Rosier Alexandre: "Vamos falar de coisas boas?"

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Vamos falar de coisas boas?”

Tem muita coisa boa acontecendo no Brasil e no mundo, mas existe uma supervalorização da violência, em detrimento das boas notícias

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

23 de setembro de 2019 às 16:24

Há 3 semanas

Eu sou um otimista nato. Sempre falo de coisas boas e hoje vou fazer um desafio a você que está me lendo. Isso mesmo, um desafio. Quero que você abrace esta ideia comigo.

Lamentavelmente a mídia cada dia está mais voltada para programas sensacionalista e de violência. O sangue espirra na tela das TV’s em programas policiais e nos telejornais, as cenas de crimes, acidentes, cadáveres estão sendo banalizadas em todos os horários do dia e isso não faz bem para as famílias.

Antes eram apenas os programas policiais que davam espaço para mostrar a violência nua e crua, agora até os telejornais estão embarcando nesta mesma onda negativa. Quando vemos os telejornais parece que nada funciona, nada presta, as notícias deixam as pessoas tristes e até deprimidas.

Tem muita coisa boa acontecendo no Brasil e no mundo, mas existe uma supervalorização da violência, em detrimento das boas notícias. Enquanto está acontecendo muitas coisas boas, a mídia sempre abre mais espaço para as ruins. Elas fazem isso porque estão tendo audiência. O que nós assistimos, estamos patrocinando e pedindo mais. Precisamos parar de dar destaque para violência e começar a valorizar notícias positivas.

Você se compromete a adotar este hábito e multiplicar esta ideia? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e por todos os meios que puder. Não se trata de boicotar a mídia, mas precisamos pressioná-las para mudarem o foco da sua programação. Eu e você não estaremos sós neste desafio, muita gente boa está neste movimento.

Eu estou lendo um livro maravilhoso que se chama “Caçadores De Bons Exemplos” e que mostra a saga de um casal que vendeu a própria casa e resolveu passar dois anos viajando de carro pelo Brasil em busca de bons exemplos e catalogaram mais de 1500 projetos. Conheceram muita gente que deixou o mundo virtual de lado e está construindo um Brasil diferente, está acreditando na força da solidariedade e das ações concretas e assim estão construindo um novo conceito de vida e é isso que nós precisamos multiplicar. Aceita o desafio? Então vamos em frente.

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Vamos falar de coisas boas?”

Tem muita coisa boa acontecendo no Brasil e no mundo, mas existe uma supervalorização da violência, em detrimento das boas notícias

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

23 de setembro de 2019 às 16:24

Há 3 semanas

Eu sou um otimista nato. Sempre falo de coisas boas e hoje vou fazer um desafio a você que está me lendo. Isso mesmo, um desafio. Quero que você abrace esta ideia comigo.

Lamentavelmente a mídia cada dia está mais voltada para programas sensacionalista e de violência. O sangue espirra na tela das TV’s em programas policiais e nos telejornais, as cenas de crimes, acidentes, cadáveres estão sendo banalizadas em todos os horários do dia e isso não faz bem para as famílias.

Antes eram apenas os programas policiais que davam espaço para mostrar a violência nua e crua, agora até os telejornais estão embarcando nesta mesma onda negativa. Quando vemos os telejornais parece que nada funciona, nada presta, as notícias deixam as pessoas tristes e até deprimidas.

Tem muita coisa boa acontecendo no Brasil e no mundo, mas existe uma supervalorização da violência, em detrimento das boas notícias. Enquanto está acontecendo muitas coisas boas, a mídia sempre abre mais espaço para as ruins. Elas fazem isso porque estão tendo audiência. O que nós assistimos, estamos patrocinando e pedindo mais. Precisamos parar de dar destaque para violência e começar a valorizar notícias positivas.

Você se compromete a adotar este hábito e multiplicar esta ideia? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e por todos os meios que puder. Não se trata de boicotar a mídia, mas precisamos pressioná-las para mudarem o foco da sua programação. Eu e você não estaremos sós neste desafio, muita gente boa está neste movimento.

Eu estou lendo um livro maravilhoso que se chama “Caçadores De Bons Exemplos” e que mostra a saga de um casal que vendeu a própria casa e resolveu passar dois anos viajando de carro pelo Brasil em busca de bons exemplos e catalogaram mais de 1500 projetos. Conheceram muita gente que deixou o mundo virtual de lado e está construindo um Brasil diferente, está acreditando na força da solidariedade e das ações concretas e assim estão construindo um novo conceito de vida e é isso que nós precisamos multiplicar. Aceita o desafio? Então vamos em frente.

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.