Entenda o reajuste salarial dos policiais, que tem causado polêmica no Ceará

REMUNERAÇÃO

Entenda o reajuste salarial dos policiais, que tem causado polêmica no Ceará

Proposta de reajuste de policiais deixa categoria insatisfeita. Com gratificações, salário base dos soldados chega a superar média do Nordeste

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

5 de fevereiro de 2020 às 11:52

Há 3 semanas
Caso tem gerado reação dos policiais (FOTO: Tribuna do Ceará)

Os policiais agendaram para quinta-feira um protesto na Assembleia Legislativa (FOTO: Tribuna do Ceará)

O reajuste salarial dos praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros tem causado polêmica no Ceará. Parte da categoria não concorda com a proposta divulgada pelo Governo no último dia 31 de janeiro.

O Jornal Jangadeiro analisou o caso pegando como base a remuneração dos soldados:

A remuneração fixa atual dos soldados é de R$ 3.475,74 centavos. Se comparar esse valor à média dos estados do Nordeste, que é de R$ 3.940,69, o Ceará paga abaixo da média.

Tomando por base a remuneração bruta atual, que inclui horas extras e gratificações, o valor pago pelo Ceará fica em R$ 4.968.64. Nessas condições, o estado paga acima da média Nordeste, que é de R$ 4.050,69.

O governo deve encaminhar, esta semana, à Assembleia Legislativa uma proposta de reajuste de toda a categoria policial. No caso dos soldados, o salário base passa dos atuais R$ 3.475,74 para R$ 4.206,23, em 2022. Isto porque o aumento seria parcelado em quatro vezes, a partir de março de 2020 até o ano de 2022.

O governo afirma que, de 2014 a 2019, o aumento com gastos de pessoal na segurança pública foi de 86,5% . A expectativa é que a proposta de reajuste do estado seja enviada para votação na Assembleia ainda esta semana.

Protesto

Os policiais agendaram para quinta-feira (6) um protesto na Assembleia, para pressionar os deputados. A categoria diz que o reajuste não corresponde ao avanço da inflação. Eles pedem uma revisão do aumento e que todo o reajuste seja pago ainda em 2020.

Entenda:

Publicidade

Dê sua opinião

REMUNERAÇÃO

Entenda o reajuste salarial dos policiais, que tem causado polêmica no Ceará

Proposta de reajuste de policiais deixa categoria insatisfeita. Com gratificações, salário base dos soldados chega a superar média do Nordeste

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

5 de fevereiro de 2020 às 11:52

Há 3 semanas
Caso tem gerado reação dos policiais (FOTO: Tribuna do Ceará)

Os policiais agendaram para quinta-feira um protesto na Assembleia Legislativa (FOTO: Tribuna do Ceará)

O reajuste salarial dos praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros tem causado polêmica no Ceará. Parte da categoria não concorda com a proposta divulgada pelo Governo no último dia 31 de janeiro.

O Jornal Jangadeiro analisou o caso pegando como base a remuneração dos soldados:

A remuneração fixa atual dos soldados é de R$ 3.475,74 centavos. Se comparar esse valor à média dos estados do Nordeste, que é de R$ 3.940,69, o Ceará paga abaixo da média.

Tomando por base a remuneração bruta atual, que inclui horas extras e gratificações, o valor pago pelo Ceará fica em R$ 4.968.64. Nessas condições, o estado paga acima da média Nordeste, que é de R$ 4.050,69.

O governo deve encaminhar, esta semana, à Assembleia Legislativa uma proposta de reajuste de toda a categoria policial. No caso dos soldados, o salário base passa dos atuais R$ 3.475,74 para R$ 4.206,23, em 2022. Isto porque o aumento seria parcelado em quatro vezes, a partir de março de 2020 até o ano de 2022.

O governo afirma que, de 2014 a 2019, o aumento com gastos de pessoal na segurança pública foi de 86,5% . A expectativa é que a proposta de reajuste do estado seja enviada para votação na Assembleia ainda esta semana.

Protesto

Os policiais agendaram para quinta-feira (6) um protesto na Assembleia, para pressionar os deputados. A categoria diz que o reajuste não corresponde ao avanço da inflação. Eles pedem uma revisão do aumento e que todo o reajuste seja pago ainda em 2020.

Entenda: