Fortaleza tem média de 10 assassinatos por dia


Fortaleza tem média de 10 assassinatos por dia

Enquanto o estado se cala, a população sofre e pede providências

Por Renato Ferreira em Jornal Jangadeiro

24 de março de 2014 às 14:36

Há 6 anos

A violência vem amedrontando Fortaleza atualmente. Os números oficiais revelam que 776 pessoas foram assassinadas no período de 1º de janeiro a 19 de março, uma média de 10 homicídios por dia. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) não cedeu entrevista.

Segundo o sociólogo Luiz Fábio Paiva, o crescimento da violência tem a ver com os investimentos feitos de maneira incorreta. “Não posso ter uma Polícia Militar super equipada pra combater o crime na rua enquanto a Polícia Civil está sucateada sem condições de dar qualidade às investigações. Se eu não tenho condições de dignidade humana pras pessoas eu posso fazer todo o investimento do mundo na PM ou na Civil e eu não terei um resultado significativo em termo de resolução de crimes”.

Na semana passada, três casos chocaram a população, dois deles envolvendo autoridades policiais. Um delegado do Piauí levou seis tiros ao reagir em uma abordagem. Outro caso foi de duas mortes que foram registradas em vídeo e compartilhada nas redes sociais. O terceiro assassinato foi em um cruzamento no Bairro Henrique Jorge, com um estudante de 19 anos que levou tiros de um menor de idade.

[uol video=”https://mais.uol.com.br/view/14967701″]

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

Fortaleza tem média de 10 assassinatos por dia

Enquanto o estado se cala, a população sofre e pede providências

Por Renato Ferreira em Jornal Jangadeiro

24 de março de 2014 às 14:36

Há 6 anos

A violência vem amedrontando Fortaleza atualmente. Os números oficiais revelam que 776 pessoas foram assassinadas no período de 1º de janeiro a 19 de março, uma média de 10 homicídios por dia. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) não cedeu entrevista.

Segundo o sociólogo Luiz Fábio Paiva, o crescimento da violência tem a ver com os investimentos feitos de maneira incorreta. “Não posso ter uma Polícia Militar super equipada pra combater o crime na rua enquanto a Polícia Civil está sucateada sem condições de dar qualidade às investigações. Se eu não tenho condições de dignidade humana pras pessoas eu posso fazer todo o investimento do mundo na PM ou na Civil e eu não terei um resultado significativo em termo de resolução de crimes”.

Na semana passada, três casos chocaram a população, dois deles envolvendo autoridades policiais. Um delegado do Piauí levou seis tiros ao reagir em uma abordagem. Outro caso foi de duas mortes que foram registradas em vídeo e compartilhada nas redes sociais. O terceiro assassinato foi em um cruzamento no Bairro Henrique Jorge, com um estudante de 19 anos que levou tiros de um menor de idade.

[uol video=”https://mais.uol.com.br/view/14967701″]

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.