Preço da carne sobe mais e restaurantes denunciam aumento abusivo

NOVAS ALTAS

Preço da carne sobe ainda mais e restaurantes denunciam aumento abusivo de fornecedores

Na quinta-feira (28), a carne moída para hambúrguer estava a R$ 18,99. No início desta semana passou para R$ 23,9. Um aumento de quase 25% em cinco dias

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

4 de dezembro de 2019 às 17:47

Há 2 meses

A crise da carne atinge diversos setores, como o de bares e restaurantes. Eles têm se sentido prejudicado com as sucessivas revisões do valor do produto. A Associação Brasileira do Setor considera os reajustes como abusivos.

Na quinta-feira (28), a carne moída para hambúrguer estava a R$ 18,99. No início desta semana passou para R$ 23,9. Um aumento de quase 25% em cinco dias. O contra-filé, em cinco meses, teve uma alta de 66%: em julho custava R$ 21,90 o quilo, em agosto, o preço cobrado já era R$ 24,90. Em setembro pulou para R$ 27,90. No mês passado, o quilo do contra-filé chegou a R$ 36,40. Em dezembro a tendência é de uma nova alta.

A crise da carne no Brasil tem relação com o crescimento da exportação do produto, principalmente para China. O país asiático enfrenta uma baixa na própria produção por causa da peste suína, desde setembro do ano passado. Atender à grande demanda ficou ainda mais complicado, porque neste período do ano é a época da entressafra do boi brasileiro.

Confira a reportagem completa do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

O Jornal Jangadeiro é exibido na TV Jangadeiro/SBT de segunda a sexta, a partir das 11h40 e às 19h15.

Publicidade

Dê sua opinião

NOVAS ALTAS

Preço da carne sobe ainda mais e restaurantes denunciam aumento abusivo de fornecedores

Na quinta-feira (28), a carne moída para hambúrguer estava a R$ 18,99. No início desta semana passou para R$ 23,9. Um aumento de quase 25% em cinco dias

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

4 de dezembro de 2019 às 17:47

Há 2 meses

A crise da carne atinge diversos setores, como o de bares e restaurantes. Eles têm se sentido prejudicado com as sucessivas revisões do valor do produto. A Associação Brasileira do Setor considera os reajustes como abusivos.

Na quinta-feira (28), a carne moída para hambúrguer estava a R$ 18,99. No início desta semana passou para R$ 23,9. Um aumento de quase 25% em cinco dias. O contra-filé, em cinco meses, teve uma alta de 66%: em julho custava R$ 21,90 o quilo, em agosto, o preço cobrado já era R$ 24,90. Em setembro pulou para R$ 27,90. No mês passado, o quilo do contra-filé chegou a R$ 36,40. Em dezembro a tendência é de uma nova alta.

A crise da carne no Brasil tem relação com o crescimento da exportação do produto, principalmente para China. O país asiático enfrenta uma baixa na própria produção por causa da peste suína, desde setembro do ano passado. Atender à grande demanda ficou ainda mais complicado, porque neste período do ano é a época da entressafra do boi brasileiro.

Confira a reportagem completa do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

O Jornal Jangadeiro é exibido na TV Jangadeiro/SBT de segunda a sexta, a partir das 11h40 e às 19h15.