segurança. Quando o condutor desembarcava um homem e uma mulher, o acusado se aproximou do veículo e começou a atirar. O suspeito ainda não foi identificado e permaneceu de capacete durante toda a ocorrência. A motivação do crime também é desconhecida.

Emocionado, o pai do motorista esteve no local do homicídio. O último encontro de Francisco Wanderley de Sousa com o filho foi em uma partida de futebol jogada na tarde do mesmo dia. Após sair do jogo, a vítima foi para casa e saiu para trabalhar em seguida. O pai afirmou desconhecer os motivos para o homicídio.

“Isso aí tem que apurar. Ele nunca teve ameaça, nem passagem pela polícia. Não sei. Ele é um menino brincalhão. Hoje em dia, até por uma má palavra que você diz, as pessoas se revoltam”, reflete o pai.

Wando trabalhava como motorista de aplicativo há dois anos. Além de ser casado, o motorista deixou dois filhos, de 1 anos e 3 anos. Para o pai da vítima, o acontecimento tirou dos netos uma figura exemplar. “Ele é um menino positivo, um rapaz que não tinha inimizade, um rapaz direitinho. Mas a vida é assim mesmo. A dor é grande”, lamenta, enxugando as lágrimas que escorrem pelo rosto.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio do 18º Distrito Policial (DP), está com investigações em andamento, com o objetivo de localizar e capturar os responsáveis pelo homicídio.

Confira mais na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta segunda-feira.

Publicidade

Dê sua opinião

DEIXOU 2 FILHOS

Motorista de app é morto a tiros e passageira fica ferida em Caucaia

Condutor desembarcava um homem e uma mulher quando o acusado se aproximou e começou a atirar. O suspeito e motivação são desconhecidos

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

9 de dezembro de 2019 às 09:13

Há 1 mês

O condutor trabalhava com aplicativo de transporte há 2 anos (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Um motorista de aplicativo foi morto a tiros e uma passageira ficou ferida na noite do último domingo (8), no Parque Potira, em Caucaia. O condutor Wando Wescley Morais Diogo, de 27 anos, foi atingido por quatro disparos efetuados por um homem em uma moto. A outra vítima foi alvejada no pé.

A ação aconteceu na Rua Morélia e foi flagrada por câmeras de segurança. Quando o condutor desembarcava um homem e uma mulher, o acusado se aproximou do veículo e começou a atirar. O suspeito ainda não foi identificado e permaneceu de capacete durante toda a ocorrência. A motivação do crime também é desconhecida.

Emocionado, o pai do motorista esteve no local do homicídio. O último encontro de Francisco Wanderley de Sousa com o filho foi em uma partida de futebol jogada na tarde do mesmo dia. Após sair do jogo, a vítima foi para casa e saiu para trabalhar em seguida. O pai afirmou desconhecer os motivos para o homicídio.

“Isso aí tem que apurar. Ele nunca teve ameaça, nem passagem pela polícia. Não sei. Ele é um menino brincalhão. Hoje em dia, até por uma má palavra que você diz, as pessoas se revoltam”, reflete o pai.

Wando trabalhava como motorista de aplicativo há dois anos. Além de ser casado, o motorista deixou dois filhos, de 1 anos e 3 anos. Para o pai da vítima, o acontecimento tirou dos netos uma figura exemplar. “Ele é um menino positivo, um rapaz que não tinha inimizade, um rapaz direitinho. Mas a vida é assim mesmo. A dor é grande”, lamenta, enxugando as lágrimas que escorrem pelo rosto.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio do 18º Distrito Policial (DP), está com investigações em andamento, com o objetivo de localizar e capturar os responsáveis pelo homicídio.

Confira mais na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta segunda-feira.