Pastor evangélico abusava sexualmente de crianças dentro de suas casas em Fortaleza

DE 6 A 12 ANOS

Pastor evangélico abusava sexualmente de crianças dentro de suas casas em Fortaleza

As crianças de 6 a 12 eram abusadas quando os pais estavam ausentes. Até o momento, a Polícia já identificou seis vítimas

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

21 de março de 2018 às 10:17

Há 2 anos
Fachada da Dececa

A prisão aconteceu na última sexta-feira (16) (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Um pastor de 52 anos foi preso preventivamente na última sexta-feira (16) por ser suspeito de abusar sexualmente crianças e adolescentes no bairro Sapiranga, em Fortaleza. Até o momento, 6 crianças do sexo feminino entre 6 a 12 anos foram abusadas sexualmente pelo religioso.

Segundo o delegado da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Levy Louzada, no celular do suspeito havia imagens de sexo explícito e das vítimas com peças íntimas.

O conteúdo era mostrado para as vítimas a fim de convencê-las de que a prática era “normal”. Presentes e dinheiro também eram oferecidos para evitar qualquer denúncia.

Conforme o titular da Dececa, os crimes sexuais ocorriam dentro das residências das vítimas, quando a presença dos responsáveis era ausente. Em alguns casos, as crianças eram abusadas até mesmo quando estavam doentes. Levy afirma que, por ser um representante de uma igreja evangélica, a conduta do pastor não apresentava suspeitas para os pais das crianças.

A denúncia sobre o crime ocorreu após uma das vítimas já adolescente ter revelado ao pai sobre crime durante uma discussão familiar. Um mandado de prisão foi emitido ao receber informações de que o pastor pretendia fugir.

Uma equipe da Polícia Civil foi acionada e efetuou a prisão do religioso. No primeiro momento, o homem negou as acusações, mas imagens de sexo explícito foram encontradas dentro do celular, caracterizando como crime de pedofilia.

Confira o caso com o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro, às 12h10 desta quarta-feira (21).


Notice: Undefined variable: args in /home2/tribu/public_html/wp-content/themes/2016_tribuna_editorias/lib/relates-posts.php on line 40

Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home2/tribu/public_html/wp-includes/functions.php on line 4652

Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home2/tribu/public_html/wp-includes/functions.php on line 4652
Publicidade

Dê sua opinião

DE 6 A 12 ANOS

Pastor evangélico abusava sexualmente de crianças dentro de suas casas em Fortaleza

As crianças de 6 a 12 eram abusadas quando os pais estavam ausentes. Até o momento, a Polícia já identificou seis vítimas

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

21 de março de 2018 às 10:17

Há 2 anos
Fachada da Dececa

A prisão aconteceu na última sexta-feira (16) (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Um pastor de 52 anos foi preso preventivamente na última sexta-feira (16) por ser suspeito de abusar sexualmente crianças e adolescentes no bairro Sapiranga, em Fortaleza. Até o momento, 6 crianças do sexo feminino entre 6 a 12 anos foram abusadas sexualmente pelo religioso.

Segundo o delegado da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Levy Louzada, no celular do suspeito havia imagens de sexo explícito e das vítimas com peças íntimas.

O conteúdo era mostrado para as vítimas a fim de convencê-las de que a prática era “normal”. Presentes e dinheiro também eram oferecidos para evitar qualquer denúncia.

Conforme o titular da Dececa, os crimes sexuais ocorriam dentro das residências das vítimas, quando a presença dos responsáveis era ausente. Em alguns casos, as crianças eram abusadas até mesmo quando estavam doentes. Levy afirma que, por ser um representante de uma igreja evangélica, a conduta do pastor não apresentava suspeitas para os pais das crianças.

A denúncia sobre o crime ocorreu após uma das vítimas já adolescente ter revelado ao pai sobre crime durante uma discussão familiar. Um mandado de prisão foi emitido ao receber informações de que o pastor pretendia fugir.

Uma equipe da Polícia Civil foi acionada e efetuou a prisão do religioso. No primeiro momento, o homem negou as acusações, mas imagens de sexo explícito foram encontradas dentro do celular, caracterizando como crime de pedofilia.

Confira o caso com o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro, às 12h10 desta quarta-feira (21).