Policial da Reserva é morto com tiro na nuca após ser rendido em Fortaleza

CRIME

Policial da Reserva é morto com tiro na nuca após ser rendido em Fortaleza

O policial militar da Reserva chegou a ser socorrido pela esposa, mas não resistiu

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

6 de maio de 2017 às 15:29

Há 3 anos
pm-morto

(FOTO: Reprodução)

Um soldado da Reserva da Polícia Militar foi morto na manhã deste sábado (6). José Carlos Vasconcelos, 42 anos, chegou a ser socorrido pela esposa, mas não resistiu.

O fato ocorreu no bairro Jardim Iracema, quando dois homens, em uma motocicleta de cor vermelha, abordaram o policial reformado e tomaram-lhe uma arma de fogo.

Mesmo rendido, os criminosos disparam contra o soldado, sendo acertado na nuca. Após o tiro, a dupla fugiu e teria levado a arma. Ele foi encaminhado para o Frotinha do Antônio Bezerra, mas ao chegar no local, foi constatada a morte.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o caso está sendo investigado na 6º delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, que apura os crimes contra profissionais de segurança. Composições de policiais militares e civis estão em diligências, no intuito de prender os autores do crime.

“A SSPDS lamenta a morte do profissional de segurança reformado e se solidariza com os familiares e amigos, ao passo que ressalta que empregará todos os esforços para prender os envolvidos no crime”.

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME

Policial da Reserva é morto com tiro na nuca após ser rendido em Fortaleza

O policial militar da Reserva chegou a ser socorrido pela esposa, mas não resistiu

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

6 de maio de 2017 às 15:29

Há 3 anos
pm-morto

(FOTO: Reprodução)

Um soldado da Reserva da Polícia Militar foi morto na manhã deste sábado (6). José Carlos Vasconcelos, 42 anos, chegou a ser socorrido pela esposa, mas não resistiu.

O fato ocorreu no bairro Jardim Iracema, quando dois homens, em uma motocicleta de cor vermelha, abordaram o policial reformado e tomaram-lhe uma arma de fogo.

Mesmo rendido, os criminosos disparam contra o soldado, sendo acertado na nuca. Após o tiro, a dupla fugiu e teria levado a arma. Ele foi encaminhado para o Frotinha do Antônio Bezerra, mas ao chegar no local, foi constatada a morte.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o caso está sendo investigado na 6º delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, que apura os crimes contra profissionais de segurança. Composições de policiais militares e civis estão em diligências, no intuito de prender os autores do crime.

“A SSPDS lamenta a morte do profissional de segurança reformado e se solidariza com os familiares e amigos, ao passo que ressalta que empregará todos os esforços para prender os envolvidos no crime”.