Mulher é atingida por bala perdida durante perseguição policial

CONJUNTO PALMEIRAS

Mulher perde um rim ao ser atingida por bala perdida durante perseguição policial

Maria Melina passava pela região em um veículo, com outras duas pessoas, quando foi atingida por um tiro. A polícia vai investigar de onde partiu o disparo que atingiu a mulher

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de agosto de 2019 às 19:04

Há 3 meses
Caso aconteceu no Conjunto Palmeiras (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Caso aconteceu no Conjunto Palmeiras (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Uma mulher foi atingida por bala perdida durante perseguição policial no Bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza. Policiais estavam em perseguição a um trio suspeito de envolvimento em assaltos.

O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (26). Maria Melina de Andrade, de 47 anos, passava pela região em um veículo, com outras duas pessoas, quando foi atingida por um tiro. A bala entrou pelo porta-malas e atingiu o abdômen da vítima. Ela foi socorrida ao Frotinha de Messejana, passou por cirurgia, perdeu um rim, parte do baço e do intestino grosso.

O trio foi preso por equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam) da Polícia Militar do Ceará. Na ação, os policiais apreenderam uma arma de fogo e o veículo utilizado pelo trio, além de recuperarem objetos tomados pelos infratores.

A polícia vai investigar de onde partiu o disparo que atingiu a mulher.

O caso

Os policiais estavam em patrulhamento quando foram acionados por populares, que informaram sobre assaltos na região do Conjunto Palmeiras, praticados por três indivíduos em um veículo modelo Fiat Uno. No momento em que se deslocavam pela Avenida Valparaíso, os agentes de segurança avistaram o carro citado pelos denunciantes e deram voz de parada ao condutor, que não atendeu a determinação e acelerou.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), houve perseguição pelas vias do bairro, e um dos suspeitos efetuou disparos de arma de fogo contra a composição, que revidou. Ainda na Avenida Valparaíso, o motorista perdeu o controle da direção e subiu com o veículo no canteiro central. Dois ocupantes do carro fugiram a pé e foram seguidos pelos agentes de segurança.

Outros policiais foram até o Fiat Uno, onde encontraram um dos suspeitos, identificado como Jhonantas Pinto Albuquerque da Fonseca (29), com antecedentes por receptação e corrupção de menores. Durante buscas no carro foram localizados um revólver calibre 38, R$ 560 em espécie, três aparelhos celulares e um aparelho de bloquear sinal de GPS.

Após a prisão de Jhonantas, os militares chegaram ao paradeiro dos outros dois envolvidos na prática criminosa. São eles: Diego Rodrigues dos Santos (24), com passagens pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo e roubo; e Jonatas Oliveira de Freitas (32), também conhecido como “Buda” e com antecedentes criminais por roubo e furto. Durante a troca de tiros, Jonatas Oliveira foi lesionado de raspão nas costas e encaminhado ao hospital.

O caso foi levado para o 30º Distrito Policial (DP), onde os suspeitos foram autuados em flagrante por roubo, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.

Publicidade

Dê sua opinião

CONJUNTO PALMEIRAS

Mulher perde um rim ao ser atingida por bala perdida durante perseguição policial

Maria Melina passava pela região em um veículo, com outras duas pessoas, quando foi atingida por um tiro. A polícia vai investigar de onde partiu o disparo que atingiu a mulher

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de agosto de 2019 às 19:04

Há 3 meses
Caso aconteceu no Conjunto Palmeiras (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Caso aconteceu no Conjunto Palmeiras (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Uma mulher foi atingida por bala perdida durante perseguição policial no Bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza. Policiais estavam em perseguição a um trio suspeito de envolvimento em assaltos.

O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (26). Maria Melina de Andrade, de 47 anos, passava pela região em um veículo, com outras duas pessoas, quando foi atingida por um tiro. A bala entrou pelo porta-malas e atingiu o abdômen da vítima. Ela foi socorrida ao Frotinha de Messejana, passou por cirurgia, perdeu um rim, parte do baço e do intestino grosso.

O trio foi preso por equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam) da Polícia Militar do Ceará. Na ação, os policiais apreenderam uma arma de fogo e o veículo utilizado pelo trio, além de recuperarem objetos tomados pelos infratores.

A polícia vai investigar de onde partiu o disparo que atingiu a mulher.

O caso

Os policiais estavam em patrulhamento quando foram acionados por populares, que informaram sobre assaltos na região do Conjunto Palmeiras, praticados por três indivíduos em um veículo modelo Fiat Uno. No momento em que se deslocavam pela Avenida Valparaíso, os agentes de segurança avistaram o carro citado pelos denunciantes e deram voz de parada ao condutor, que não atendeu a determinação e acelerou.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), houve perseguição pelas vias do bairro, e um dos suspeitos efetuou disparos de arma de fogo contra a composição, que revidou. Ainda na Avenida Valparaíso, o motorista perdeu o controle da direção e subiu com o veículo no canteiro central. Dois ocupantes do carro fugiram a pé e foram seguidos pelos agentes de segurança.

Outros policiais foram até o Fiat Uno, onde encontraram um dos suspeitos, identificado como Jhonantas Pinto Albuquerque da Fonseca (29), com antecedentes por receptação e corrupção de menores. Durante buscas no carro foram localizados um revólver calibre 38, R$ 560 em espécie, três aparelhos celulares e um aparelho de bloquear sinal de GPS.

Após a prisão de Jhonantas, os militares chegaram ao paradeiro dos outros dois envolvidos na prática criminosa. São eles: Diego Rodrigues dos Santos (24), com passagens pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo e roubo; e Jonatas Oliveira de Freitas (32), também conhecido como “Buda” e com antecedentes criminais por roubo e furto. Durante a troca de tiros, Jonatas Oliveira foi lesionado de raspão nas costas e encaminhado ao hospital.

O caso foi levado para o 30º Distrito Policial (DP), onde os suspeitos foram autuados em flagrante por roubo, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.