Ordem dos ataques de setembro teria partido do fundador de facção, preso em Pernambuco

OPERAÇÃO "TORRE"

Ordem dos ataques de setembro teria partido do fundador de facção, preso em Pernambuco

Segundo a Polícia Federal, um paraibano de 45 anos seria o responsável pela nova onda de ataques, assim como ações contra torres de energia em abril

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de setembro de 2019 às 13:32

Há 6 meses

O Secretário de Segurança, André Costa, fala sobre operação para prender líderes do crime organizado. (FOTO: Daniel Rocha/Tribuna Band News FM)

(*) Atualizada às 14h.

A Operação “Torre” foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (26) para desarticular lideranças de organização criminosa responsável pelos ataques criminosos de setembro, e pela ordem e execução dos ataques a torres de transmissão de energia elétrica em abril deste ano, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão no Ceará e também em Pernambuco. Ordem para novos ataques teria partido do líder e fundador de uma facção, preso no estado pernambucano.

As investigações apontam que as ações do grupo criminoso foram determinadas por lideranças que cumprem pena em presídios. Essas lideranças planejavam o que seria feito e outros integrantes da mesma organização, que se encontravam em liberdade, executavam o plano.

Dos 15 mandados de prisão preventiva expedidos, 6 foram cumpridos e 9 ainda estão em aberto. Entre os mandados de busca e apreensão, 9 dos 14 foram cumpridos.

“A decisão do governador é que a polícia, os órgãos de segurança… Nós temos carta branca para trabalhar. A avaliação é única e exclusivamente técnica. O que for necessário, a gente vai solicitar e acreditamos sim que teremos o apoio do Ministério”, disse o secretário de Segurança André Costa.

Um dos mandados de prisão foi cumprido na quarta-feira (25), em Pernambuco, em desfavor de um homem, de 45 anos, natural de Umbuzeiro/PB, integrante e fundador da facção criminosa responsável pelos ataques no Ceará. De acordo com a participação de cada um, os investigados vão responder pelos crimes de dano, incêndio, participação em organização criminosa e outros que forem verificados nas investigações.

“Esse preso seria da cúpula de uma facção, estaria preso lá, possivelmente emanando as ordens lá do estado de Pernambuco. Lá ele teria acesso a celular, que foi apreendido. E além das ordens que ele mandou em abril pro ataque às torres, ele teria possivelmente mandado as ordens para esses ataques aqui no Ceará agora em setembro”, disse o delegado da Polícia Federal, Samuel Elânio.

As ações são comandadas pela Polícia Federal e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do MPCE, em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS).

Até às 9h30 desta quinta-feira, o Sistema Jangadeiro contabiliza 77 ataques em 23 municípios, sendo 41 em Fortaleza, a cidade que concentra maior número de ações, em 7 dias.

Segundo a SSPDS, 74 pessoas foram presas ou apreendidas, em contabilização até as 14h desta quinta-feira (26). O Tribuna do Ceará, a Rádio Tribuna Band News FM e a TV Jangadeiro/SBT acompanham em tempo real a nova onda de ataques no Ceará. Confira a cobertura completa.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

26/9 – Explosões em posto de saúde e base do Samu marcam madrugada do 7º dia de ataques no Ceará 

26/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

26/9 – Ceará chega ao 7º dia de ataques criminosos, com incêndios a veículos e prédios públicos

25/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

25/9 – Ônibus vão circular com 100% da frota nesta quinta, garante Sindiônibus

25/9 – Prejuízo de ataques a ônibus no início do ano ainda não foi reparado, diz Sindiônibus

25/9 – “Sem mudança de atitude do Governo, situação vai piorar”, diz presidente do Copen

25/9 – Onda de incêndios criminosos de setembro desta vez tem deixado feridos; Já foram 4

25/9 – Mais de 50 pessoas já foram presas por envolvimento em ataques, diz secretário de Segurança

25/9 – Ceará chega ao 6º dia de ataques, com mais incêndios a ônibus e caminhões

25/9 – Nova onda de ataques no Ceará: Veja o número atualizado de ações criminosas

25/9 – Ônibus é incendiado na rodoviária de Várzea Alegre no 6º dia de ataques criminosos

24/9 – Ataques são um ato de desespero dos criminosos, avalia especialista em Segurança Pública

24/9 – Advogado é preso tentando entrar na CPPL com bilhetes de facções criminosas

24/9 – “O Estado não conseguiu desarticular o crime organizado”, avalia presidente do Copen

24/9 – Governo transfere 257 presos de facção criminosa responsável por ataques no Ceará

24/9 – 6 carros são destruídos em ataque a concessionária da Av. Santos Dumont

24/9 – 4 primeiros dias de ataques de setembro representam 21% das ocorrências de janeiro

24/9 – Micro-ônibus é incendiado por bandidos com motorista dentro; Funcionário escapa por pouco

24/9 – Frota de ônibus opera com 70% da capacidade em Fortaleza no 5º dia de ataques

24/9 – Nova onda de ataques no Ceará chega ao 5º dia, com mais incêndios criminosos

23/9 – Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

23/9 – Polícia prende 7 suspeitos de ataques e outros 5 são identificados

23/9 – “Clara reação dos bandidos ao forte enfrentamento ao crime organizado”, diz Camilo Santana sobre ataques

23/9 – Ceará chega ao 4° dia de ataques, com mais veículos incendiados em Fortaleza

23/9 – Motorista que teve caminhão incendiado por bandidos foi salvo por vigilantes que gritaram “fogo”

23/9 – Bandidos fazem 4 ataques criminosos a veículos e posto de combustíveis no fim de semana

Publicidade

Dê sua opinião

OPERAÇÃO "TORRE"

Ordem dos ataques de setembro teria partido do fundador de facção, preso em Pernambuco

Segundo a Polícia Federal, um paraibano de 45 anos seria o responsável pela nova onda de ataques, assim como ações contra torres de energia em abril

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de setembro de 2019 às 13:32

Há 6 meses

O Secretário de Segurança, André Costa, fala sobre operação para prender líderes do crime organizado. (FOTO: Daniel Rocha/Tribuna Band News FM)

(*) Atualizada às 14h.

A Operação “Torre” foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (26) para desarticular lideranças de organização criminosa responsável pelos ataques criminosos de setembro, e pela ordem e execução dos ataques a torres de transmissão de energia elétrica em abril deste ano, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão no Ceará e também em Pernambuco. Ordem para novos ataques teria partido do líder e fundador de uma facção, preso no estado pernambucano.

As investigações apontam que as ações do grupo criminoso foram determinadas por lideranças que cumprem pena em presídios. Essas lideranças planejavam o que seria feito e outros integrantes da mesma organização, que se encontravam em liberdade, executavam o plano.

Dos 15 mandados de prisão preventiva expedidos, 6 foram cumpridos e 9 ainda estão em aberto. Entre os mandados de busca e apreensão, 9 dos 14 foram cumpridos.

“A decisão do governador é que a polícia, os órgãos de segurança… Nós temos carta branca para trabalhar. A avaliação é única e exclusivamente técnica. O que for necessário, a gente vai solicitar e acreditamos sim que teremos o apoio do Ministério”, disse o secretário de Segurança André Costa.

Um dos mandados de prisão foi cumprido na quarta-feira (25), em Pernambuco, em desfavor de um homem, de 45 anos, natural de Umbuzeiro/PB, integrante e fundador da facção criminosa responsável pelos ataques no Ceará. De acordo com a participação de cada um, os investigados vão responder pelos crimes de dano, incêndio, participação em organização criminosa e outros que forem verificados nas investigações.

“Esse preso seria da cúpula de uma facção, estaria preso lá, possivelmente emanando as ordens lá do estado de Pernambuco. Lá ele teria acesso a celular, que foi apreendido. E além das ordens que ele mandou em abril pro ataque às torres, ele teria possivelmente mandado as ordens para esses ataques aqui no Ceará agora em setembro”, disse o delegado da Polícia Federal, Samuel Elânio.

As ações são comandadas pela Polícia Federal e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do MPCE, em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS).

Até às 9h30 desta quinta-feira, o Sistema Jangadeiro contabiliza 77 ataques em 23 municípios, sendo 41 em Fortaleza, a cidade que concentra maior número de ações, em 7 dias.

Segundo a SSPDS, 74 pessoas foram presas ou apreendidas, em contabilização até as 14h desta quinta-feira (26). O Tribuna do Ceará, a Rádio Tribuna Band News FM e a TV Jangadeiro/SBT acompanham em tempo real a nova onda de ataques no Ceará. Confira a cobertura completa.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

26/9 – Explosões em posto de saúde e base do Samu marcam madrugada do 7º dia de ataques no Ceará 

26/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

26/9 – Ceará chega ao 7º dia de ataques criminosos, com incêndios a veículos e prédios públicos

25/9 – Caminhoneiro tem 48% do corpo queimado após 15 bandidos atearem fogo em veículo

25/9 – Ônibus vão circular com 100% da frota nesta quinta, garante Sindiônibus

25/9 – Prejuízo de ataques a ônibus no início do ano ainda não foi reparado, diz Sindiônibus

25/9 – “Sem mudança de atitude do Governo, situação vai piorar”, diz presidente do Copen

25/9 – Onda de incêndios criminosos de setembro desta vez tem deixado feridos; Já foram 4

25/9 – Mais de 50 pessoas já foram presas por envolvimento em ataques, diz secretário de Segurança

25/9 – Ceará chega ao 6º dia de ataques, com mais incêndios a ônibus e caminhões

25/9 – Nova onda de ataques no Ceará: Veja o número atualizado de ações criminosas

25/9 – Ônibus é incendiado na rodoviária de Várzea Alegre no 6º dia de ataques criminosos

24/9 – Ataques são um ato de desespero dos criminosos, avalia especialista em Segurança Pública

24/9 – Advogado é preso tentando entrar na CPPL com bilhetes de facções criminosas

24/9 – “O Estado não conseguiu desarticular o crime organizado”, avalia presidente do Copen

24/9 – Governo transfere 257 presos de facção criminosa responsável por ataques no Ceará

24/9 – 6 carros são destruídos em ataque a concessionária da Av. Santos Dumont

24/9 – 4 primeiros dias de ataques de setembro representam 21% das ocorrências de janeiro

24/9 – Micro-ônibus é incendiado por bandidos com motorista dentro; Funcionário escapa por pouco

24/9 – Frota de ônibus opera com 70% da capacidade em Fortaleza no 5º dia de ataques

24/9 – Nova onda de ataques no Ceará chega ao 5º dia, com mais incêndios criminosos

23/9 – Ceará registra 17 ataques em quatro dias; 13 só em Fortaleza

23/9 – Polícia prende 7 suspeitos de ataques e outros 5 são identificados

23/9 – “Clara reação dos bandidos ao forte enfrentamento ao crime organizado”, diz Camilo Santana sobre ataques

23/9 – Ceará chega ao 4° dia de ataques, com mais veículos incendiados em Fortaleza

23/9 – Motorista que teve caminhão incendiado por bandidos foi salvo por vigilantes que gritaram “fogo”

23/9 – Bandidos fazem 4 ataques criminosos a veículos e posto de combustíveis no fim de semana