Pastor usava cheques falsos para comprar tijolos e revender pela metade do preço no Ceará

ACUSAÇÃO DE ESTELIONATO

Pastor usava cheques falsos para comprar tijolos e revender pela metade do preço no Ceará

Preso pela Polícia, Antônio Gabriel Neves Fernandes, de 60 anos, lucrou pelo menos R$ 15 mil em Aquiraz e Cascavel

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

24 de outubro de 2019 às 09:25

Há 8 meses

Ao deixar a delegacia, o pastor acusado de estelionato escondeu seu rosto com uma Bíblia Sagrada (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Por meio da influência religiosa, um pastor evangélico enganava moradores e comerciantes em Aquiraz e Cascavel, municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Antônio Gabriel Neves Fernandes, de 60 anos, é acusado de estelionato e foi capturado pela Polícia Civil na tarde da última quarta-feira (23).

Segundo a polícia, ele lucrou pelo menos R$ 15 mil ao usar cheques falsos e clonados para comprar tijolos em uma cerâmica e revender pela metade do preço.

Por determinação da Justiça, Antônio não ficou preso e passa a utilizar tornozeleira eletrônica, sob monitoramento da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Com os golpes, ele teria comprado 68 mil tijolos, que originalmente estão avaliados em R$ 30 mil. Desse material, pelo menos 12 mil unidades já foram recuperadas pela Polícia Civil e devolvidas à cerâmica, que é a principal vítima dos crimes.

De acordo com o delegado Josafat Filho, da Delegacia Metropolitana de Cascavel, o homem tem mais de 40 procedimentos pelo mesmo crime em sua ficha criminal. Ainda segundo o delegado, o suspeito se apresentava como Fernando e dizia ser representante comercial do fabricante dos tijolos. Para despistar, pedia que o material fosse entregue em locais que dificultassem a identificação, de acordo com Josafat.

“Constatamos que alguns vizinhos dele compraram tijolos enganados. Ele se diz pastor de uma igreja que tem próximo à casa dele, com cerca de 30 fieis. É um homem extremamente inteligente, com uma conversa sedutora. O que nos entristece é que ele usa dessa questão da religião, da palavra de Deus, para enganar as pessoas mais simples“, lamenta o delegado.

Confira reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta quinta-feira (24).

Publicidade

Dê sua opinião

ACUSAÇÃO DE ESTELIONATO

Pastor usava cheques falsos para comprar tijolos e revender pela metade do preço no Ceará

Preso pela Polícia, Antônio Gabriel Neves Fernandes, de 60 anos, lucrou pelo menos R$ 15 mil em Aquiraz e Cascavel

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

24 de outubro de 2019 às 09:25

Há 8 meses

Ao deixar a delegacia, o pastor acusado de estelionato escondeu seu rosto com uma Bíblia Sagrada (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Por meio da influência religiosa, um pastor evangélico enganava moradores e comerciantes em Aquiraz e Cascavel, municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Antônio Gabriel Neves Fernandes, de 60 anos, é acusado de estelionato e foi capturado pela Polícia Civil na tarde da última quarta-feira (23).

Segundo a polícia, ele lucrou pelo menos R$ 15 mil ao usar cheques falsos e clonados para comprar tijolos em uma cerâmica e revender pela metade do preço.

Por determinação da Justiça, Antônio não ficou preso e passa a utilizar tornozeleira eletrônica, sob monitoramento da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Com os golpes, ele teria comprado 68 mil tijolos, que originalmente estão avaliados em R$ 30 mil. Desse material, pelo menos 12 mil unidades já foram recuperadas pela Polícia Civil e devolvidas à cerâmica, que é a principal vítima dos crimes.

De acordo com o delegado Josafat Filho, da Delegacia Metropolitana de Cascavel, o homem tem mais de 40 procedimentos pelo mesmo crime em sua ficha criminal. Ainda segundo o delegado, o suspeito se apresentava como Fernando e dizia ser representante comercial do fabricante dos tijolos. Para despistar, pedia que o material fosse entregue em locais que dificultassem a identificação, de acordo com Josafat.

“Constatamos que alguns vizinhos dele compraram tijolos enganados. Ele se diz pastor de uma igreja que tem próximo à casa dele, com cerca de 30 fieis. É um homem extremamente inteligente, com uma conversa sedutora. O que nos entristece é que ele usa dessa questão da religião, da palavra de Deus, para enganar as pessoas mais simples“, lamenta o delegado.

Confira reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta quinta-feira (24).