Ônibus é depredado em protesto de moradores contra ação da polícia

CONFUSÃO

Ônibus é depredado em protesto de moradores contra ação da polícia

Ataque ocorreu na Avenida Cônego de Castro. O motorista do ônibus ficou ferido e foi socorrido para uma unidade de saúde. Pneus também foram queimados

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

9 de julho de 2019 às 09:17

Há 1 semana

Ônibus é depredado em bairro de Fortaleza. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Atualizada às 12h34.

Uma ação da polícia motivou o protesto de moradores no bairro Parque São José, em Fortaleza, na noite de segunda-feira (8). Pessoas da região atiraram pedras contra um ônibus e queimaram pneus, causando transtornos na região e bloqueio da via. Isso para reclamar de uma lesão à bala, sofrida por um menor da área, durante uma ação no local no dia anterior. As informações são do programa Barra Pesada e foram confirmadas pela Secretaria de Segurança Pública.

A ocorrência provocou congestionamento na Avenida Cônego de Castro, local da ação. O ônibus da linha 329 – Siqueira/Parque Santa Rosa teve boa parte dos vidros destruídos. O intuito era também incendiar o coletivo, mas a Polícia Militar e o COTAM (Comando Tático Motorizado) e estiveram no local e evitaram. Pneus foram incendiados e, por isso, o Corpo de Bombeiros foi acionado.

O motorista do ônibus ficou ferido com os estilhaços dos vidros, após as pedradas, e foi levado a uma unidade de saúde. Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará confirmou a ocorrência motivada pela apreensão do adolescente de 16 anos que, de acordo com a SSPDS, trocou tiros com policiais. Confira a nota completa.

“Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas, na noite dessa segunda-feira (8), para atenderem a uma ocorrência no Parque São José, Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9). Na ocasião, um grupo de pessoas ateou fogo em pneus, bloqueando um trecho da Avenida Cônego de Castro, e apedrejou um ônibus que passava pela região. A chave do veículo também foi tomada e este ficou atravessado na via. Equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) seguiram para o ponto onde acontecia a ocorrência e conseguiram dispersar a aglomeração.

As chamas foram apagadas por profissionais do Corpo de Bombeiros e o coletivo foi retirado após profissionais da empresa de transporte levarem a chave reserva. A ação contou ainda com sobrevoos de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS-CE. Informações colhidas no local apontam que a manifestação teria como motivo a apreensão de um adolescente de 16 anos, durante a madrugada da segunda (08). O mesmo trocou tiros com policiais e chegou a ser ferido. Na ocasião, uma arma de fogo foi apreendida”, diz o texto.

Ainda na nota, a SSPDS explica que o menor foi apreendido durante patrulhamento de uma equipe da Polícia Militar na comunidade dos Canos, na madrugada de segunda-feira (8). Os PMs “avistaram dois indivíduos em atitude suspeita e seguiram para a abordagem, momento em que foram efetuados disparos de arma de fogo contra a composição. Os policiais revidaram e ao se aproximarem encontraram um adolescente de 16 anos, que estava com um revólver calibre 38, com cinco munições deflagradas. O menor foi lesionado na perna durante a troca de tiros e foi encaminhado a uma unidade de saúde. O caso foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foi registrado ato infracional por porte ilegal de arma de fogo.”

Confira a reportagem completa no programa Barra Pesada desta terça-feira (9), a partir das 12h05, na TV Jangadeiro/SBT.

Publicidade

Dê sua opinião

CONFUSÃO

Ônibus é depredado em protesto de moradores contra ação da polícia

Ataque ocorreu na Avenida Cônego de Castro. O motorista do ônibus ficou ferido e foi socorrido para uma unidade de saúde. Pneus também foram queimados

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

9 de julho de 2019 às 09:17

Há 1 semana

Ônibus é depredado em bairro de Fortaleza. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Atualizada às 12h34.

Uma ação da polícia motivou o protesto de moradores no bairro Parque São José, em Fortaleza, na noite de segunda-feira (8). Pessoas da região atiraram pedras contra um ônibus e queimaram pneus, causando transtornos na região e bloqueio da via. Isso para reclamar de uma lesão à bala, sofrida por um menor da área, durante uma ação no local no dia anterior. As informações são do programa Barra Pesada e foram confirmadas pela Secretaria de Segurança Pública.

A ocorrência provocou congestionamento na Avenida Cônego de Castro, local da ação. O ônibus da linha 329 – Siqueira/Parque Santa Rosa teve boa parte dos vidros destruídos. O intuito era também incendiar o coletivo, mas a Polícia Militar e o COTAM (Comando Tático Motorizado) e estiveram no local e evitaram. Pneus foram incendiados e, por isso, o Corpo de Bombeiros foi acionado.

O motorista do ônibus ficou ferido com os estilhaços dos vidros, após as pedradas, e foi levado a uma unidade de saúde. Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará confirmou a ocorrência motivada pela apreensão do adolescente de 16 anos que, de acordo com a SSPDS, trocou tiros com policiais. Confira a nota completa.

“Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas, na noite dessa segunda-feira (8), para atenderem a uma ocorrência no Parque São José, Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9). Na ocasião, um grupo de pessoas ateou fogo em pneus, bloqueando um trecho da Avenida Cônego de Castro, e apedrejou um ônibus que passava pela região. A chave do veículo também foi tomada e este ficou atravessado na via. Equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) seguiram para o ponto onde acontecia a ocorrência e conseguiram dispersar a aglomeração.

As chamas foram apagadas por profissionais do Corpo de Bombeiros e o coletivo foi retirado após profissionais da empresa de transporte levarem a chave reserva. A ação contou ainda com sobrevoos de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS-CE. Informações colhidas no local apontam que a manifestação teria como motivo a apreensão de um adolescente de 16 anos, durante a madrugada da segunda (08). O mesmo trocou tiros com policiais e chegou a ser ferido. Na ocasião, uma arma de fogo foi apreendida”, diz o texto.

Ainda na nota, a SSPDS explica que o menor foi apreendido durante patrulhamento de uma equipe da Polícia Militar na comunidade dos Canos, na madrugada de segunda-feira (8). Os PMs “avistaram dois indivíduos em atitude suspeita e seguiram para a abordagem, momento em que foram efetuados disparos de arma de fogo contra a composição. Os policiais revidaram e ao se aproximarem encontraram um adolescente de 16 anos, que estava com um revólver calibre 38, com cinco munições deflagradas. O menor foi lesionado na perna durante a troca de tiros e foi encaminhado a uma unidade de saúde. O caso foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foi registrado ato infracional por porte ilegal de arma de fogo.”

Confira a reportagem completa no programa Barra Pesada desta terça-feira (9), a partir das 12h05, na TV Jangadeiro/SBT.