Desabamento do Edifício Andréa completa um mês

TRISTEZA

Desabamento do Edifício Andréa completa um mês; Veja como estão moradores e vizinhos

Sobreviventes, familiares e moradores do entorno tentam superar, da maneira que podem, esse triste acontecimento

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

15 de novembro de 2019 às 12:19

Há 3 semanas

Há um mês, o Edifício Andréa desabou em Fortaleza. O prédio ficava localizado no bairro Dionísio Torres e possuía registros de problemas na estrutura. Sobreviventes, familiares e moradores do entorno tentam superar, da maneira que podem, esse triste acontecimento.

De um antigo apartamento, o que restou foi um teclado, por exemplo. O objeto que agora está quebrado é mais do que isso. É recordação dos 36 anos que Ana Maria e Clotário passaram no edifício. O apartamento do casal ficava na cobertura, onde também moravam a filha, o genro e a neta. Todos estavam fora de casa quando o prédio desabou. Agora a família vive em um apartamento bem menor.

O Edifício Andréa veio abaixo por volta das 10h30, no momento que uma obra estava sendo realizada na garagem do prédio. A operação de resgate do corpo de bombeiros durou mais de 100 horas. Sete pessoas saíram com vida e nove morreram. O inquérito sobre as causas do desabamento ainda não foi concluído.

Confira a matéria completa do Jornal Jangadeiro:

Desabamento do Edifício Andréa completa um mês; Veja como estão moradores e vizinhos

Há um mês, o Edifício Andréa desabou em Fortaleza. O prédio ficava localizado no bairro Dionísio Torres e possuía registros de problemas na estrutura. Sobreviventes, familiares e moradores do entorno tentam superar, da maneira que podem, esse triste acontecimento.

Posted by Tribuna do Ceará on Friday, November 15, 2019

Publicidade

Dê sua opinião

TRISTEZA

Desabamento do Edifício Andréa completa um mês; Veja como estão moradores e vizinhos

Sobreviventes, familiares e moradores do entorno tentam superar, da maneira que podem, esse triste acontecimento

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

15 de novembro de 2019 às 12:19

Há 3 semanas

Há um mês, o Edifício Andréa desabou em Fortaleza. O prédio ficava localizado no bairro Dionísio Torres e possuía registros de problemas na estrutura. Sobreviventes, familiares e moradores do entorno tentam superar, da maneira que podem, esse triste acontecimento.

De um antigo apartamento, o que restou foi um teclado, por exemplo. O objeto que agora está quebrado é mais do que isso. É recordação dos 36 anos que Ana Maria e Clotário passaram no edifício. O apartamento do casal ficava na cobertura, onde também moravam a filha, o genro e a neta. Todos estavam fora de casa quando o prédio desabou. Agora a família vive em um apartamento bem menor.

O Edifício Andréa veio abaixo por volta das 10h30, no momento que uma obra estava sendo realizada na garagem do prédio. A operação de resgate do corpo de bombeiros durou mais de 100 horas. Sete pessoas saíram com vida e nove morreram. O inquérito sobre as causas do desabamento ainda não foi concluído.

Confira a matéria completa do Jornal Jangadeiro:

Desabamento do Edifício Andréa completa um mês; Veja como estão moradores e vizinhos

Há um mês, o Edifício Andréa desabou em Fortaleza. O prédio ficava localizado no bairro Dionísio Torres e possuía registros de problemas na estrutura. Sobreviventes, familiares e moradores do entorno tentam superar, da maneira que podem, esse triste acontecimento.

Posted by Tribuna do Ceará on Friday, November 15, 2019