Mulher tenta entrar em presídio com celular escondido em chinelos

DENTRO DO SOLADO

Mulher tenta entrar em presídio com celular escondido em chinelos

O celular seria entregue a um dos presidiários. Ela ia visitar o irmão. O aparelho foi encontrado durante passagem em uma das máquinas de body scanner

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

25 de agosto de 2019 às 09:34

Há 3 meses
O celular foi encontrado quando passou pelo equipamento de Raio-X (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O celular foi encontrado quando passou pelo body scanner (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Um aparelho celular foi encontrado dentro de um chinelo de uma mulher que ia visitar o irmão na Casa de Privação Provisória de Liberdade 1, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. O caso aconteceu na manhã de sábado (24).

No solado de um chinelo estava o celular; e, no outro, um fio de carregador. Os agentes penitenciários encontraram o aparelho durante passagem em uma das máquinas de body scanner.

O caso foi registrado na delegacia de Eusébio, onde foi aberto um Termo Circunstanciado de Ocorrência. A jovem não teve a identidade revelada.

Publicidade

Dê sua opinião

DENTRO DO SOLADO

Mulher tenta entrar em presídio com celular escondido em chinelos

O celular seria entregue a um dos presidiários. Ela ia visitar o irmão. O aparelho foi encontrado durante passagem em uma das máquinas de body scanner

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

25 de agosto de 2019 às 09:34

Há 3 meses
O celular foi encontrado quando passou pelo equipamento de Raio-X (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O celular foi encontrado quando passou pelo body scanner (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Um aparelho celular foi encontrado dentro de um chinelo de uma mulher que ia visitar o irmão na Casa de Privação Provisória de Liberdade 1, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. O caso aconteceu na manhã de sábado (24).

No solado de um chinelo estava o celular; e, no outro, um fio de carregador. Os agentes penitenciários encontraram o aparelho durante passagem em uma das máquinas de body scanner.

O caso foi registrado na delegacia de Eusébio, onde foi aberto um Termo Circunstanciado de Ocorrência. A jovem não teve a identidade revelada.