Rosier Alexandre: "Fuja do piloto automático, ele destrói sonhos"

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Fuja do piloto automático, ele destrói sonhos”

O nosso maior desafio é sair da zona de conforto, fazer coisas novas e de forma consciente

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

17 de junho de 2019 às 10:10

Há 3 meses

Esta semana em fiz uma palestra em uma cidade a 250 km de Fortaleza. Enquanto dirigia de volta para casa, percebi o quanto nossas estradas estão destruídas, forçando o motorista a multiplicar sua atenção.

Durante a viagem, dirigindo e desviando dos buracos da via, percebi o quanto fazia aquilo automaticamente. A todo momento eu era surpreendido por um ou vários buracos no asfalto com risco de cortar pneus e provocar um acidente. A cada buraco que surgia, em uma fração de segundos eu tomava a decisão de frear, desviar pela direita, pela esquerda ou centralizá-lo entre os pneus, e assim tentar chegar com segurança ao meu destino. Eu estava me sentindo em um jogo de videogame, onde o objetivo era desviar dos obstáculos e sobreviver.

Durante esta brincadeira, por sinal sem graça, percebi o quanto executamos várias tarefas no piloto automático, apenas repetindo padrões. Em algumas situações isso é positivo, nos ajuda a tomar decisões rápidas, mas em muitas outras é negativo para nossas vidas. Esse automatismo faz o cérebro ficar preguiçoso e querer sempre repetir as mesmas ações, deixando de acreditar em novas possibilidades.

O nosso maior desafio é sair da zona de conforto, fazer coisas novas e de forma consciente. Buscar novas e diferentes possibilidades de fazer aquilo que fazemos sempre do mesmo jeito e como a maioria faz. Não podemos esperar resultados diferentes enquanto fazemos tudo igual. Somente quando mudamos de hábitos criamos uma nova realidade.

Fuja dos perigos do piloto automático! Experimente fazer um caminho diferente para o seu trabalho, aprenda um novo esporte, frequente novos restaurantes. Viva experiências diferentes e verá que no início seu cérebro vai resistir, mas depois ele vai se modificar e você estará em um estágio superior ao que estava antes.

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Fuja do piloto automático, ele destrói sonhos”

O nosso maior desafio é sair da zona de conforto, fazer coisas novas e de forma consciente

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

17 de junho de 2019 às 10:10

Há 3 meses

Esta semana em fiz uma palestra em uma cidade a 250 km de Fortaleza. Enquanto dirigia de volta para casa, percebi o quanto nossas estradas estão destruídas, forçando o motorista a multiplicar sua atenção.

Durante a viagem, dirigindo e desviando dos buracos da via, percebi o quanto fazia aquilo automaticamente. A todo momento eu era surpreendido por um ou vários buracos no asfalto com risco de cortar pneus e provocar um acidente. A cada buraco que surgia, em uma fração de segundos eu tomava a decisão de frear, desviar pela direita, pela esquerda ou centralizá-lo entre os pneus, e assim tentar chegar com segurança ao meu destino. Eu estava me sentindo em um jogo de videogame, onde o objetivo era desviar dos obstáculos e sobreviver.

Durante esta brincadeira, por sinal sem graça, percebi o quanto executamos várias tarefas no piloto automático, apenas repetindo padrões. Em algumas situações isso é positivo, nos ajuda a tomar decisões rápidas, mas em muitas outras é negativo para nossas vidas. Esse automatismo faz o cérebro ficar preguiçoso e querer sempre repetir as mesmas ações, deixando de acreditar em novas possibilidades.

O nosso maior desafio é sair da zona de conforto, fazer coisas novas e de forma consciente. Buscar novas e diferentes possibilidades de fazer aquilo que fazemos sempre do mesmo jeito e como a maioria faz. Não podemos esperar resultados diferentes enquanto fazemos tudo igual. Somente quando mudamos de hábitos criamos uma nova realidade.

Fuja dos perigos do piloto automático! Experimente fazer um caminho diferente para o seu trabalho, aprenda um novo esporte, frequente novos restaurantes. Viva experiências diferentes e verá que no início seu cérebro vai resistir, mas depois ele vai se modificar e você estará em um estágio superior ao que estava antes.

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.