Instituição que presta atendimento a crianças com autismo sofre por falta de verbas

CASA DA ESPERANÇA

Instituição que presta atendimento a crianças com autismo sofre por falta de verbas

A Casa da Esperança é referência no atendimento multidisciplinar de pessoas autistas. 90% dos atendimentos são realizados por meio do convênio com o SUS. Agora, a Casa precisa de doações

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

21 de novembro de 2019 às 19:05

Há 2 semanas

No início do ano, o Jornal Jangadeiro mostrou que as verbas do convênio entre o SUS e a Casa da Esperança haviam sido suspensas. Mesmo sem esse recurso, a instituição, que presta atendimento a pessoas com autismo tem se mobilizado para não interromper as atividades e, por isso, conta com doações.

A Casa da Esperança é referência no atendimento multidisciplinar de pessoas autistas. 90% dos atendimentos são realizados por meio do convênio com o SUS. São 460 pacientes, de idades variadas, assistidos dessa forma.

Em dezembro do ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde enviou ofício suspendendo os atendimentos pelo SUS até que a Casa regularizasse a prestação de contas e um novo contrato fosse realizado. A Casa continuou as atividades ao longo deste ano, sem a verba, mas com dificuldades. Em setembro, foi assinado um acordo judicial que garante o repasse das verbas deste ano.

Para ajudar a Casa da Esperança, entre em contato pelo (85) 99421.7918 ou acesse o site autismobrasil.org.br e obtenha mais informações.

Confira a reportagem completa do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

O Jornal Jangadeiro é exibido na TV Jangadeiro/SBT de segunda a sexta, a partir das 11h40 e às 19h15.

Publicidade

Dê sua opinião

CASA DA ESPERANÇA

Instituição que presta atendimento a crianças com autismo sofre por falta de verbas

A Casa da Esperança é referência no atendimento multidisciplinar de pessoas autistas. 90% dos atendimentos são realizados por meio do convênio com o SUS. Agora, a Casa precisa de doações

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

21 de novembro de 2019 às 19:05

Há 2 semanas

No início do ano, o Jornal Jangadeiro mostrou que as verbas do convênio entre o SUS e a Casa da Esperança haviam sido suspensas. Mesmo sem esse recurso, a instituição, que presta atendimento a pessoas com autismo tem se mobilizado para não interromper as atividades e, por isso, conta com doações.

A Casa da Esperança é referência no atendimento multidisciplinar de pessoas autistas. 90% dos atendimentos são realizados por meio do convênio com o SUS. São 460 pacientes, de idades variadas, assistidos dessa forma.

Em dezembro do ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde enviou ofício suspendendo os atendimentos pelo SUS até que a Casa regularizasse a prestação de contas e um novo contrato fosse realizado. A Casa continuou as atividades ao longo deste ano, sem a verba, mas com dificuldades. Em setembro, foi assinado um acordo judicial que garante o repasse das verbas deste ano.

Para ajudar a Casa da Esperança, entre em contato pelo (85) 99421.7918 ou acesse o site autismobrasil.org.br e obtenha mais informações.

Confira a reportagem completa do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

O Jornal Jangadeiro é exibido na TV Jangadeiro/SBT de segunda a sexta, a partir das 11h40 e às 19h15.