Miliciano foragido do Rio de Janeiro é preso no Ceará

AO CHEGAR À CASA DA MÃE

Miliciano foragido do Rio de Janeiro é preso no Ceará

As investigações desenvolvidas pelos policiais cearenses apontaram que o homem chegou ao Ceará há cerca de 18 dias.

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de setembro de 2019 às 18:33

Há 10 meses
Prisão aconteceu nesta quinta-feira (FOTO: Divulgação)

Prisão aconteceu nesta quinta-feira (FOTO: Divulgação)

Um foragido da Justiça do Rio de Janeiro foi capturado por policiais civis do Ceará, nesta quinta-feira (26), no município de Coreaú. A ação foi realizada por policiais do 15º Distrito Policial (DP) de Fortaleza.

Gerardo Alves Mascarenhas (39), o “Pirata”, é cearense e foi capturado no momento em que chegava à residência da mãe dele, no distrito de Araquem, zona rural de Coreaú.

Ele é um dos réus da Operação Intocáveis do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), resultado da investigação sobre a milícia de Rio das Pedras. As investigações desenvolvidas pelos policiais cearenses apontaram que o homem chegou ao Ceará há cerca de 18 dias.

As investigações sobre o esquema criminoso, o qual “Pirata” faz parte, foram feitas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRJ. Em janeiro deste ano, a promotoria denunciou Gerardo Alves mais 12 milicianos de Rio das Pedras e Muzema por grilagem de terras na região, formação de quadrilha e homicídio. Os 13 respondem a processo no 4º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro.

Conforme o delegado Dionísio Amaral, titular 15º Distrito Policial e responsável pelas investigações no Ceará, o preso é suspeito de ser uma dos matadores da milícia que atua no Rio de Janeiro. A prisão foi possível após a troca de informações entre as Polícias Civil dos dois Estados.

Publicidade

Dê sua opinião

AO CHEGAR À CASA DA MÃE

Miliciano foragido do Rio de Janeiro é preso no Ceará

As investigações desenvolvidas pelos policiais cearenses apontaram que o homem chegou ao Ceará há cerca de 18 dias.

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de setembro de 2019 às 18:33

Há 10 meses
Prisão aconteceu nesta quinta-feira (FOTO: Divulgação)

Prisão aconteceu nesta quinta-feira (FOTO: Divulgação)

Um foragido da Justiça do Rio de Janeiro foi capturado por policiais civis do Ceará, nesta quinta-feira (26), no município de Coreaú. A ação foi realizada por policiais do 15º Distrito Policial (DP) de Fortaleza.

Gerardo Alves Mascarenhas (39), o “Pirata”, é cearense e foi capturado no momento em que chegava à residência da mãe dele, no distrito de Araquem, zona rural de Coreaú.

Ele é um dos réus da Operação Intocáveis do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), resultado da investigação sobre a milícia de Rio das Pedras. As investigações desenvolvidas pelos policiais cearenses apontaram que o homem chegou ao Ceará há cerca de 18 dias.

As investigações sobre o esquema criminoso, o qual “Pirata” faz parte, foram feitas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRJ. Em janeiro deste ano, a promotoria denunciou Gerardo Alves mais 12 milicianos de Rio das Pedras e Muzema por grilagem de terras na região, formação de quadrilha e homicídio. Os 13 respondem a processo no 4º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro.

Conforme o delegado Dionísio Amaral, titular 15º Distrito Policial e responsável pelas investigações no Ceará, o preso é suspeito de ser uma dos matadores da milícia que atua no Rio de Janeiro. A prisão foi possível após a troca de informações entre as Polícias Civil dos dois Estados.