Relembre casos de honestidade que emocionaram

O MELHOR CAMINHO

Você sabe o que leva uma pessoa a ser honesta? Relembre casos de honestidade que emocionaram

Ao contrário do que muitos pensam, ninguém nasce honesto ou desonesto. Essas características se desenvolvem na vida da pessoa de acordo com os valores de quem está ao redor dela

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

11 de setembro de 2019 às 07:00

Há 1 semana

Você se considera uma pessoa honesta? Mas é só de palavra ou confirma a honestidade com ações? O Jornal Jangadeiro mostra o que leva uma pessoa a agir assim.

Rafael Carneiro é taxista e encontrou no carro uma mochila com R$ 18 mil. Ele não sossegou enquanto não devolveu ao dono, um turista estrangeiro que visitava Fortaleza.

Marcelene e Leudo, vendedores ambulantes, também foram honestos ao devolver uma carteira com documentos e R$ 12 a um advogado, que havia perdido em um show na Arena Castelão. Leudo não mediu esforços até que o dono fosse encontrado.

Ao contrário do que muitos pensam, ninguém nasce honesto ou desonesto. Essas características se desenvolvem na vida da pessoa de acordo com os valores de quem está ao redor dela, como explica a psicóloga Amanda Rodrigues. A honestidade é uma construção que começa na família.

Veja todos os detalhes no Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

O MELHOR CAMINHO

Você sabe o que leva uma pessoa a ser honesta? Relembre casos de honestidade que emocionaram

Ao contrário do que muitos pensam, ninguém nasce honesto ou desonesto. Essas características se desenvolvem na vida da pessoa de acordo com os valores de quem está ao redor dela

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

11 de setembro de 2019 às 07:00

Há 1 semana

Você se considera uma pessoa honesta? Mas é só de palavra ou confirma a honestidade com ações? O Jornal Jangadeiro mostra o que leva uma pessoa a agir assim.

Rafael Carneiro é taxista e encontrou no carro uma mochila com R$ 18 mil. Ele não sossegou enquanto não devolveu ao dono, um turista estrangeiro que visitava Fortaleza.

Marcelene e Leudo, vendedores ambulantes, também foram honestos ao devolver uma carteira com documentos e R$ 12 a um advogado, que havia perdido em um show na Arena Castelão. Leudo não mediu esforços até que o dono fosse encontrado.

Ao contrário do que muitos pensam, ninguém nasce honesto ou desonesto. Essas características se desenvolvem na vida da pessoa de acordo com os valores de quem está ao redor dela, como explica a psicóloga Amanda Rodrigues. A honestidade é uma construção que começa na família.

Veja todos os detalhes no Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: